quinta-feira, 31 de outubro de 2013

DESABAFO II

Eu acho estranho quando vejo pessoas falsas, traiçoeiras e invejosas falarem em Deus e agradecerem por conquistas, sendo que acabaram de praticar ações maldosas com seu semelhante. É estranho, pois certamente agradecem o prazer que a vingança mesquinha e sem sentido lhes proporciona.. Esquecem-se de que Deus não aprova essa atitude, então que ponham a mão na consciência antes de agradecer a Deus. E que não julguem o outro culpado por suas derrotas, pois é muita pretensão achar que o outro tem tempo e disposição para viver o tempo todo armando para cima deles. É querer demais ser o centro das atenções. 
E estas pessoas aproveitam o fato de existirem também aqueles outros que no fundo sempre desejaram a queda do outro. Aproximam-se justamente destes para espalhar seu veneno. Então ambos caem no mesmo erro, na mesma infração. E não adianta depois sair fazendo propaganda de sua religião, pois Deus não é cego. Ele vê que existe o fofoqueiro mentiroso, o espalhador da fofoca e aqueles que, por conveniência, apressam-se em julgar o outro e acolher a fofoca. Sim, por conveniência, pois ali já reinava latente o desejo de afastar o outro. Todos se deliciando no prazer de achar que derrubam um terceiro. Pois eu digo que se enganam. Aquele que parece cair, na verdade se ergue ainda mais forte e ciente de quem é quem. Não se enganem, pois toda semente tem colheita. Amanhã perderão aquilo que mais ansiavam e aí vão chorar sem entender o porquê. Não se alegrem com a calmaria, pois estão simplesmente sendo instrumentos do destino para que aquele que parece cair seja afastado destas línguas venenosas que promovem a morte de si mesmos. 
Não brinquem com o que não conhecem, ou com quem não conhecem. Amanhã colherão os frutos, é só questão de tempo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...