sábado, 18 de março de 2017

ESPERA - POESIA DE REJANE JORGE

Nosso blog é aberto à participação dos amigos e seguidores, inclusive os poetas e poetisas.
Nesta noite de sábado, nada melhor que uma boa música e uma bela poesia. 
Ouçam a Lagos on line aqui no blog e, enquanto isso, curtam esta belíssima poesia da amiga Rejane Jorge:

ESPERA
Por: Rejane Jorge

Nunca te vi, sempre te amei.
Como explicar que me apaixonei.
Apenas senti, não questionei.
Meu coração ao seu adicionei.
Nunca te vi, sempre te busquei.
Na voz, afeto encontrei.
Sua foto na memória guardei.
Minha boca ao seu beijo te dei.
Nunca te vi, sempre te quis.
Um homem para me fazer feliz.
Intenção de ser matriz.
Torná-lo meu aprendiz.
Nunca te vi, sempre tua serei.
Jamais contigo estarei.
Guardo em mim a lembrança
Desse amor sem cobrança
De onde não brotou uma criança
Mas que guardo como herança.
Meu amor te anseia com esperança
Meu amor espera um dia
Tê-lo sem ousadia.
Espero declarar sem covardia
Em seu coração fazer moradia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...