domingo, 25 de setembro de 2011

O EXERCÍCIO DO MAGISTÉRIO

Certa vez li em um artigo que o significado de “educar”, que vem do latim “educare”, é extrair aquilo de melhor que cada um traz em seu interior, despertar as aptidões naturais.

Percebemos, então, que é um conceito mais amplo e profundo. Aplica-se tanto a crianças quanto a adultos, ou seja, a qualquer pessoa e de qualquer idade. Na verdade, todos os seres têm virtudes na sua essência mais profunda, mas que com o tempo vão ficando cada vez mais abafadas, esquecidas e bloqueadas por nossas tristezas e negatividades. Entendendo, pois, desta maneira, vemos que o processo de educar é contínuo, perene, e cabe a todos nós realizá-lo. Podemos realizá-lo através dos nossos relacionamentos diários, buscando sempre incentivar o lado bom de cada pessoa, focalizar mais as virtudes que os defeitos e devemos realizá-lo conosco mesmo, buscando despertar também o nosso melhor. Me atrevo a dizer, educar é a mais importante das tarefas a realizar, pois é a razão de aqui estarmos: buscar nossa melhora e aperfeiçoamento. Não é uma tarefa fácil. É árdua, cheia de altos e baixos. Requer muita reflexão.

Profissionalmente, é o que os professores devem fazer em relação aos seus alunos, e isso requer também a participação de toda a sociedade. Os professores não são os únicos responsáveis. Todos enquanto seres viventes devem e podem colaborar no processo de educação. Muitas vezes, atos simples, como por exemplo o de zelar pela limpeza das ruas de uma cidade, podem influenciar outras pessoas a fazerem o mesmo. E isso também é uma forma de educar: a educação pelo exemplo.

Acostumamos a pensar a educação simplesmente como educação formal, intelectual. Mas, educação vai muito mais além do que isso.

Em relação aos profissionais da educação, que precisam exercer a arte de educar com inúmeros alunos e em condições muitas vezes sub-humanas, estes devem ser valorizados verdadeiramente. O descaso com a educação soa destoante no compasso do mundo atual. Já é tempo de mudar esse panorama, propiciar para estes profissionais melhores condições de trabalho e de investimento na sua formação e atualização.

Luciana G. Rugani

Um comentário:

  1. Valeu!
    Quando nos educamos, automaticamente educamos o outro.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...