Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 19, 2011

UM INSTANTE

Dê-me um instante, Um instante é só o que preciso Um instante de tua atenção, De teu ouvir, de teu falar, De tua presença. Um instante para deitar meu olhar em teus olhos, E assim expressar meu afeto. Pois, tal como o sol cujo brilho dispensa palavras, Assim são meus olhos ao olhar os teus. Já não cabem palavras, Gestos são dispensáveis. Um instante somente, Pra doar-te minha paz, minha luz e meu amor. Mas dê-me um instante por inteiro, não meio. Um instante presente, completo, em que tua presença não seja miragem, em que tua imagem não seja ilusão, Pois só assim meu amor terás. E o terás, meu amor, assim, Intenso, todavia sereno, Por um instante, todavia constante. E, como que sorvendo delicada e profundamente a bebida mais fina, Só assim, enfim, meu amor em ti viverá.
Luciana G. Rugani