segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

SECRETARIA DE FAZENDA APERTA O CERCO NO COMBATE À INADIMPLÊNCIA DOS IMPOSTOS MUNICIPAIS

Contribuintes de Cabo Frio com débitos municipais terão nomes incluídos pela CDL-Rio/SERASA, SPC e Cartório de Protesto de Títulos 


A Prefeitura de Cabo Frio firmou Convênio com o Instituto de Estudos e Protesto de Títulos do Brasil – Seção Rio de Janeiro (IEPTB-RJ) para protesto dos débitos inscritos na Dívida Ativa do Município. O trabalho é coordenado por técnicos da secretaria de fazenda municipal.

- A iniciativa tem por objetivo diminuir a inadimplência dos pagamentos dos tributos municipais (IPTU, ISS e Taxas), por meio de inclusão dos devedores em cadastros restritivos do crédito, alerta Axiles Francisco Correa, Secretário municipal de Fazenda. 

Para o prefeito Alair Corrêa todos os setores da prefeitura estão focados em aumentar a arrecadação municipal para enfrentar a queda nos repasses públicos. 

Outra medida já implementada pelo departamento de cobrança da secretaria, e que também começa na primeira semana de março, será a notificação dos devedores através da CDL-Rio e SERASA para o acordo de pagamento da dívida com os impostos municipais, sob pena de incluir estes contribuintes inadimplentes no Serviço de Proteção ao Crédito – SPC. 

Sebastião Gomes, chefe do setor de cobrança da fazenda municipal ressalta que é importante conscientizar os contribuintes de seus deveres com a Fazenda Pública Municipal a fim de evitar a inclusão do nome (pessoa física ou jurídica) no Cadastro Nacional de Serviço de Proteção ao Crédito – SPC. 

- A inclusão no SPC poderá acarretar ao contribuinte problemas nas compras a prazo em toda rede comercial, nos financiamentos e empréstimos com a rede bancária, entre outras formas de financiamento de bens e serviços das redes credenciadas ao sistema SPC, diz Sebastião.

Para contatos e informações adicionais, a Secretaria de Fazenda tem os seguintes canais de atendimento: 
E-mail: feda@cabofrio.rj.gov.br 
Setor de Cobrança: (22) 2645-3000 – Ramal: 216 

Texto: Redação
Fotos: Divulgação

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

SOBRE A SOLICITAÇÃO DE ANTECIPAÇÃO DA RECEITA DOS ROYALTIES

O prefeito Alair Corrêa postou notícia em seu blog sobre carta elaborada à presidente Dilma pelos prefeitos que compõem a OMPETRO, onde requerem o mesmo tratamento que foi dado aos estados, qual seja a possibilidade de antecipação da receita dos royalties por meio de empréstimo da União.

Eu penso que nada mais justo que o benefício seja estendido aos municípios, afinal de contas a crise abarcou a todos. E além disso, muitas das competências das mais diversas áreas da administração pública hão sido, ao longo dos anos, descentralizadas, transferidas para os municípios. Ainda que estes recebam repasses federais e estaduais, instala-se a crise e tais repasses logo sofrem atrasos, diminuição em seus valores ou até mesmo cortes.

Temos, assim, municípios com cada vez mais responsabilidades e menos recursos. São os municípios que sentem mais forte os efeitos das crises econômicas, pois estão na linha de frente do atendimento das necessidades da população. Apesar da escassez abrupta de recursos, são cada vez mais cobrados na execução de suas competências, portanto nada mais justo de que também, ou até primeiramente, façam jus às medidas direcionadas a reduzir os impactos da crise.

Clique na foto abaixo para ler a notícia completa:

Luciana G. Rugani

MINHA REFLEXÃO EM ARTIGO DO BLOG DO PREFEITO ALAIR CORRÊA

O comentário abaixo foi postado no artigo "PRIMEIRA ETAPA DO GEOPROCESSAMENTO EM CABO FRIO FOI CONCLUÍDO", do blog "Alair Corrêa Direto":
 
