Pular para o conteúdo principal

MAIS UMA VÍTIMA DO CEROL

Hoje infelizmente tivemos mais uma vítima da linha com cerol. O genro de uma grande amiga minha se foi, um rapaz de 22 anos, com toda uma vida pela frente. 

O cerol é uma mistura de cola com vidro utilizada nas linhas das pipas e papagaios, transformando a linha em um material pérfuro-cortante. A linha torna-se uma arma letal. Assim, uma "brincadeira" que deveria ser realmente brincadeira, diversão, torna-se uma ação assassina. Não é de hoje que vemos, na mídia em geral, principalmente nos meses de férias escolares, campanhas alertando sobre o perigo de usar essa substância. Há casos e mais casos que acontecem frequentemente e são noticiados. Há muita informação sobre o assunto, por isso ninguém pode argumentar desconhecimento.

Penso que não falta consciência do perigo. O que falta é respeito pela vida do outro, amor, solidariedade. Nossa sociedade vive uma crise de individualismo exacerbado, onde se desaprendeu a pensar no outro, a enxergar o outro do nosso lado e respeitá-lo como um ser cuja vida e direitos está acima de nossos desejos mesquinhos e de nossos mimos. Se quero fazer algo, faço, não importa se isso atinge alguém, pois não tenho nada a ver com este alguém. Este é o extremo do individualismo, do mimo.

Quero deixar aqui o alerta: utilizar cerol é expor a vida de outrem a perigo. Hoje as cidades são populosas, sem espaços abertos. Solta-se papagaio em meio a prédios, casas, carros, motos, bicicletas, trânsito pesado, enfim, conhece-se o risco. Sabe-se que aquela linha ao arrebentar vai cair em alguma rua, em algum lugar que provavelmente não estará vazio, portanto é alta a probabilidade de atingir alguém. Saber e, ainda assim, insistir na ação é assumir o risco pelo que vier a acontecer. Vale a pena levar na consciência pela vida afora o peso de, por um simples capricho de uma "brincadeira" maldosa, destruir a vida de outra pessoa? Vale a pena pensar tão pequeno e tão mesquinho a ponto de nem enxergar que não é o único ser do universo e que ao seu redor existem outras vidas, as quais têm-se o dever de respeitar?

Fica aqui a reflexão para aqueles que estiverem dispostos a evoluir enxergando a vida com mais amplidão e com mais consciência.

Luciana G. Rugani

* Clique neste link para assistir à reportagem sobre o acidente: http://videos.r7.com/motoboy-morre-atingido-por-linha-de-pipa-com-cerol-na-av-brasil-rj-/idmedia/53ac5fac0cf24aeca81fccaf.html

P.S. ATENÇÃO!! INFORMAÇÃO SUPER RECENTE: O PROJETO DE LEI QUE CRIMINALIZA O USO DO CEROL ESTÁ PRONTO PARA SER VOTADO NO PLENÁRIO DA CÂMARA FEDERAL: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/CAMARA-HOJE/470715-PROJETO-QUE-CRIMINALIZA-USO-DE-CEROL-ESTA-PRONTO-PARA-SER-VOTADO.html

Comentários

  1. Ana Maria Henriques26 de junho de 2014 00:06

    O que poucos sabem é que o cerol é proibido por lei, portanto, qq pessoa que veja uma criança ou um adulto usando linhas com cerol pode, deve e tem a obrigação de chamar a Polícia. Se for criança, os pais serão responsabilizados e presos, e a criança levada para um abrigo do Conselho Tutelar. Se for um adulto será preso imediatamente. É considerado crime inafiançável. Acho que deveríamos fazer uma campanha maior a respeito disto. Já existe uma página CEROL NÃO! que trata disso, mas eles postam fotos das vítimas, o que acho pesado demais. Mas, pode-se ser feito de outra maneira!!

    ResponderExcluir
  2. É, eu preferi escrever um texto pra tentar despertar a voz da consciência destas pessoas que usam o cerol. Preferi não entrar na abordagem legal, mas concordo com Ana. É preciso que a população denuncie.
    Especificamente proibindo o cerol, cada estado tem sua legislação para isso, e a nível federal ha crime de colocar a vida de outro em perigo, e até mesmo pode caracterizar dolo eventual (quando o sujeito prática o ato com conhecimento de que pode atingir o outro e mesmo assim o prática) em crime de homicídio. Mas a questão é que é necessário denunciar e pra isso é preciso saber quem é o responsável. E além disso tem o fato de que em nosso país menor de idade nunca é devidamente punido. Mas mesmo assim, é importante que quem vir alguém manipulando o cerol ou soltando pipa com linha de cerol, denuncie à polícia. Eu acho também que precisava haver uma lei federal específica para isso, mas principalmente que houvesse punição efetiva, inclusive para menores, ou seja, mudar também a lei da maioridade penal.

    ResponderExcluir
  3. Ninguém está livre de uma tragédia, mas se podemos evitar, porque ignorar? Nunca pensamos que pode acontecer conosco, principalmente quando se é jovem, mas todos que estarmos atentos, depois q atinge uma pessoa é fatal, dificilmente a pessoa sai ilesa. Então não deixem seus filhos usarem cerol, busquem outras formas de soltar pipas sem usar deste artifício que MATA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019