segunda-feira, 19 de março de 2018

PRÓXIMOS EVENTOS DO "FLORES LITERÁRIAS"


Em comemoração ao mês da mulher, acontecerá no dia 23, às 19 h, na Casa Gourmet, um evento com diversas atrações como: aula de automaquiagem; exposição fotográfica; palestra sobre valorização da mulher; gastronomia; lançamento de livro e música ao vivo com Sarah Dhy e Júnior Carriço. Além disso, ocorrerá também um sarau do grupo "Flores Literárias" que homenageará a mulher com belíssimas composições literárias.
A Casa Gourmet fica na rua Ildebrando Assunção 11, São Bento, última rua à direita do Boulevard Canal - esquina com a escola Alex Novelino.
Participem!



O mês de março é mesmo o mês das comemorações!
Além do dia da mulher, comemoramos ainda o dia nacional da poesia, em 14/03. Temos também a "Semana Teixeira e Sousa" em homenagem a Teixeira e Sousa, cabo-friense, primeiro romancista brasileiro.
E é com muita alegria que comemoramos o aniversário do grupo Flores Literárias! São dois anos promovendo a cultura, especialmente a literatura, e incentivando novos artistas e escritores. Como forma de brindar esta data tão especial e de homenagear o ícone literário de nossa região, acontecerá o Sarau Especial de Aniversário, no dia 24/03, às 18 h, no Charitas, com participação especial de Keriun Hapuk, com sua maravilhosa performance poética e musical.
Venham florir, literar e cantar os parabéns com muita poesia, gente, afeto, música e harmonia!

Luciana G. Rugani

quinta-feira, 15 de março de 2018

SOBRE A VIOLÊNCIA E AS REAÇÕES GERADAS


FRASE DO DIA

por Luciana G. Rugani


 "A violência é algo negativo pra qualquer ser humano. Todos os dias morrem violentamente civis, policiais, esquerdistas, direitistas, e cada uma dessas mortes merece nosso repúdio, nossa solidariedade às vítimas e familiares, nossa indignação e clamor por justiça"


POSTAGEM DE EDUARDO AFFONSO, no facebook: 

Diante do assassinato de duas pessoas - uma vereadora e seu motorista - há quatro reações possíveis:

1. Ignorar, porque são só mais duas mortes entre tantas;

2. Comemorar, porque é uma política de esquerda a menos (o motorista não conta);

3. Comemorar, porque é uma mártir de esquerda a mais (o motorista não conta);.

4. Lamentar a perda de vidas, se solidarizar à dor das famílias e amigos, e revoltar-se contra a barbárie.

Se você não se encaixa neste último grupo, algo de racional em você se perdeu. Ou talvez nem tenha chegado a existir.

quarta-feira, 14 de março de 2018

2ª EDIÇÃO DA ANTOLOGIA POÉTICA FLORES LITERÁRIAS

por Luciana G. Rugani - Vem aí a 2ª edição da Antologia Poética Flores Literárias!!
Participei da primeira antologia lançada no ano passado. Foi muito gratificante, enorme alegria fazer parte deste belo jardim! Agora participarei novamente e convido a todos os amantes da poesia. Vale a pena participar!!


Inscrições abertas! 
2° edição da Antologia Poética Flores Literárias
As inscrições vão até o dia 31 de maio. 
Maiores informações:
floresliterariascabofrio@gmail.com
Mensagens in box ou pelos contatos:
Jaqueline Brum (22) 99916 6650 e Andréa Rezende (21) 971282725.
Aguardamos você para florir e literar com a sua escrita na nossa Antologia!🌻🌷

terça-feira, 13 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO DA 28ª SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

 28ª Semana Teixeira e Sousa ganha novas atrações
Programação terá exposições, gincanas, passeios, palestras e várias outras atividades

Neste mês de março Cabo Frio vai sediar a 28ª Semana Teixeira e Sousa. A Secretaria de Cultura já definiu a programação do evento que é tradicional na cidade. Para isso, alguns ajustes foram realizados na última semana. As atividades serão realizadas em diferentes pontos culturais da cidade como Charitas, Solar dos Massa, subsede da Biblioteca Professor Walter Nogueira (São Cristóvão), Teatro Municipal e Fazenda Campos Novos.

