Pular para o conteúdo principal

ATITUDES RENOVADAS NA POLÍTICA

por Luciana G. Rugani - Se observarmos a política nas esferas nacional, estadual e municipal, veremos que mudam os atores, sofisticam-se as ações, aumenta ou diminui a amplitude e complexidade, mas os mecanismos e hábitos são os mesmos. Por isso podemos aprender muito observando o que acontece também em outras cidades e também em outros estados. O importante é observarmos e sabermos extrair a ideia que poderá ser útil para nos engrandecer e engrandecer a nossa sociedade e buscarmos sua aplicação ou sua divulgação em nosso meio.

Temos aqui uma atitude de um homem público que vale a pena ser destacada e divulgada. Em Belo Horizonte, na última eleição, o Vereador Gabriel Azevedo apoiou o seu amigo e atual prefeito, mas, segundo ele, isso não quer dizer que ele tenha que aceitar e concordar com tudo que acontece na sede do Executivo e nem que tenha que aprovar todos os seus projetos. O vereador critica a fala do líder do governo, o qual teria usado um tom de que "observava com atenção" a lista de votação em plenário. 

Muito bom ver o vereador contestando velhos e ultrapassados hábitos que alguns ainda insistem em praticar! Eis aí mais uma atitude que reflete o espírito de inovação na política que começa a tomar força, principalmente nas capitais, mas que também é perfeitamente possível que comece a dar frutos nas cidades do interior. Basta que haja vontade e despertamento por parte do eleitor:

por Gabriel Azevedo - Durante a campanha, muitos eleitores me questionaram, pelo fato de eu ter apoiado a candidatura do prefeito, se eu me posicionaria de acordo com o interesse dos eleitores e da população ou com os interesses do Poder Executivo. Há aqueles que me conhecem e que não precisam de explicações. Há também aqueles que estão me conhecendo. Eu disse que não era necessário sequer dúvida... Eu, ainda mais exercendo o primeiro cargo eletivo, estaria com a vontade daqueles que me concederam esse mandato. Hoje, durante a sessão legislativa, havia um projeto de interesse da prefeitura. A minha opinião era contrária. A opinião dos eleitores no app "meu vereador" foi contrária. A opinião daqueles que não votaram em mim, mas se cadastraram no app, também foi contrária. Terminada a votação, o projeto foi rejeitado. Expliquei os motivos. Não é hora de criar um fundo municipal, por mais bem intencionado que ele seja, antes de um projeto de reforma administrativa completa e com o quadro orçamentário bem destrinchado. É momento de cortar gastos e economizar. E não é que o líder de governo, vereador Gilson Reis, do PCdoB, indicado pelo senhor Paulo Lamac, que acumula erroneamente as funções de vice-prefeito e Secretário de Governo, resolveu usar um tom de quem "observava com atenção" a lista de votação? Ele não me conhece... Nem ele, nem o frustrado responsável pela articulação política da prefeitura. Acho que o prefeito anda sendo enganado por quem escolheu para a função. Fica aqui o meu alerta, a minha resposta e a minha posição direta do plenário de forma imediata e veemente! Vamos às listas então! Estou aguardando a hora certa para mostrar a minha lista. Talvez na própria Comissão de Administração Pública através de uma convocação. Nos Estados Unidos da América, o vice recebe a denominação de "quinta roda". Em bom português, trata-se de um estepe. Quando o estepe inventa de querer obter a direção, não há de se dirigir para um bom caminho... Esse é só um alerta. Meu primeiro compromisso é com quem me elegeu. (E para explicar o começo da fala: um vereador chamou outro vereador de "mariquinhas" para ofendê-lo... Claro que não é uma postura que combina com o plenário e merece nosso repúdio.)

https://www.facebook.com/gabriel.azevedo/videos/1161422593956878/

Fonte: https://www.facebook.com/gabriel.azevedo/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019