Luciana G. Rugani - Neste cenário de quedas abruptas e constantes de receita a cada mês, é preciso reconhecer o esforço que tem sido feito para manter o funcionamento dos serviços básicos e para manter a cidade no roteiro turístico nacional, o que é essencial para que ela se firme em receita própria advinda do Turismo, a principal raiz da sobrevivência do município daqui para frente. Vale destacar também o trabalho incessante de, mesmo neste panorama complicado, fazer com que a cidade permaneça atrativa para investimentos que gerem emprego e renda. E isso também tem sido feito, pois são vários os hotéis que aqui se instalaram nestes anos mais duros da crise, e ainda há outros que estão em instalação. Nesta semana aconteceu também a inauguração da grande loja atacadista Assai, que vai proporcionar mais empregos. Percebemos então que o prefeito Alair, mesmo administrando com todas essas dificuldades, conseguiu visualizar oportunidades e não abriu mão de atrair bons investimentos. Além disso, vale destacar também o trabalho diário que vem sendo executado para tentar ao máximo manter a cidade limpa. Mesmo com tantos cidadãos sem consciência em relação à necessidade de colaborar com a limpeza, observamos que o governo tem feito sua parte, apesar das várias lutas nesse sentido. Isso verificamos também na alta temporada. Vimos o pessoal da limpeza passar, varrendo as ruas, e logo depois passavam cidadãos deixando lixo pelo passeio.

Não é fácil administrar com poucos recursos. Não cabe agora aproveitar o momento para dobrar exigências e intensificar agressões, dificultando ainda mais o trabalho, intensificando clima negativo. Este momento requer compreensão, entendimento. É imperioso reconhecer o que de positivo tem sido feito e colaborar com o trabalho que, apesar da crise, segue sendo executado. Entendo que há muitos que sofrem com os efeitos desta situação, mas entendo também que nada justifica o clima de “caça aos culpados”, como muitos vêm fazendo, certamente movidos por interesses outros que não o bem da cidade. Não há culpados, todos sofrem com esse panorama. Ninguém é maluco para gostar de viver em meio a tantas dificuldades, elas atingem a todos, ainda que de forma distinta. É como um barco com dificuldades em alto mar, e todos estamos neste barco. Lutarmos uns contra os outros só o fará afundar ainda mais. Querer perseguir o governo como se fosse o causador do problema, ao invés de com ele colaborar com compreensão e entendimento, só demonstra a prevalência dos interesses pessoais e nenhuma preocupação com a cidade como um todo.

Clique na foto abaixo para ler o artigo:

sábado, 20 de fevereiro de 2016

CABO FRIO SEGUE FIRME NO ROTEIRO TURÍSTICO NACIONAL

Cabo Frio (RJ), nossa cidade linda, segue firme no roteiro turístico nacional, encantando a turistas das mais diversas regiões. Foi o que vimos na matéria veiculada hoje cedo, no programa "Como Será?", da Rede Globo.

A matéria começa destacando uma característica das mais agradáveis da cidade, qual seja a brisa nordeste praticamente constante, o que torna os dias quentes um pouco mais frescos. Em seguida, destaca a beleza das praias com águas límpidas e azuis, raridade no nosso litoral e que faz da cidade um dos destinos turísticos mais procurados.

A partir daí, a matéria nos proporciona uma viagem no tempo ao abordar o recente aniversário de 400 anos da cidade e trazer para nós informações históricas sobre uma época de país recém-descoberto, quando ainda havia disputas e lutas pelo domínio da região e exploração do pau-brasil, nossa maior riqueza daquela época. São exibidos vários pontos turísticos ricos de informação sobre a história da cidade, a qual mistura-se à história do Brasil por ser Cabo Frio a sétima cidade mais antiga do país.

Ao final, a reportagem mostra ainda a maravilha ecológica da região da Ilha de Cabo Frio, antes pertencente ao município, mas que hoje pertence à cidade vizinha de Arraial do Cabo, antigo distrito de Cabo Frio emancipado há 30 anos. Vale destacar a visita ao farol de 18 metros de altura, construído em 1861, no alto do penhasco, por ordem de D. Pedro II e até hoje em funcionamento guiando todos os navios que passam pela região, e a Praia da Ilha, considerada uma das mais belas do Brasil. Na Praia da Ilha, o acesso deve ser autorizado pela Marinha, que tem controle rigoroso inclusive sobre o tempo de permanência dos visitantes, limitado duas horas. Este controle visa preservar o local, que é também um sítio arqueológico, com ossos e utensílios utilizados pelos índios, os antigos habitantes da região.

