sábado, 9 de outubro de 2010

DESABAFO I

Como é difícil ter que conviver em uma instituição onde você não tem valor como pessoa humana. Você só tem valor se possui algum cargo, ou se possui alguém influente politicamente por trás ou se tem dinheiro. Desculpem a palavra, mas isso é muito podre. Como as instituições estão envoltas numa egrégora de ilusão, de vaidade!

È uma arte você ser funcionário de um lugar assim, onde passam os anos e só aumenta o grau de ilusão e superficialidade, e não se deixar abater, não deixar que te "joguem" pra baixo com as atitudes infantis e mesquinhas. É um aprendizado constante manter o astral positivo e manter vivos os valores verdadeiros recebidos desde criança, valores como: respeito pelo ser humano em geral, amor, espontaneidade, honestidade.

Quando eu era criança eu assistia às notícias pela TV, eu sempre achava que a tendência era tudo melhorar com o tempo. Mudanças de governo eu sempre achava que era para melhorar, que o interesse de todos era o bem comum. Hoje já sei que não é bem assim. Não que tudo esteja destinado a piorar. Não. O destino do ser humano e do planeta é evoluir de qualquer forma, e os problemas fazem parte deste processo, mas aprendi que a natureza humana é complexa, o ser humano é contraditório e ainda vive "afogado" em ilusões transitórias e interesses mesquinhos. E conviver neste ambiente requer sabedoria e força interior, coisas que ainda estou longe de conquistar, e que, talvez para conseguir aprender algo dessa conquista é que a vida nos tenha colocado onde colocou. Por isso temos momentos de "altos e baixos", e por isso necessitamos, de vez em quando, desabafar o que nos vai na alma.

Luciana G. Rugani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...