terça-feira, 26 de agosto de 2014

CENTRO MUNICIPAL DE TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS COMPLETA UM ANO DE FUNCIONAMENTO

Considero este projeto em Cabo Frio (RJ) como uma grande ideia que merece ampla divulgação e que deveria ser levada para todos os cantos deste nosso país. Desejo muito ver prefeitos de outras cidades e estados indo até Cabo Frio interessados em conhecer o único centro desta espécie mantido com verba exclusivamente municipal, para que possam colher dados que lhes possibilitem implantar projetos semelhantes em suas cidades. 

Deixo aqui nossos parabéns ao prefeito Alair Corrêa pela iniciativa de algo tão relevante para o momento atual de nossa sociedade, e mais uma vez parabéns pelo pioneirismo, traço sempre marcante de sua forma de governar.

Luciana G. Rugani

_______________________________________________________________________________________
Centro Municipal de Tratamento de Dependentes Químicos completa um ano de funcionamento
Data foi comemorada com evento que contou com a participação do prefeito Alair Corrêa

O Centro Municipal de Tratamento de Dependentes Químicos comemorou neste domingo (24/8), seu primeiro aniversário de funcionamento. Mais de 200 pessoas, entre funcionários da Secretaria Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas (SEPRED), familiares dos acolhidos, ex-internos e voluntários, participaram de um chá, no próprio centro de reabilitação, servido para os convidados.

- Fizemos esse chá para receber os amigos e comemorar o sucesso de um ano do Centro de Reabilitação, disse a secretária de Prevenção ao Uso de Drogas de Cabo Frio, Cris Mansur.

O evento contou com a presença do prefeito Alair Corrêa que abriu as comemorações e falou sobre a importância do trabalho que é desenvolvido na unidade pela Prefeitura, por meio da equipe da SEPRED.      
   
- Estou muito feliz com o resultado conquistado neste ano. Aqui, não tratamos apenas os dependentes químicos. Estamos abraçando também as famílias, que precisam de ajuda para a recuperação dos seus parentes – destacou o prefeito Alair Corrêa em seu discurso.

Os convidados conheceram o artesanato produzido no Centro de Tratamento pelos acolhidos e acompanharam a apresentação do Coral Ressurgência, também formado pelos internos. As atividades fazem parte do processo de recuperação durante a internação. Durante este ano de funcionamento, mais de 40 pessoas voltaram a ter uma vida normal, longe do vício do álcool e das drogas. Hoje, 45 pessoas estão em tratamento na unidade, a única no país mantida com recursos próprios do município.

O Centro de Tratamento tem capacidade para abrigar 75 internos. Lá, os internos contam com clínico geral, neurologista, atendimento odontológico, psicólogo, psiquiatra, enfermeiros, monitores, biblioteca, espaço para terapias em grupo, academia de ginástica, lavanderia, campo de futebol, quadra de vôlei, hidroginástica, salão de jogos e cursos profissionalizantes nas áreas de hotelaria, culinária, artesanato, informática, eletricista, entre outros. Cabo Frio é o primeiro município do estado do Rio de Janeiro a oferecer este tipo de tratamento aos seus moradores.

Segundo a secretária Cris Mansur, a taxa de recuperação no município tem sido de 50%, muito superior à média no país, que gira entre 20 e 30% dos dependentes.

- Esse sucesso só é possível graças ao trabalho humanizado realizado com os internos, que consiste em manter uma rotina de trabalho, convivência comunitária e o exercício da espiritualidade – conclui.

Texto: Alexandra de Oliveira | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas
Fotos: Divulgação SEPRED

Artesanato feito pelos próprios internos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...