Cabo Frio e região é um local rico em informações históricas presentes nos monumentos e edificações coloniais da época do Brasil-Império e também nos sambaquis e sítios arqueológicos. Além disso, sua natureza é rica de elementos da flora e fauna, terrestre e marinha, que constituem farto objeto de estudo e pesquisas de empresas e cientistas.

Vale a pena conhecer, e, acima de tudo, PRESERVAR!

Assistam à matéria clicando na foto abaixo:


Luciana G. Rugani

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

NOVAS OPORTUNIDADES E INVESTIMENTOS CHEGAM EM CABO FRIO

por Luciana G. Rugani - A crise que se abateu sobre Cabo Frio (RJ) não é somente consequência da situação financeira complicada do país. Em nossa cidade ela agravou-se abruptamente com a queda dos royalties e do preço do barril de petróleo. A cada parcela de recebimento dos royalties, seja mensal ou trimestral, a queda é maior. Neste mês, por exemplo, Cabo Frio recebeu o repasse trimestral de apenas 1 milhão de reais, enquanto que, em tempos normais, teria recebido 37 milhões. E a parcela mensal, que antes seria de 18 milhões, foi agora de apenas 7 milhões. A perda é constante a cada parcela, basta conferir os números. 
Administrar com perdas mensais de receita não é nada fácil, é doloroso, e requer postura de entendimento e colaboração. Radicalismos não auxiliam, e só agravam a situação.
Neste cenário de quedas abruptas e constantes, é preciso reconhecer o esforço que tem sido feito para, apesar de tudo, manter os serviços essenciais funcionando e manter a cidade no roteiro turístico nacional, o que é essencial para a sobrevivência do município daqui para frente. Além disso, vale destaque também para o trabalho incessante de fazer com que a cidade permaneça atrativa para investimentos que gerem emprego e renda. O prefeito Alair Corrêa, mesmo administrando com todas essas dificuldades, conseguiu visualizar oportunidades e não abriu mão de incentivar, negociar e assim atrair bons investimentos para a cidade. Isso é fato que precisa ser reconhecido. Ontem foi inaugurada uma grande loja atacadista, e novos empreendimentos hoteleiros se instalaram e outros estão chegando. Vejam matéria abaixo:

Prefeito Alair Corrêa participa da inauguração da nova loja do Assaí Atacadista em Cabo Frio

Nova unidade em Cabo Frio vai gerar mais de 400 novos empregos e movimentar a economia regional

Depois de ser recebido por diretores do grupo Assaí Atacadista, o prefeito Alair Corrêa, acompanhado por secretários, percorreu a nova loja inaugurada nesta quinta-feira (18/2) em Cabo Frio. Durante mais de uma hora, o prefeito conheceu de perto a unidade do Assaí Atacadista, que tem cerca de 5,5 mil m² de área de vendas e escolheu a maior cidade da região para instalar a loja 96 do grupo.

Para o prefeito Alair Corrêa, a chegada do Assaí Atacadista mostra todo o potencial econômico de Cabo Frio que tem estrutura preparada para atender a demanda regional e o mercado do turismo.

- Nossa cidade é polo econômico regional e o Assaí investiu cerca de R$ 20 milhões para abrir esta loja porque os estudos técnicos mostram o potencial do município – disse o prefeito, enquanto era cumprimentado por diretores da rede.

Após um café da manhã de boas vindas, a loja Assaí abriu as portas para o público que já aguardava do lado de fora para conferir as ofertas.

O prefeito Alair Corrêa ressaltou que, mesmo em um momento delicado na economia do país, Cabo Frio vem se destacando em receber investimentos.

- Só na rede hoteleira temos mais de dois mil novos leitos chegando com novos hotéis e pousadas. E ainda temos os investimentos em novos empreendimentos imobiliários. Tudo isso gera novos empregos e oportunidades de negócios - afirmou.

Texto: da Redação
Fotos: Horácio CF Zone


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

INICIADA AÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRAIA DO FORTE

Sempre insisto aqui no blog em relação à necessidade de conscientização no uso dos espaços públicos, no sentido de colaborar com a limpeza, preservação e manutenção dos mesmos, em especial das praias de nossa cidade, pois entendo como essencial a participação de todos (poder público, empresários e população) na questão da destinação do lixo.