A Semana Teixeira e Sousa foi criada por meio da Lei Municipal nº 1106/1991 passando a fazer parte do calendário oficial do município de Cabo Frio, e em 06 de julho de 2012 passou a constar também do calendário oficial de eventos do Estado do Rio de Janeiro através da Lei Estadual nº 6290/2012. A Semana foi criada para homenagear o escritor cabo-friense Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa (1812-1861), considerado o primeiro romancista brasileiro, autor do livro O Filho do Pescador, de 1843.

Confira a programação completa:

03/03 a 08/04 – Praça Porto Rocha das 8h às 22h - Praça de Leitura e Artes – 5 tendas com livros para venda

16/03 – Charitas, 19h - Exposição “Mitologia Africana Conhecendo Orixás”, do artista plástico Marcelo Moraes

21/03 – Praça Porto Rocha, 10h – Reinstalação do busto de Antonio Gonçalves Teixeira e Sousa, Apresentação musical do Cras, grupo Amadeus

21/03 – Praça Porto Rocha, 10h – Gincana de Artes Plásticas (exposição das obras no Solar dos Massa)

21/03 – Solar dos Massa, 15h – Tarde Literária (encontro com os escritores Roberto Amorim, Meri Damasceno e Lindberg Brito)

21/03 – Charitas, 18h – Intervenções, expressões artísticas e culturais afro-brasileira (grupo Africanize – Afrodance e Arthur Guimarães - grafite)

21/03 – Charitas, 19h – Ato Comemorativo do Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial (entidades do movimento negro de Cabo Frio)

21/03 – Charitas, 19h30 – Palestra “Respeito dá o tom”, com o diretor do Programa de Igualdade Racial da Prolagos Josélio Raymundo

21/03 – Charitas, 20h – Show musical com Karen Oliveira

22/03 – Praça Porto Rocha, 10h30 – Varal de Poesias com a participação de estudantes da Rede Pública de Ensino

22/03 – Solar dos Massa, 15h – Tarde Literária (encontro com os escritores Luciana Branco e Paulo Orlando)

22/03 – Charitas, 19h – Noite de autógrafos e lançamento dos livros “Fiel” e “Efetivo Variável”, do escritor Jessé Andarilho, e mesa redonda com o tema “Juventude negra e o novo recado da literatura brasileira”, com a participação da também escritora Ana Lisboa

22/03 – Praça Porto Rocha, 19h – 2ª edição do projeto Notáveis na Música, com a participação dos artistas Jorge Villas, Vinicius Santa Rosa, Juliana Feliciano, Osvaldo Guimarães, Rafael Sena, Zarinho Mureb, Rodrigo Félix, Tadeu Uchoa, André Guimarães

22/03 – Praça Porto Rocha, 20h – Chegada do Pedal Cultural Cabo Frio (Bike Night, com saída da Expedicionário da Pátria, em São Cristóvão) e performance de Teixeira e Sousa com o artista Carlos Antônio de Oliveira

23/03 – Solar dos Massa, 15h – Tarde Literária (encontro com os escritores Jaqueline Brum, Andrea Rezende e Paulo Cotias)

23/03 – Charitas, 19h – Lançamento do livro “Gomeia, a arte de tecer o invisível”, do escritor e jornalista Carlos Nobre, além de mesa redonda com debate sobre a trajetória histórica do babalorixá Joãozinho da Gomeia

24/03 – Charitas, 18h – Sarau Flores Literárias – Apresentação da Academia de Letras e Artes de Cabo Frio (ALACAF)

24/03 – Charitas, 20h – Show musical com Keriun Hapuk

25/03 – Fazenda Campos Novos, 9h – Ações afirmativas para criação do Centro de Referência da Cultura Afro-Brasileira (entidades do Movimento Negro, quilombolas, Prolagos, Grupo Quilombo, Suppir, Fundação Palmares, OAB, IPHAN)

25/03 – Charitas, 19h – Série Jovens Pianistas com Raisa Richter (piano) e Bezaleel Ferreira (clarinete)

