Pular para o conteúdo principal

O MOMENTO ATUAL DE NOSSA CIDADE E A HISTÓRIA COMO BASE DE NOSSA ESCOLHA


Nosso país vive um momento bastante turbulento e instável. A crise política que se instalou levou à crise econômica que vivemos atualmente, e a situação em muitos municípios tornou-se gravíssima. Os municípios brasileiros simplesmente não têm como prever o valor da receita para o mês seguinte. A crise econômica leva ao atraso ou até ao não pagamento de tributos federais, estaduais e municipais, causando a diminuição da arrecadação geral e, por consequência, atraso e diminuição, ou até mesmo corte, de repasses federais e estaduais. Os royalties também caíram assustadoramente e seguem caindo a cada mês, sem perspectiva de melhora. Nossa cidade, assim como todas as demais que recebem essa receita, praticamente não pode mais contar com recursos dos royalties de petróleo. 

Este é o panorama geral do qual nenhum município ou estado brasileiro consegue escapar, por isso eu penso que precisamos agora ter muita compreensão e apoiar o trabalho daqueles administradores que lutam dando o melhor de si para vencer esse momento e seguir mantendo suas cidades de pé. Eu vejo entre estes o nosso prefeito Alair Corrêa. 

Alair foi o prefeito que iniciou o planejamento para tornar a cidade independente dos royalties, dotando-a de toda a infraestrutura que hoje ela possui e que a levou a tornar-se um local atraente para turistas nacionais e internacionais. Ele abriu as vias de acesso terrestre, aérea e marítima através da construção das avenidas de entrada, do aeroporto e do terminal de transatlânticos, saneou e pavimentou mais de dois terços da cidade e acabou com vários valões que antes eram depósitos de animais mortos e chassis de carros, construiu pontos turísticos e foi o responsável pelo boom de desenvolvimento da cidade nos anos 90. Não vou enumerar aqui todas as suas realizações, pois ficaria muito extenso. Um prefeito que tem história, que mais realizou pela cidade, mesmo na época em que a arrecadação era muito menor que a dos tempos áureos de antes da crise, que ganhou títulos em vários estados e cidades brasileiras como prêmio à sua administração de excelência, justamente agora que recebe a missão de governar novamente a cidade, porém em um tempo difícil e grave para todo o país, não merece nosso apoio? Claro que sim!  

Alair vem lutando com dificuldades desde o início, pois além de tudo, é um político muito visado por seus opositores que fazem de tudo para derrubá-lo, e por isso ele acabou herdando um governo complicado devido às armadilhas políticas que lhe foram armadas. Mas ele caminhou, com dificuldades, colocando as coisas no prumo e retomando seu planejamento de independência dos royalties, quando de repente chegou essa queda abrupta do preço do petróleo e a crise nacional. Mesmo assim ele ainda inaugurou escolas, hospital, unidades básicas de saúde, creches e segue lutando para manter os serviços essenciais sem precisar fechar escolas e hospitais, como aconteceu em vários municípios brasileiros. Tem enfrentado problemas para pagar em dia os funcionários, mas tem negociado, tem dialogado e tem buscado alternativas.

Alair tem sofrido críticas injustas e tem sido alvo de boatos propagados por opositores que buscam desestabilizar totalmente seu governo para derrubá-lo de vez. Estes opositores percebem a dificuldade, conhecem a luta, mas preferem dar vazão a seus objetivos políticos pessoais do que colaborar (ou pelo menos não atrapalhar) o esforço do governo.

Eu sempre admirei o trabalho de Alair nos seus mandatos anteriores. Acompanhei a transformação que ele produziu na cidade, vi Cabo Frio tornar-se a cidade mais limpa do Brasil e o prefeito ser homenageado em vários estados brasileiros. Sempre fui sua admiradora por causa do seu jeito de governar. Gosto do prefeito que trabalha, que tem disposição, que cuida da sua cidade com coragem e vigor.  Por isso que sempre o apoiei e continuarei a apoiá-lo agora, neste momento grave, quando ele não pode governar da mesma forma que antes, porém segue com a mesma coragem e tendo à frente sua vasta experiência e vontade de fazer o melhor por sua cidade.

Quero dizer, prefeito Alair, que estou contigo como sempre estive, e seguirei apoiando-o na sua luta. Confio na sua experiência, na sua capacidade e na sua vontade de dar de si o melhor quando está governando, e essa confiança que tenho é embasada por uma história de vários mandatos e de construção de uma cidade. Assim, podemos ter agora o caminho mais pedregoso que antes, porém temos um administrador experiente e corajoso, que já deu provas suficientes de sua capacidade de transformar e desenvolver uma cidade, demonstrando ser, portanto, o nome correto para estar presentemente onde está e para amanhã alavancar mais uma vez o desenvolvimento com qualidade de vida em nossa cidade. 