Nossa maior riqueza natural, as belíssimas praias de Cabo Frio sofrem com frequentadores muitas vezes sem consciência quando se trata da destinação do lixo produzido. Pensando nisso, a prefeitura da cidade, por meio de parceria da sua Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) com a Prolagos (concessionária de serviços públicos de água e esgoto) vem instalando placas educativas com bobinas de sacolas plásticas (totens) visando orientar os frequentadores das praias e facilitar para que recolham o próprio lixo.

Hoje foi iniciada a instalação dos totens na praia do Forte. Os totens serão instalados na região dos quiosques que se comprometerem a cuidar do equipamento, mediante assinatura de termo de compromisso.  A iniciativa propicia a participação de todos os responsáveis pelo lixo ali produzido, o que é crucial para maior sucesso na conscientização. Os frequentadores da praia terão à disposição saquinhos plásticos para recolherem seu lixo e o conduzirem até a lixeira mais próxima, e os quiosqueiros, ao assumirem a responsabilidade de zelar pelos totens, também serão partícipes ativos da ação de educação ambiental, pois cuidando dos totens estarão indiretamente ajudando a conscientizar tanto os clientes como também seus próprios funcionários.

Parabéns à prefeitura de Cabo Frio pela iniciativa!

Luciana G. Rugani
Fotos: SEMA

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

CABO FRIO CONCLUI PRIMEIRA ETAPA DO PROGRAMA DE GEOPROCESSAMENTO

Braga, Foguete e Recreio de Cabo Frio foram os bairros que inicialmente sofreram atualizações cadastrais


A Prefeitura de Cabo Frio apresentou esta semana os primeiros resultados do programa de geoprocessamento no município. A grande novidade é a utilização de imagens de satélite para apurar com maior eficácia as edificações do município.

A Secretaria Municipal de Fazenda iniciou os trabalhos do Geoprocessamento, com o objetivo de qualificar o seu cadastro, atualizando-o de forma precisa por meio de imagens de satélite. Na primeira etapa, foram identificados 1.432 imóveis que apontaram diferenças e sofreram atualização cadastral de aumento de área edificada ou passaram de imóveis territoriais para prediais nos bairros Foguete, Braga e Recreio de Cabo Frio.

Cabo Frio possui uma área de extensão territorial de aproximadamente 410,4 km² (conforme informações levantadas junto ao IBGE e disponíveis na internet no sitehttp://cidades.ibge.gov.br) e sofreu um crescimento populacional que saltou em 2001 de 133.341 para 204.486 habitantes em 2014. O crescimento de 53,3% na população resultou em um número exponencial de construções, grande parte dessas de forma desordenada e sem a devida fiscalização.

O município encontrou dificuldades para acompanhar as modificações que ocorrem no espaço urbano, como construções clandestinas, desmembramentos e remembramentos irregulares de terrenos, etc., bem como o tratamento dos processos de atualização e manutenção dos registros cadastrais por falta de recursos humanos e de elementos e mecanismos de apoio para realização destas atividades, o que contribui ainda mais para desatualização sistemática do cadastro imobiliário municipal.

O relatório dos três primeiros bairros que foram mapeados pelo programa da Secretaria de Fazenda apontou um aumento significativo de 452.724,03m² para 1.008.642,46m², o que significa que 555.918,43m² serão inseridos no cadastro imobiliário municipal, o que representa um aumento de 122.79% detectados pelo geoprocessamento.

Os contribuintes que possuem imóveis que sofreram alterações de cadastro serão notificados com a diferença do imposto do exercício de 2016 para pagamento a partir do mês de maio.

Para contatos e informações adicionais, a Secretaria de Fazenda tem os seguintes canais de atendimento:

Portal Fazendário: www.fazenda.cabofrio.rj.gov.br
Setor de Cadastro: (22) 2645-3000 – Ramal: 226

Texto: da Redação
Foto: Divulgação

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

CERCA DE 800 MIL PESSOAS VISITARAM CABO FRIO NO CARNAVAL

Turistas vieram, em sua maioria, dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e de Brasília. Dos estrangeiros, argentinos foram os mais presentes



A Superintendência de Turismo da Prefeitura de Cabo Frio fez um balanço do atendimento aos visitantes no carnaval, através da Central de Atendimento ao Turista (CAT), que funcionou em esquema de plantão durante todo período de folia.

