Pular para o conteúdo principal

CIDADE "ESPANTA-TURISTA"

Cabo Frio é uma cidade com vocação naturalmente turística. Já esteve entre os roteiros turísticos mais procurados do Brasil, mas hoje a realidade é outra. Além de não ter uma política adequada para o setor, tem acumulado diversos problemas sociais, como desemprego, péssima qualidade em atendimentos de saúde e aumento da violência, tudo isso já comentado em outros artigos deste blog.
O que sentimos hoje na cidade é total ausência de preocupação em conquistar os turistas. Aos cidadãos cabofrienses, que muitas vezes não têm outra alternativa, só lhes resta conviver com esse caos. Agora, os turistas chegam, têm suas impressões e vão embora. Uns não voltam mais. Outros, mais persistentes, voltam, mas não com a mesma frequência que antes. O que os faz retornarem é o encanto natural que a cidade possui e suas praias maravilhosas. A cidade é de médio porte, mas acumula os problemas das grandes cidades. Tem tudo para ser um verdadeiro paraíso, pois é belíssima por natureza, mas seu grande problema é uma administração que deixa muito a desejar.
Quando há alguma interferência do poder público, percebe-se logo que o interesse maior não é solucionar os problemas e tornar a cidade mais atrativa. Um exemplo típico é a questão do estacionamento. Aprovaram, a toque de caixa, no início do ano passado, uma lei instituindo o estacionamento pago nas ruas durante as 24 horas do dia! Vejam só..qualquer cidade que possua um sistema de estacionamento rotativo regulamenta sua cobrança de acordo com os horários de maior movimento. Não há necessidade de cobrança 24 horas! Em Cabo Frio é diferente. Em pleno dia útil, meio de semana, à noite, fora de temporada, portanto nenhum movimento a mais, se o turista quiser parar seu carro na orla para sentar, nem que seja por cinco minutos, e observar o mar, terá que pagar cinco reais. Não faz sentido! Está sobrando vagas, não há movimento, portanto não há necessidade de disciplinar a ocupação das vagas, então qual a finalidade dessa cobrança? 
E ainda, a violência e os danos ao patrimônio público, causados por vândalos, aumentando, e praticamente não vemos guardas-municipais, e há poucas viaturas policiais. Os guardas-municipais, apesar de não fazerem parte do efetivo de segurança pública, poderiam muito bem ajudar através de um trabalho de parceria com a polícia. Com certeza, aumentaria a sensação de segurança. Mas, em Cabo Frio, quase não os vemos. Cobradores de estacionamento, há aos montes! Vários em um mesmo quarteirão. Mas guardas, não, ficando clara a inversão de prioridades na administração da cidade.
Navegando por alguns comentários do blog www.blogdoalaircorrea.com.br , encontrei vários comentários de turistas insatisfeitos. Para não estender demais, resolvi transcrever somente dois deles, que seguem abaixo. Podemos perceber, através do conteúdo dos comentários, que há total falta de atenção e bom senso para tornar a cidade mais receptiva e agradável. Pelas reclamações colocadas, parece que Cabo Frio tornou-se a cidade "espanta turista", pois ao invés de proporem medidas atrativas, agem de forma com que os turistas se sintam discriminados e não bem-vindos, além de não zelarem pela paz e tranquilidade na cidade. Vejamos:

ARTIGO: 
NOTÍCIAS – JORNAIS DE CABO FRIO E REGIÃO
fonte: www.blogdoalaircorrea.com.br
Publicado em

