Pular para o conteúdo principal

MINHA REFLEXÃO EM ARTIGO DO BLOG DO PREFEITO ALAIR CORRÊA

O comentário abaixo foi postado no artigo "PRIMEIRA ETAPA DO GEOPROCESSAMENTO EM CABO FRIO FOI CONCLUÍDO", do blog "Alair Corrêa Direto":
 
Luciana G. Rugani - Neste cenário de quedas abruptas e constantes de receita a cada mês, é preciso reconhecer o esforço que tem sido feito para manter o funcionamento dos serviços básicos e para manter a cidade no roteiro turístico nacional, o que é essencial para que ela se firme em receita própria advinda do Turismo, a principal raiz da sobrevivência do município daqui para frente. Vale destacar também o trabalho incessante de, mesmo neste panorama complicado, fazer com que a cidade permaneça atrativa para investimentos que gerem emprego e renda. E isso também tem sido feito, pois são vários os hotéis que aqui se instalaram nestes anos mais duros da crise, e ainda há outros que estão em instalação. Nesta semana aconteceu também a inauguração da grande loja atacadista Assai, que vai proporcionar mais empregos. Percebemos então que o prefeito Alair, mesmo administrando com todas essas dificuldades, conseguiu visualizar oportunidades e não abriu mão de atrair bons investimentos. Além disso, vale destacar também o trabalho diário que vem sendo executado para tentar ao máximo manter a cidade limpa. Mesmo com tantos cidadãos sem consciência em relação à necessidade de colaborar com a limpeza, observamos que o governo tem feito sua parte, apesar das várias lutas nesse sentido. Isso verificamos também na alta temporada. Vimos o pessoal da limpeza passar, varrendo as ruas, e logo depois passavam cidadãos deixando lixo pelo passeio.

Não é fácil administrar com poucos recursos. Não cabe agora aproveitar o momento para dobrar exigências e intensificar agressões, dificultando ainda mais o trabalho, intensificando clima negativo. Este momento requer compreensão, entendimento. É imperioso reconhecer o que de positivo tem sido feito e colaborar com o trabalho que, apesar da crise, segue sendo executado. Entendo que há muitos que sofrem com os efeitos desta situação, mas entendo também que nada justifica o clima de “caça aos culpados”, como muitos vêm fazendo, certamente movidos por interesses outros que não o bem da cidade. Não há culpados, todos sofrem com esse panorama. Ninguém é maluco para gostar de viver em meio a tantas dificuldades, elas atingem a todos, ainda que de forma distinta. É como um barco com dificuldades em alto mar, e todos estamos neste barco. Lutarmos uns contra os outros só o fará afundar ainda mais. Querer perseguir o governo como se fosse o causador do problema, ao invés de com ele colaborar com compreensão e entendimento, só demonstra a prevalência dos interesses pessoais e nenhuma preocupação com a cidade como um todo.

Clique na foto abaixo para ler o artigo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019