Luciana G. Rugani

Comentários

  1. DIANTE DE TUDO MINUCIOSAMENTE DITO E EXPOSTO, SEM MAIS DETALHES, RESTA-ME CONCORDAR PLENAMENTE COM SUA CLAREZA DE DETALHES, E FAZER MINHAS, SUAS PALAVRAS. CREIO QUE AMANHÃ, APÓS CONFIRMAÇÃO DO IMPEACHMENT DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF, A ECONOMIA DARÁ UMA GUINADA DE 90°, COM CERTEZA. PARABÉNS PRA VOCÊ E MUITA ENERGIA POSITIVA PARA O PREFEITO ALAIR FRANCISCO CORREA.
    NA ÚLTIMA QUITA-FEIRA EU TIVE A EXATA NOÇÃO DA LUTA ESPIRITUAL QUE O PREFEITO TEM TRAVADO, QUANDO NÓS,FUNCIONÁRIOS DE APOIO DO TERCEIRO TURNO, PARTICIPAMOS DE UMA RÁPIDA REUNIÃO COM A PROFESSORA PALMIRA, DIRETORA
    ADJUNTA DO COLÉGIO EDILSON DUARTE. O ASSUNTO EXPOSTO ERA SOLICITAÇÃO DA NOSSA PRESENÇA E APOIO NA SEXTA-FEIRA, NUM JANTAR ESPECIAL DE COMEMORAÇÃO DO 37° ANIVERSÁRIO COLÉGIO. DO NADA, A CITADA DIRETODA DISSE: E O PAGAMENTO NADA!!! EU QUERO QUE O PREFEITO QUEIME NO FOGO DO INFERNO...REUNIÃO ENCERRADA, E NOS RETIRAMOS QUESTIONANDO UNS AOS OUTROS, PORQUE TANTO ÓDIO!!! QUE DEUS O CUBRA COM SEU SANTO MANTO E O ILUMINE EM CADA DECISÃO, PROTEJA E O GUARDE ONDE QUER QUE PONHAS A PLANTA DOS SEUS PÉS, HOJE E SEMPRE. DESEJO DIAS GLORIOSOS, FELIZES E PRODUTIVOS A ELE, FAMÍLIA E AMIGOS FIÉIS. DEUS ABENÇOE A TODA SUA BASE DE SUSTENTAÇÃO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto. A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos

TEXTO EXCELENTE SOBRE RESILIÊNCIA

Como se forma um gênio como o escultor Auguste Rodin?   por Regis Mesquita   Blog www.psicologiaracional.com.br Em 1840 nasceu um gênio chamado Auguste Rodin? Não, ele se tornou um gênio , nasceu com potencialidades, vocações e plano de vida. A sua genialidade foi o fruto final de um longo processo de estudos, tentativas, erros, treinamentos, aprimoramentos, fracassos. Para cada obra bem feita, ele deve ter tido pelo menos uns 400 fracassos. Olhando pelo lado da proporção, o genial Rodin foi um fracassado. O pior vem agora: para cada obra Genial, para cada "obra prima", ele deve ter tido pelo menos uns mil fracassos (obviamente, estes números são projeções minhas). Rodin era pobre, foi rejeitado três vezes ao tentar entrar em escolas de artes. Mas, ele tinha uma arma infalível: ele brincava com a arte. Em nossa sociedade nós dizemos: "isto não é brincadeira, vamos fazer as coisas com seriedade. Se seguisse este preceito, Rodin teria si

PARA HENRY BOREL

Não mais o riso fácil de criança! Os bonecos a lutar, Impulsionados por frágeis mãozinhas, Agora estão inertes Como inerte está  O seu corpinho sofrido. Não mais a alegria E o gosto da liberdade Dos dias fora do calabouço, O seu cárcere de dor. Quantos gritos mudos Em abraços silenciosos. Quantas dores caladas Gritadas em olhar de pavor. Quantos pedidos no choro fácil, No rostinho escondido no ombro No colo de sua algoz. Uma criança somente, E somente só. Única! Seu riso só seu, Seu olhar, sua identidade. Sua voz, seu abraço Únicos! Sua voz agora é silêncio, A mesma voz  Que animava brinquedos A mesma voz  Que implorava socorro na fala curta. Pai, me deixa ficar contigo! A luz aqui Pra sempre se apaga. Ficarão a saudade, E consciências sem paz. Mas a luz vive além Resplandece linda entre anjos. O anjo venceu o leão da arena E em outras esferas foi sorrir, Foi brincar, Foi viver. Liberto está, Para sempre, Das mãos frias de duros golpes, Dos abraços fortes de ódio E da tortura, Que dói