Maria Emilia em disse:
CARTA ABERTA AO PREFEITO DE CABO FRIO E DEMAIS AUTORIDADES
EU E MEU MARIDO FREQUENTAMOS CABO FRIO HÁ 33 ANOS E HOJE JUNTA-SE A NÓS A NOSSA FAMÍLIA QUE CONSTRUIMOS FORMANDO UM TOTAL DE 14 PESSOAS.
FOMOS ENTUSIASTICAMENTE PASSAR A SEMANA SANTA EM CABO FRIO E NOS HOSPEDAMOS EM FRENTE A LINDA PRAIA DO FORTE PARA ADMIRARMOS TODA A BELEZA QUE A PRAIA E A CIDADE NOS OFERECEM.
PARA NOSSA DESDITA FOMOS VÍTIMAS DE ASSISTIRMOS O DESCALABRO DA CLANDESTINIDADE ACONTECER NO CORAÇÃO DESTA CIDADE, QUE SE HOUVESSE LEI PROPORCIONARIA AOS TURISTAS DIAS MELHORES, OU MELHOR, NOITES MELHORES!!!
COMO É UMA CIDADE PARA FÉRIAS, PENSAMOS QUE EXISTEM FAMÍLIAS COM CRIANÇAS DE 1 ANO, COMO É O NOSSO CASO E PESSOAS IDOSAS TAMBÉM, OU SEJA, VÃO PESSOAS DE “MAMANDO A CADUCANDO” BUSCAR O TÃO MERECIDO REPOUSO E DESCANSO NAS ORLAS PRAIANAS.
TIVEMOS 3 NOITES INFERNAIS, DE QUINTA, SEXTA E SÁBADO, 05, 06 E 07 DE ABRIL DE 2012.
EXISTE UMA BOITE CLANDESTINA NA BEIRA DA PRAIA DO FORTE, E SEGUNDO RELATOS DE ALGUNS, O FATO JÁ FAZ PARTE DO CALENDÁRIO DA CIDADE E PARA NOSSA SURPRESA, COM IDAS E VINDAS DE CARRO DA POLÍCIA CIRCULANDO POR LÁ. ELES NÃO SÓ SABEM COMO APROVAM, POIS, CONTINUAM NUM VAI E VEM DURANTE TODA A MADRUGADA ATÉ 4, 5 HORAS DA MANHÃ. E A LEI DO SILÊNCIO SR PREFEITO E SR SECRETÁRIO DO TURISMO?
SR PREFEITO E DEMAIS AUTORIDADES. VOCÊS NÃO SABEM DISSO? FICAM CONFORTAVELMENTE DEITADOS NAS SUAS CASAS ENQUANTO OS TURISTAS SE DANAM?
LEVAMOS O NOSSO PRECIOSO DINHEIRO MINEIRO, PARA GASTÁ-LO AÍ, COM CERVEJINHAS, EMPADINHAS, TERERÊS E ETC E NÃO TEMOS O DEVIDO RESPEITO PELO NOSSO SOSSEGO?
ALÉM DE NÃO PODERMOS DORMIR TAL A ALTURA DO PÉSSIMO SOM E DA BAGUNÇA, TEMOS QUE NOS DEPARAR COM CENAS DE BANDOS DE BÊBADOS FAZENDO XIXI NA GRAMA, CALÇADA, ETC…
ACHO QUE TODOS TÊM O DIREITO DE ESCOLHER O SEU TIPO DE LAZER, DESDE QUE O SEU VIZINHO SEJA RESPEITADO. TANTAS OUTRAS CASAS NOTURNAS FUNCIONAM ADEQUADAMENTE, EM LOCAIS E ACÚSTICAS APROPRIADAS. POR QUÊ ESTES SENHORES BARRAQUEIROS E BARRANQUEIROS NÃO TÊM OBRIGAÇÃO DE FAZEREM O MESMO?
FICA AQUI O REGISTRO DE UM GRANDE LAMENTO DO QUE A POLÍCIA E AS AUTORIDADES DE CABO FRIO ESTÃO FAZENDO COM OS POBRES DOS TURISTAS QUE BUSCAM DESCANSO, SOSSEGO, SOL E UM POUCO DE IODO PARA A SAÚDE!
CABO FRIO ATÉ NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!

Márcia G Vinhas em disse:
Bom Dia,
Tenho residência em São Pedro D Aldeia, mas estou morando em São Paulo.
Hj pela manhã fui a Cabo Frio fazer umas compras na Rua dos Biquínes com uns Amigos e ao chegar e estacionar o carro no estacionamento da Prefeitura, o vendedor do boleto para o carro, me cobrou 5,00 a hora, quando na placa da Prefeitura marcava 3,00.
E nos disse que para turista é mais caro… Como assim? Cabo Frio vive de turismo e está cobrando mais caro de quem vem gastar na Região???????
Não pago…. e não volto!!!!!!!!!!
Isto é mais que abuso!
É Descaso!!!!!!!


Luciana G. Rugani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto. A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice , não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste,

TEXTO EXCELENTE SOBRE RESILIÊNCIA

Como se forma um gênio como o escultor Auguste Rodin?   por Regis Mesquita   Blog www.psicologiaracional.com.br Em 1840 nasceu um gênio chamado Auguste Rodin? Não, ele se tornou um gênio , nasceu com potencialidades, vocações e plano de vida. A sua genialidade foi o fruto final de um longo processo de estudos, tentativas, erros, treinamentos, aprimoramentos, fracassos. Para cada obra bem feita, ele deve ter tido pelo menos uns 400 fracassos. Olhando pelo lado da proporção, o genial Rodin foi um fracassado. O pior vem agora: para cada obra Genial, para cada "obra prima", ele deve ter tido pelo menos uns mil fracassos (obviamente, estes números são projeções minhas). Rodin era pobre, foi rejeitado três vezes ao tentar entrar em escolas de artes. Mas, ele tinha uma arma infalível: ele brincava com a arte. Em nossa sociedade nós dizemos: "isto não é brincadeira, vamos fazer as coisas com seriedade. Se seguisse este preceito, Rodin teria si