sexta-feira, 1 de julho de 2016

OPINIÃO



Cabo Frio passa por uma fase complicada. Uma situação lamentável e, bem sabemos, dolorosa para muitos. Mas é certo que, se assim está, não é por vontade do governante. Fico triste com essa situação, mas é preciso reconhecer que a cidade já esteve muito bem em outros tempos, e, naquela época próspera, quando o prefeito era Alair Corrêa, muito foi realizado. Servidores ganhavam bem, e ainda recebiam 14º salário, reajustes, abonos... Eram satisfeitos e felizes. E a cidade cresceu em infraestrutura e desenvolvimento geral, Alair construiu avenidas, acabou com valões, urbanizou bairros, construiu escolas e inseriu a cidade em roteiros turísticos nacionais e internacionais. Tivemos também outro prefeito, nestes tempos de vacas gordas, mas que praticamente nada realizou em dois mandatos contínuos e prósperos. Poderia também ter feito muito, assim como Alair fez em seus mandatos anteriores. 

Sendo assim, agora que a coisa ficou difícil, não acho justo as pessoas falarem como se o prefeito atual fosse o culpado ou não quisesse resolver a questão. Julgam-no somente por este mandato, isso não é correto. Fingem esquecer o tanto que ele realizou em outros tempos e também tudo de bom que ele fez neste mandato, mesmo com dificuldades. Agora o momento deveria ser de união e busca de soluções, mas, ao contrário, estão semeando a desunião, a guerra, o ódio, ao invés de espírito de união e trabalho pra ajudar. Vejo um ou outro cidadão dando belos exemplos de cidadania ao organizarem mutirões em seus bairros para ajudarem na limpeza. Não estão guerreando, não estão brigando, e sim colaborando. Essa sim que deveria ser a atitude dos cidadãos em larga escala, e principalmente dos que se dizem líderes de grupos ou de classes. Não estou falando em abrir mão de seus direitos, mas não é com briga e violência que se colabora positivamente. Atitudes e ações coletivas com criatividade, união e espírito de colaboração são bem-vindos. Mas não. Preferem usar essa grave crise para se beneficiarem politicamente nas próximas eleições, aí é que está o problema. 

Muito triste esse modo de agir que só destrói, só semeia desordem e que rechaça soluções, agravando ainda mais o já tão triste panorama.

Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...