quarta-feira, 10 de maio de 2017

ALERTA SOBRE O AUMENTO DE GABARITO EM CABO FRIO

Edição 32 da revista da ASAERLA (MAR/ABR - 2017)
Na edição 32 da revista da ASAERLA (mar/abr - 2017), vi uma fala do prefeito reafirmando o posicionamento que tem manifestado em diversas ocasiões sobre aumento de gabarito na cidade.

O prefeito mostra não ser contra o aumento de gabarito e utiliza o argumento de que grandes redes hoteleiras teriam condicionado suas vindas para a cidade ao aumento do número de andares a ser permitido nas construções. Acontece que temos exemplos de muitas cidades turísticas que possuem excelentes hotéis de poucos andares. Inclusive em Búzios, há ótimos hotéis e pousadas, e o gabarito seria de apenas dois andares. 

Este assunto foi tratado em entrevista do atual presidente da câmara em outubro passado, logo que ganhou a eleição. Sobre isso postei no face na época, e houve um debate interessante (clique aqui para ler https://www.facebook.com/luciana.rugani/posts/1284363564929323).

Sempre fui e sou totalmente contra o aumento de gabarito. A circulação de ar na cidade fica prejudicada, o sol vai embora bem mais cedo nas praias, sem falar que as cidades se descaracterizam completamente.

Ontem houve outro debate interessante no facebook, e algumas pessoas mencionaram exemplos como as cidades de Niterói e Guarujá, onde aumentaram o gabarito. Niterói perdeu a característica de cidade turística, e em Guarujá a luz do sol não chega na praia, prejudicando os organismos naturais que ali existem e a vegetação, além do que, nem por isso a cidade tornou-se referência em desenvolvimento. (clique aqui para ler o post com os comentários → https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1529679937064350&set=a.315789801786709.78652.100000670768129&type=3 )

Cidade turística praiana não combina com gabarito alto. As cidades praianas que tomaram essa atitude tiveram perdas irreparáveis. Essa questão só beneficia construtores, e, muitas vezes, agentes políticos que aprovam o aumento. As cidades praianas que tomaram essa atitude tiveram perdas irreparáveis.

Luciana G. Rugani

Um comentário:

  1. Posicionamento correto de quem sonha e quer ver Cabo Frio Muito Melhor. E isso somente acontecerá se não cedermos a pleitos como este de aumentar o gabarito dos prédios, exemplo Leblon Rio De Janeiro, Barra da Tijuca ,orla que não autorizaram e se valorizaram mais permitindo IPTUS mais elevados compensatórios. Quantidade Nunca Foi Qualidade pense nisso com isenção e desinteresse como sempre em prol da sua cidade , dos seus eleitores e do futuro . Certamente já viajou a Marbela , Saint Tropez e outros paraísos turísticos... Cabo Frio Muito Melhor não pode e deve querer ser igual a Copacabana e ou Las Vegas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...