Cerca de 800 mil turistas, oriundos de diversos estados do Brasil, estiveram visitando Cabo Frio no feriadão. A maioria dos visitantes vieram dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Brasília. Muitos argentinos também passaram pela cidade nesse período.

As recepcionistas dos dois postos do CAT, que receberam capacitação recentemente, distribuíram mapas da cidade com opções de roteiros culturais, religiosos, de lazer e de compras. Além disso, as equipes do CAT orientaram sobre serviços de hospedagem, alimentação, agenciamento, receptivo, câmbio, passeios de barco, mergulho, City Tour, Taxi rodoviário, Taxi marítimo, artesanato, museus, casas de cultura, point comerciais e praias.

Segundo a superintendente municipal de Turismo, Luane Ferreira, o comprometimento da equipe foi fundamental para atender à demanda de turistas que passaram nos locais de atendimento.

- Com uma equipe preparada e comprometida, as Centrais de Atendimento ao Turista orientaram uma média de 500 pessoas por dia - disse Luane.

A Prefeitura de Cabo Frio mantém três postos do Centro de Atendimento ao Turista: no Terminal Rodoviário Alexis Novellino; no Boulevard Canal e na própria Superintendência de Turismo, no Terminal dos Transatlânticos, no bairro da Passagem.

Texto: Rosália Moreira

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

REFLEXÃO SOBRE OS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS

Muitas vezes só resta ao cidadão ver a chuva cair e aguardar que passe o temporal...

A crise terrível que se abateu na economia do governo em Cabo Frio, devido à queda abrupta dos royalties, transformou em tormenta o dia a dia de algumas pessoas. Observamos um governo que, juntamente com sua equipe, tenta guiar o barco de acordo com sua carta de navegação; observamos alguns servidores que, enquanto passageiros deste barco, encontram-se em desacordo com a rota escolhida; observamos também cidadãos diversos em terra firme, cada qual com seu parecer e sua ideia redentora, conforme o ângulo de visão que possuem do barco sob forte tempestade.

E enquanto isso temos uma cidade linda que, basta um olhar mais profundo e atento, e vislumbraremos o quanto de potencial e recursos positivos ela nos oferece. E essa cidade sofre, o governo sofre, seus servidores sofrem.

É lamentável que nesse período crítico ao extremo, em que deveria haver uma conjunção de ideias em benefício do todo, o que percebemos é um clima de guerra, de busca de satisfação de benefícios políticos pessoais acima da resolução dos problemas.

Questões que deveriam ser tratadas mediante diálogo franco, com clareza, convergência de vontades visando a busca de solução, são tratadas no grito, na ofensa mútua, em discussões improfícuas que só fazem acirrar o clima raivoso, tornando praticamente impossível um acordo mútuo.

O que criamos ao nosso redor é o que faz o nosso ambiente, portanto se fomentamos ódio e ira, este será o ambiente que criaremos para nós. Não adianta depois pedirmos a Deus que nos livre de algo que nós mesmos escolhemos semear. Enquanto a estratégia for simplesmente de bate-rebate, não haverá avanço e as coisas só se agravarão. E toda essa agressividade nunca, em tempo e lugar algum, rendeu bons frutos. Os resultados nunca foram positivos quando a única estratégia foi reforçar a discórdia.

Lamentável que as atitudes corretas a serem tomadas tenham sido trocadas pelas ofensas e palavras de baixo nível.

Quando chega a esse ponto, ao cidadão de bem só resta esperar que passe a tormenta... pois de vozes o espaço está cheio, e os ouvidos irados fecham-se às palavras de alerta e de bom senso.

Então que passe logo a tormenta, e que a misericórdia divina mais uma vez nos permita que chegue a bonança...

Luciana G. Rugani

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

SALINEIRA REALIZA SEGUNDA EDIÇÃO DA CAMPANHA "TENHA SAMBA NO PÉ E JUÍZO NA CABEÇA"

A Auto Viação Salineira vai realizar, entre os dias 6 e 9 de fevereiro, a segunda edição da campanha Tenha Samba no Pé e Juízo na Cabeça, que contará com três ações de responsabilidade socioambiental nas praias de Cabo Frio e Arraial do Cabo, além do Centro de Araruama. 

