domingo, 2 de setembro de 2012

PLANO DE GOVERNO DE ALAIR CORRÊA - PRINCIPAIS TEMAS - PARTE VIII

ESPORTES E LAZER



Todos sabemos os inúmeros benefícios do incentivo ao esporte e exercícios físicos para a saúde dos jovens, adultos e idosos. Além disso, o esporte pode ser ótima chance de descoberta de talentos que podem resultar em oportunidade de desenvolvimento profissional. 

Cabo Frio, nos últimos anos, não se destacou no esporte. Equipes das mais diversas modalidades sentiram a falta de incentivo por parte do poder público. Até mesmo o esporte profissional deixou de brilhar no cenário esportivo. E isso também não é bom, pois o time local brilhando nacionalmente seria excelente para divulgação da cidade na questão do turismo, além do fato de que poderia vir a ser, através de parceria com o poder público, uma ferramenta muito útil para gerar oportunidade de treino para os atletas talentosos, mas desprovidos de recursos financeiros.


Sempre focando o objetivo maior de melhorar as condições de vida dos cidadãos, por meio do desenvolvimento de talentos e geração de oportunidades, Alair Corrêa estabeleceu suas propostas para o esporte e lazer, as quais seguem abaixo. Entre elas, destaco as ações para incentivo do esporte paralímpico. Nas paralimpíadas de Londres, que acontecem estes dias, os brasileiros têm se destacado, sendo verdadeiros exemplos de superação. São talentos que precisam ser incentivados e terem cada vez mais o campo aberto para seu desenvolvimento, e  o poder público deve participar ativamente deste processo. E Alair, sabendo disso, não os deixou de fora de suas ações. Além do mais, vale lembrar que seu principal projeto (Setorização da Dignidade) também contempla medidas para atender aos deficientes carentes de atenção e devidos cuidados e para possibilitar-lhes acesso a oportunidades de desenvolvimento de suas aptidões e talentos.

Por fim, destaco ainda a preocupação com a terceira idade, que terá à disposição todas as praças e ginásios com equipamentos de exercícios físicos adequados e avaliações médicas semestrais.

Segue abaixo a transcrição das propostas:

METAS

Apesar da existência do projeto Cabo Frio em rota olímpica (que é só um credenciamento a receber delegações), a verdade é que a cidade se encontra fora do cenário de eventos esportivos há algum tempo. A participação de equipes de esportes, especialmente futebol de salão, se dá por investimentos da iniciativa privada, faltando a parceria do poder público em estrutura e organização. Com essas praias que nós temos, não foi criada uma escola profissional de vôlei de praia e nem um evento de porte nacional. O iatismo, um dos esportes mais qualitativos do mundo, não é nem citado dentro da secretaria de esportes, apesar da existência da Laguna de Araruama e dos fortes ventos de nossa região.

No momento, a utilização de praças e áreas esportivas se faz sem ordenamento, pois seria necessário montar mecanismo e equipes que possam alavancar o desenvolvimento dos jovens em práticas esportivas. O governo municipal tem obrigação de estimular e apoiar os jovens e aqueles atletas que se destacassem, para dessa forma dar um direcionamento para as aptidões de cada um.

A Cabofriense, time de futebol profissional, tem sua importância no cenário esportivo da cidade e no estado, devendo ter o apoio necessário para atingir todo o País. A PPP (parceria público privado) faz-se necessária, para atingir a meta desejada.

Para incentivar os esportistas competitivos em diversos segmentos da população, será criada a Fundação de Apoio ao Atleta - FUNAD, provida de recursos da iniciativa privada, órgãos governamentais e prefeitura de Cabo Frio. Dessa forma o desportista teria condições físicas e financeiras para desenvolver todo o seu potencial na prática esportiva.

PROJETOS - AÇÕES

Criação projeto "Cbolsa-atleta"D - Visando incentivar, apoiar e qualificar o atleta cabo-friense a preparação dos atletas com rendimentos esportivos compatíveis de Cabo Frio.

Ligas e Associações - Incentivo e apoio ao fortalecimento das Ligas e associações esportivas da cidade, especialmente as do vôlei e basquete de ambos os sexos. Uma Liga fortalecida representa um esporte competitivo.

Jogos estudantis - Revitalização dos jogos estudantis há muito abandonados, visando a interação entre os jovens e apoio a competitividade sadia.

Capacitação profissional - Criação de incentivos aos profissionais da Educação Física na cidade, para melhorar o seu aproveitamento dentro da nossa comunidade.

Inclusão social - Realização de planejamentos para a inclusão de pessoas de necessidades especiais em todos os níveis do esporte, desde o acesso à competição.

Jovens olímpicos - Projeto de investimento para aqueles jovens cujo potencial para participar das Olimpíadas em 2016, estejam dentro dos padrões de seu esporte e com a estrutura necessária para potencializar o atleta.

Terceira idade - Adequar todas as praças e ginásios com equipamentos para ginástica por parte de pessoas da terceira idade, onde não teriam exercícios de impacto e com remodelação muscular.  Avaliações médicas semestralmente.

Estádio Correão - Demolição e reconstrução do estádio, aumentando sua capacidade para 25.000 pessoas, dotado de toda infra-estrutura profissional e criando o museu do esporte de cabo Frio.

Iatismo - Instalação de raias de vela para ensino, aprimoramento e competições de iatismo na Laguna de Araruama e na Praia do Forte.

Surf - Construção de rampa submersa para prática da "Conda perfeita"D, na praia do forte e apoio às competições.

Estádio Aracy Machado - Em reforma atualmente, será revisto o planejamento visando preparar o Complexo Aracy machado em área exclusiva de esportes olímpicos, dotadas de piscinas profissionais, quadras polivalentes, quadra de tênis, raias de atletismo, hotel e toda a infra-estrutura necessária de acordo com os padrões internacionais.

Campos de futebol - Construção dos chamados "Ccampos de várzea"D, visando à prática do esporte e o estímulo a descoberta de novos talentos.

. ESPORTE e LAZER PROJETO PÁRA-OLÍMPICO

É necessária uma atenção especial nessa área. Temos atletas de nível internacional que poderão disputar as Para-olimpíadas, e a prefeitura deverá fazer todo o investimento possível para proporcionar as condições ideais para esses atletas.

Criação de Diretoria Paraolimpica - Será criada dentro da estrutura da secretarias de esportes e lazer, uma diretoria que cuidará do apoio aos atletas e da inclusão das pessoas portadoras de necessidades especiais.

Parcerias - Parcerias com a APAE e outras instituições, para desenvolver um trabalho esportivo com seus membros e de inclusão social através do esporte e lazer.

Apoio a competições - A prefeitura dará todo apoio logístico aos atletas que participam de competições em âmbito estadual, com transporte, acomodações e alimentação.

Luciana G. Rugani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...