quinta-feira, 23 de outubro de 2014

RECUPERAÇÃO DAS ÁREAS DEGRADADAS NA PRAIA DO FORTE

A prefeitura de Cabo Frio (RJ) está recuperando as áreas degradadas na Praia do Forte.  
Prosseguindo no ajuste das condições estipuladas pelo Ministério Público, que começou com a retirada dos antigos quiosques de cima das dunas e que culminou na construção da nova orla, agora está sendo feito o plantio de mudas nativas para recuperar a vegetação de restinga. 

A área está devidamente demarcada, protegida, e placas de sinalização foram colocadas. Mas, como todo trabalho de preservação e cuidado com a cidade não cabe somente ao poder público, necessitando também da colaboração ativa dos cidadãos, é importante que as pessoas não danifiquem as plantas e que tenham a consciência de não pisarem na área de plantio, respeitando a sinalização colocada.

Basta um pouco de consciência e respeito com algo que é patrimônio de todos, qualquer colaboração no sentido de cuidar só poderá reverter em um ambiente mais agradável para todo mundo. A natureza nos retribui de acordo com o que semeamos, então que possamos colher bons frutos representados por uma paisagem mais linda, mais leve e com uma natureza menos sofrida.

Deixo aqui meus parabéns ao prefeito Alair Corrêa, à Secretaria de Meio Ambiente e à COMSERCAF pelo trabalho realizado.

Abaixo seguem fotos do local e a nota técnica da Secretaria de Meio Ambiente.

Texto e fotos: Luciana G. Rugani




 


SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DE CABO FRIO
NOTA TÉCNICA:
Plano de Recuperação de Área Degradada- Praia do Forte

Toda a obra de recuperação - PRAD - Plano de Recuperação de Área Degradada - (revegetação) da Orla da praia do Forte foi feita sobre critérios técnicos avaliados por especialistas em botânica, aprovado pelo IPHAM como também submetido ao MP por condicionantes da retirada dos quiosques em cima das Dunas.
Alguns tentam, por que a população só vem aplaudindo, tentar desmerecer toda a ação.

Mais uma parceria Comsercaf & SEMA

Vejamos o histórico:
1) Velhos quiosques DENTRO das Dunas e o governo de 8 anos nada fez;
2) Críticos que escrevem não tem a capacidade técnica ou não procuram conhecer o projeto tecnicamente;
3) A colocação de cactos (NATIVOS) em alguns pontos funcionam hoje também como uma forma de garantir temporariamente a não invasão e depredação da área,sendo estas espécies representativas de vegetação de restinga;
3) Estes que escrevem, nunca foram vistos em nenhuma ação para agregar valor ao meio ambiente de nossa cidade, neste ou em qualquer outro governo, muitos destes eram fantasmas que facilmente podemos comprovar;
4) Nunca ação nenhuma para manter o ambiente de restinga (que ainda nos resta) foi tomada - estamos fazendo;
5) Realizamos diferentes reuniões com a Sec. Posturas e donos de barracas de praia para explicar o projeto com o objetivo de cooperação entre todos;
6) Cercamento e orientação por cordas foram implantados;
7) Placas de sinalização e educação ambiental estão sendo implantadas;
8) Funcionário todos os dias fazendo a manutenção: regando, colocando o tutor para as plantas que caiem pela ação do vento e repondo as espécies que morreram;
9) Plantio e reposição com Ipoméias (batata da praia - nativas);
10) REPETINDO, todo o projeto foi submetido a especialistas de diferentes órgão antes de sua execução em campo, e agora, "alguns" tentam ludibriar ou distorcer a verdade;
10) Curioso: Cabe alertar que estamos sofrendo depredação específica e ações criminosas em áreas onde estamos trabalhando: Cerca na duna Boa Vista, Queimada criminosa no material coletado no dia mundial de limpeza das praias, ..............
11) Infelizmente são estes ai que estão tentando desmerecer nossas ações, pensem bem antes .....................
12) A velha parábola da árvore que dá frutos;

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=325489450964832&id=142304629283316

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...