Sucesso há dois anos, o projeto Lixo em Movimento – Operação Praia Limpa já distribuiu mais de 120 mil sacolas oxi-biodegradáveis. E no Carnaval, a campanha retorna às praias da região. Uma equipe contratada pela empresa distribuirá 12 mil sacolinhas para os banhistas, que poderão acessar, através do smartphone, o código impresso e obter informações sobre o Convento Nossa Senhora dos Anjos, um dos mais importantes patrimônios históricos de Cabo Frio e do Brasil, tombado pelo Iphan. 

Serão distribuídas, também, ventarolas para os foliões que estiverem curtindo o Carnaval na região. Com o título Seja um Agente contra o Mosquito, as ventarolas terão informações para ajudar a reduzir os casos de Dengue, Chikungunya e Zika. 

E para finalizar, a empresa vai distribuir pulseiras de identificação na praia; uma tentativa de diminuir os casos de crianças perdidas dos pais durante o período de folia. 

Seja consciente. No Carnaval, tenha samba no pé e juízo na cabeça! 

Programação:

6/2 – (8 às 12 horas) – Praia do Forte (Cabo Frio)
7/2 – 8 às 12 horas) – Praia do Forte (Cabo Frio) e Centro de Araruama
8/2 – (8 às 12 horas) – Praia do Forte (Cabo Frio) e Praia Grande (Arraial do Cabo)
9/2 – (8 às 12 horas) – Praia do Forte (Cabo Frio)

Texto e fotos: Diário Cabofriense

NAVIO MSC ARMONIA VOLTA A CABO FRIO

O MSC Armonia aportou às 09h no terminal de transatlânticos, trazendo mais de dois mil turistas à cidade



Nesta quarta-feira (03/02), Cabo Frio recebeu mais um navio da temporada 2015/2016. O MSC Armonia aportou às 09h no terminal de transatlânticos, trazendo mais de dois mil turistas à cidade.

Alessandra Krein veio do Rio Grande do Sul e desembarcou em Cabo Frio nesta quarta com grandes expectativas: "Já estive em Búzios, mas Cabo Frio é a primeira vez. Espero conhecer principalmente a área central da cidade, fazendo um tour pela Praia do Forte e alguns pontos turísticos. Aproveitar o dia nessa cidade tão bonita".

O MSC Armonia saiu de Santos, com destino a Ilhabela, também no litoral de São Paulo.

A paulista Carla Castanhari diz que gostou muito de Cabo Frio e pretende voltar para conhecer outros locais da cidade: "Gostei muito, superou minhas expectativas. Voltarei com mais tempo para conhecer as belezas naturais daqui".

O próximo transatlântico da temporada, o Pullmantur Imperatriz, chega na sexta-feira da próxima semana (12/02) de Salvador, na Bahia, e segue com destino a Santos, em São Paulo.

Texto: Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Turismo
Fotos: Divulgação SECTUR e Ari dos Santos

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

PRAIAS DE CABO FRIO RECEBEM PLACAS EDUCATIVAS COM BOBINAS DE SACOLAS PLÁSTICAS


A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente busca incentivar a mudança de hábitos em relação à limpeza das praias e à importância de conservar a natureza

A Prefeitura de Cabo Frio desenvolveu uma ação de educação ambiental nas praias da cidade, com a colocação de placas educativas com bobinas de sacolas plásticas. A ação está sendo aplicada em uma parceria da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) e da Prolagos, concessionária de serviços públicos de água e esgoto.

O objetivo da ação é minimizar a quantidade do microlixo deixado pelos banhistas na areia das praias, e assim, orientar moradores e visitantes a manter as praias limpas, principalmente durante a temporada do verão.

A iniciativa busca incentivar a mudança de hábitos de moradores e turistas, em relação à limpeza das praias e à importância de conservar a natureza. A Secretaria de Meio Ambiente está, também, formando parcerias com donos de quiosques, que se responsabilizaram pelo cuidado com as placas implantadas.

As placas educativas com bobinas de sacolas plásticas já foram implantadas na Praia do Peró e na Ilha do Japonês. Durante esta semana, as praias do Forte e das Conchas também receberão a ação.