26/03 – Praça Porto Rocha, 10h - Projeto Caminhos da História especial Teixeira e Sousa, saída do busto na Praça

26/03 – Subsede da Biblioteca Walter Nogueira (São Cristóvão), 9h – Apresentação da Esquete Teixeira e Sousa

26/03 – Subsede da Biblioteca Walter Nogueira (São Cristóvão), 15h – Oficina de Redação com alunos do curso de teatro da biblioteca

26/03 – Solar dos Massa, 15h – Tarde Literária (encontro com escritores Luis Carlos Cunha, Mônica Cabral, Mauricio Cardoso e José Correia)

27/03 – Solar dos Massa, 15h – Tarde Literária (encontro com os escritores Vinicius Santa Rosa, Rosana Andreia e Lorena Brites)

27/03 – Charitas, 19h – Mesa Redonda com o tema “A Providência” – Nossa identidade e outros olhares a Teixeira e Sousa” (mediadores: Paulo Cotias, Manoel Justino e José Correia)

27/03 – Charitas, 20h – Show musical com a cantora Sarah Dhy

28/03 – Solar dos Massa, 15h – Conversando sobre a história de Cabo Frio especial “Cabo Frio na obra de Teixeira e Sousa”

28/03 – Teatro Municipal Inah Mureb, 18h – Reabertura do Teatro Municipal; Exposição coletiva no foyer: “Descrevendo em arte paisagens ao romancista”

28/03 – Teatro Municipal Inah Mureb, 18h30 - Entrega das Comendas Teixeira e Sousa

28/03 – Teatro Municipal Inah Mureb, 19h - Mesa Redonda com o tema “Cabo Frio na literatura do escritor José Lins do Rêgo” (mediador: José Correia)

28/03 – Teatro Municipal Inah Mureb, 20h – Apresentações teatrais do grupo Oficena: “Tribobo City” e “Médico à força”

Att.
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Fri

sábado, 10 de março de 2018

APRESENTAÇÃO DA ALACAF - ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE CABO FRIO NA SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

Academia de Letras e Artes de Cabo Frio será inaugurada na Semana Teixeira e Sousa
Instituição fará um resgate da história e da cultura cabo-frienses

A 28º Semana Teixeira e Sousa já tem data: será realizada entre os dias 21 e 28 de março. E essa edição promete ser especial pois vai contar com inauguração da Academia de Letras e Artes de Cabo Frio (Alacaf), que teve seu nome remodelado visando uma reestruturação.

A decisão de criar a entidade foi tomada com o intuito de resgatar a história e aumentar a representatividade da literatura e das artes em geral em Cabo Frio, que é uma cidade histórica, celeiro de poetas e artistas como Teixeira e Sousa, o primeiro romancista brasileiro. E nada melhor do que aproveitar a semana de homenagem ao poeta para inaugurar uma academia de letras.

E esse resgate da história vem acompanhado de uma remodelagem da Academia, que aconteceu com a ciência e aprovação de alguns membros da Academia de Letras original. Mas o processo de “atualização” não se esqueceu das raízes: o presidente de honra da Alacaf é Célio Mendes Guimarães, membro fundador da antiga Academia.

Essa nova fase da Academia é uma iniciativa das professoras e escritoras Jaqueline Brum e Andréa Rezende. Elas são fundadoras do grupo Flores Literárias, de difusão cultural com ênfase na literatura. Por contas das movimentações culturais promovidas pelo grupo, como a realização de saraus mensais e dois festivais de inverno literários, surgiu o convite da Literarte (Associação Internacional de Escritores e Artistas) com a proposta de fundação de uma nova academia.

Para Jaqueline, esse é um momento de grande importância para a cultura cabo-friense: “É um momento de destaque principalmente para a literatura, esta arte tão importante que registra e guarda a memória da cidade, de todo um povo. É também um grande desafio, mas que por amor à cultura estamos enfrentando com o apoio e incentivo de muita gente talentosa. Vamos plantar essa semente que promete gerar muitos frutos para as futuras gerações, deixando um legado aos cabo-frienses”, conta ela.

