Pular para o conteúdo principal

PREFEITO ALAIR CORRÊA LUTA PELA REPOSIÇÃO DE PERDAS NAS RECEITAS DE ROYALTIES

Prefeitos e representantes dos municípios que compõem a Organização dos Municípios Produtores de Petróleo - Ompetro se reuniram ontem (7), em São João da Barra. Na pauta, estratégias para o novo encontro no Ministério da Fazenda, que será nesta quinta-feira (10).


"Continuamos nossa luta por nossos direitos", afirmou o prefeito.

Foi o segundo encontro do ano entre os integrantes da Ompetro, que continuam defendendo que o Governo Federal dê aos municípios o mesmo tratamento que o Governo do Estado do Rio de Janeiro recebeu na contratação de operações de antecipação de crédito dos royalties do petróleo.

Definida por consenso na reunião do mês passado, em Rio das Ostras, esta foi a principal solução encontrada entre os representantes para minimizar os impactos com relação às perdas nas receitas de royalties de petróleo e participação especial.

O prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, esteve presente ao encontro, e falou sobre a expectativa para a próxima reunião com representantes do Ministério da Fazenda, na quinta-feira (10), em Brasília.

"Estivemos ontem em São João da Barra, reunidos com os prefeitos da Bacia de Campos e com os advogados, tratando da reunião que teremos novamente na quinta-feira em Brasília. Continuamos nossa luta por nossos direitos. Pleiteamos receber o que perdemos com a Petrobras. Não tem sido fácil essa caminhada de tantas reuniões e encontros e ainda ter que administrar uma despesa maior do que a arrecadação", analisou o prefeito.

A Ompetro está buscando junto à presidente da República, Dilma Rousseff, que os municípios produtores de petróleo sejam também beneficiados pela resolução 002/2015 do Senado Federal, que assegurou ao Governo do Estado do Rio de Janeiro a reposição de R$ 1 bilhão junto ao Banco do Brasil.

A tese de defesa dos municípios é o princípio legal da isonomia, ou seja, da igualdade de direitos. Assim, a Ompetro avalia que os integrantes da entidade também podem receber este investimento, a fim de que possam continuar projetos vitais nos municípios, tais como nas áreas de infraestrutura, assistência social, saúde e educação.

"Nossa cidade perde cerca de R$ 25 milhões todo mês. Para governar assim, com tão grande baixa na receita, só mesmo com muita determinação, pois, além da crise financeira, temos a crise provocada pelas vaidades de certas pessoas que, sem brilho, tentam aparecer agora galopando nessa terrível crise que estamos tentando por um fim", finalizou o prefeito Alair Corrêa.

Texto: Anderson Lopes
Fotos: Divulgação | ASCOM PMCF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019