Texto: Marianne Rodrigues
Fotos: Divulgação SEMA


CABO FRIO EM 400 CORES" TRANSFORMA AS RUAS DE CABO FRIO

I Encontro Nacional de Graffiti reuniu 65 artistas, com 900 metros de muros pintados 

Neste final de semana, cerca de 900 metros de extensão dos muros do Complexo Esportivo Aracy Machado, foram transformados em uma galeria a céu aberto. O projeto “Cabo Frio em 400 Cores”, desenvolvido no I Encontro Nacional de Graffiti, reuniu 65 artistas e teve os bairros do Itajurú e Ville Blanche como espaço para a arte das ruas.

O evento foi realizado com o apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio do Programa de Editais de Fomento e Difusão Cultural (Proedi). O encontro teve como objetivo valorizar o grafite como manifestação artística, além de promover e fomentar a produção cultural na cidade.

No encontro, cada artista participante recebeu um kit de grafite composto por sprays de tinta, camiseta, boné e caneta posca. A programação teve ainda estandes das empresas parceiras, banheiro químico, sorteios de brindes e apresentações artísticas de MC, DJ e muito hip-hop. O evento contou com a presença de grafiteiros de Estados como Rio de Janeiro - interior e capital - Pará, Bahia, São Paulo, Distrito Federal e Minas Gerais.

Os trabalhos e cores vibrantes nos muros atraíram olhares de quem passou pelas ruas Samuel Agenor Angenitsky e José Gomes da Silva, nos arredores do Complexo Esportivo Aracy Machado.

Além das intervenções nos muros do ginásio, a programação do evento conta ainda com a exposição “Cabo Frio Em 400 Cores/Art Indoor", que estará aberta até o dia 29 de fevereiro no Centro de Artes Visuais (CAV), na Praia do Forte. O 

espaço está abrigando esculturas e telas de vários grafiteiros com o intuito de chamar a atenção para a arte de rua como objeto de decoração de interiores. O CAV funciona às quartas e quintas, das 16h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 17h às 22h.

Texto: da Redação
Fotos: Divulgação 
 

PREFEITURA PRORROGA PRAZO PARA PAGAMENTO DO IPTU EM COTA ÚNICA COM DESCONTO

Contribuintes terão até o dia 19 de fevereiro para pagar o IPTU integralmente com 10% de desconto


A Secretaria Municipal de Fazenda de Cabo Frio informa que o prazo para pagamento da cota única do IPTU 2016 com desconto de 10% foi prorrogado para o dia 19 de fevereiro de 2016.

Os contribuintes poderão realizar o pagamento em qualquer instituição bancária até a data de vencimento. No entanto, será necessária a emissão de um novo boleto para atualização das guias. 

Para emitir as novas guias acesse o link do IPTU Online (http://186.232.160.26:8885) ou compareça à Secretaria Municipal de Fazenda, localizada na Rua Major Belegard, 395, Centro, Cabo Frio. O atendimento presencial na sede da SECFAZ é feito de segunda à sexta, das 8h30 às 17h.

Texto: Anderson Lopes
Arte: Divulgação | Secretaria Municipal de Fazenda

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

CABOFRIENSE E AMERICA EMPATAM PELO ESTADUAL DA SÉRIE A

Em jogo com poucas emoções, Tricolor Praiano perde boas oportunidades no segundo tempo. Placar permaneceu inalterado na estreia das duas equipes na competição

Cabofriense e América ficaram no 0 a 0 na primeira partida de ambas as equipes no Campeonato Estadual de Futebol, em sua série A. A partida foi disputada na noite de sábado (30/1), no Estádio Municipal Correão. 

A partida foi disputada em um ritmo lento, com poucas chances de gol de parte a parte. Tomando mais a iniciativa por jogar em casa, a Cabofriense criou as melhores chances, principalmente no segundo tempo, quando o treinador Eduardo Húngaro promoveu mudanças na forma de jogar da equipe, desfazendo o esquema com três zagueiros e colocando mais um atacante. Apesar da mudança, o Tricolor Praiano não conseguiu traduzir a maior posse de bola em gols.

Ao final da partida, o técnico da Cabofriense fez sua análise sobre a atuação da equipe.