A nova Academia vai seguir todos os requisitos básicos com os procedimentos normais de gestão, como estatuto e eleição de 4 em 4 anos. O objetivo é que seja uma instituição da cidade, da sociedade, e não de um grupo de pessoas, e também para que a Alacaf seja duradoura, com legado de união de artistas e escritores com o propósito de promoção da arte e da cultura locais.

Para o secretário de Cultura de Cabo Frio, Ricardo Machado, a inauguração da nova Academia é de suma importância para disseminar a literatura na cidade: “Essa é uma iniciativa civil mas que conta com o apoio da Secretaria porque é uma ação cultural que visa expandir a literatura. Qualquer atividade desse tipo terá nosso apoio. E a realização do evento dentro da Semana Teixeira e Sousa só reforça esse sentimento”, conta o secretário.

A posse oficial da Alacaf será no dia 6 de abril, no castelo de Itaipava, em Petrópolis, em um evento da Literarte, que receberá o núcleo literário de Buenos Aires pela primeira vez no Brasil. A diretoria da nova Academia foi convidada, junto a outras ilustres academias, para que fosse feita a posse aos membros fundadores.

Na Semana Teixeira e Sousa, a Academia também será apresentada à sociedade cabo-friense, e em novembro, junto ao aniversário da cidade, será realizado um evento oficial de posse e recepção de novos membros.

Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Frio

sexta-feira, 9 de março de 2018

#CABOFRIO - UTILIDADE PÚBLICA: ATENDIMENTO PSICOLÓGICO GRATUITO

DIVULGAÇÃO - UTILIDADE PÚBLICA


A partir desta segunda-feira, dia 12/03, a Associação de Moradores e Amigos do Jardim Esperança oferecerá atendimento psicológico totalmente gratuito!
Serão atendidas 03 pessoas por dia (somente às segundas-feiras).
Interessados devem comparecer à associação para agendar o atendimento e serem encaminhados ao consultório. 
Horário de atendimento: de 09:00 h às 12:00 h

Informações: Associação de Moradores e Amigos do Jardim Esperança - localizada na praça do bairro, ao lado do Hospital

quinta-feira, 8 de março de 2018

ESCRITORA ANDRÉA REZENDE HOMENAGEIA AS MULHERES

por Luciana G. Rugani

Feliz Dia Internacional das Mulheres para todas as mulheres:
que sabem perceber aquele "algo mais" da vida, além do visível aos nossos olhos;
que conhecem as lutas, não desistem, mas conhecem também o amor, as virtudes que fazem qualquer ser humano brilhar mais próximo de seu Criador;
às mulheres conscientes de que seu real valor e os dons que lhe permitirão conquistar seus sonhos encontram-se em sua alma, em seu caráter, na inteligência, no sentimento, na determinação em lutar por uma boa causa, na solidariedade, na amizade e nos ideais sinceros.

E, em comemoração a este dia, compartilho com vocês essa belíssima poesia da amiga escritora Andréa Rezende:


Porque esse dia merece um poema
Porque nós, mulheres, merecemos amar sem que o nosso amor seja objeto de opressão, misoginia, violência
E porque essa é só uma vertente da luta!

Sujeito mulher 

Qual será o tempo de amar de uma mulher?
Poderá  amar como escolher?
Ou terá que amar comportado?
                                  ajeitado ?
                                  condicionado?
                                  esperado?

Poderá amar e agradar?
Poderá amar sem parir?
Poderá amar sem desconfiar?
Poderá amar e partir?
Poderá amar sem apanhar?
Poderá amar e pedir?
Poderá amar sem dar?
Ou dar quando lhe convir?

Pode uma mulher de fato amar
E escolher sua medida?
Pode amar com liberdade
E de amor não estar  perdida?

Amor, esse substantivo masculino
Assim tão macho e primitivo
Poderá ser íntimo, meu e feminino?

Profiro o nome amor
E de sentidos fico à espera
Vario, busco e concluo
Sou amora

Vou amorar em vez de amar
E conjugar o verbo como eu quiser...

O sujeito sou eu...mulher!

Andréa Rezende
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...