- Para mim, é mais importante a forma de jogar que o sistema. O sistema que colocamos em campo permitia a saída de sete jogadores para o campo do adversário. Nos treinos, ficou muito claro que a gente era mais ofensivo com três zagueiros do que com uma linha de quatro. O que aconteceu hoje é que a gente abriu mão de sair jogando no tiro de meta. Todas as vezes que nossa última linha procurou jogar, nosso meio de campo ficou mais móvel, com mais opção de passe. E, com isso, conseguimos construir jogadas um pouco mais à frente do campo. Quando você consegue subir terreno, entrar na intermediária do adversário, você está a um passo de começar a criar jogadas de gol. A diferença do primeiro para o segundo tempo foi a nossa saída de bola, seja por tiro de meta seja por jogo jogado - explicou Húngaro, em entrevista após o jogo.

A Cabofriense volta a jogar pelo Estadual nesta quarta-feira (3/2), quando enfrenta o Madureira, no estádio Aniceto Moscoso, no subúrbio carioca, às 17h.

Texto: Anderson Lopes
Fotos: Andreia Maciel | Assessoria de Imprensa da AD Cabofriense

DEFESA CIVIL DE CABO FRIO INTERDITA FÁBRICA DE GELO

Órgãos municipais vistoriam e fecham fábrica ao lado do Mercado de Peixe

Com inúmeras irregularidades constatadas por técnicos da Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) e Instituto Estadual do Ambiente (INEA), os agentes interditaram a Fábrica de Gelo, que funcionava ao lado do Mercado de Peixe em Cabo Frio.

A ação dos agentes, nesta segunda-feira (01/02), constatou o vazamento de gás de amônia, além da falta de sistema de prevenção a incêndio. A equipe também registrou o forte cheiro de amônia nas redondezas provocadas pelo vazamento.

Texto: Da Redação
Fotos: Divulgação SEMA

CABO FRIO SE PREPARA PARA RECEBER ÔNIBUS DE TURISMO DURANTE O CARNAVAL

A previsão da COSERP é de que 220 ônibus de turismo cheguem à cidade


Faltando apenas uma semana para Carnaval, a Prefeitura de Cabo Frio já preprara toda a logística para a chegada dos ônibus turísticos na cidade. A folia atrai milhares de pessoas, de várias partes do país, para o município.

O Terminal Municipal de Ônibus de Turismo, que fica na Estrada dos Passageiros, no Jacaré, acomoda até 130 ônibus. Em feriados como o Carnaval, quando o fluxo de turistas é maior que a média, é utilizado o estacionamento que fica na Praia do Siqueira, nas proximidades do supermecado Assaí, que comporta 260 de veículos. O terminal está disponível para o turista 24h por dia, todos os dias do ano.

De acordo com os dados da Coordenadoria Geral de Operação do Sistema de Estacionamento Rotativo Pago (COSERP), no período do Carnaval, são esperados cerca de 220 ônibus de turismo.

Em Cabo Frio, não é permitido o estacionamento de ônibus, micro-ônibus e similares fora do Terminal, já que estes veículos são proibidos de estacionar nas vias públicas. As condições para a chegada dos veículos de transportes à cidade foram definidas pelo Decreto 5.032, de 2013, que está disponível para consulta no portal da Prefeitura, no link http://www.cabofrio.rj.gov.br/turismo/recepcao-de-transportes.

A fiscalização realizada pela equipe da COSERP é feita por veículos e motos identificados com fiscais, das 7h as 22h, havendo plantões na madrugada em finais de semana e feriados prolongados.

Todos os pagamentos para a utilização do Terminal Municipal de Ônibus de Turismo são presenciais, sendo fornecido recibo próprio da Prefeitura, que é afixado no vidro da frente de todos os ônibus.

As tarifas cobradas no Terminal Municipal variam de acordo com o tipo de excursão. A excursão social – aquela que não possui reserva prévia de estadia – tem taxa de entrada de R$ 1 mil para ônibus e de R$ 600 para micro-ônibus, vans e similares. Há a cobrança também para excursões de ônibus, micro-ônibus, vans e similares com reservas em hotéis, pousadas ou casas de aluguel.

As excursões de ônibus com reservas em casas de aluguel pagam R$ 200 de taxa de entrada, mais diárias de R$ 50. Para micro-ônibus, vans e similares, a taxa de entrada é de R$ 100. A diferença é nos valores das diárias: R$ 10, para hospedagem em hotéis e pousadas com reserva; e R$ 20, para hospedagem em casas de aluguel.

Texto: Marianne Rodrigues
Foto: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...