sábado, 8 de outubro de 2011

O ÚLTIMO ENCONTRO



Sei
Que todo caminho tem volta,
Todo começo tem fim,
Que tudo que chega um dia se vai...
Sei
Que um instante pode ser uma vida,
Que um olhar pode se eternizar
Que uma lembrança pode virar uma dor..
Mas, vim aqui pra dizer,
Que mesmo assim vou te amar..
Ainda que seja a última vez que miro teus olhos
Quero olhá-los com amor...
E com amor quero beijar-te.
E que nesse instante
Desabroche a flor mais bela,
Sopre o vento mais puro,
Brilhe o sol mais claro...
Porque esse instante será minha vida,
Preencherá os dias de vazio,
Clareará a escuridão de minh’alma,
E será meu forte protetor
Contra as investidas da solidão.
Esse instante levarei comigo,
E, podes aquietar-te,
Pois não mais te incomodarei.
Irei com a lembrança deste instante,
De encontro às águas do mar
Como que levando precioso tesouro.
E, mergulhando em suas águas,
Que eternizam mistérios,
Protegerei meu tesouro,
Lá guardarei minha lembrança
Para que, sempre que olhares estas águas,
Possas, enfim, meu amor,sentir-me ao teu lado,
Eternamente aliada.

Luciana G. Rugani

2 comentários:

  1. Mais uma vez adorei o poema que demonstra a profundidade de um ser que procura o verdadeiro amor.

    ResponderExcluir
  2. Algo de especial brilha e vibra no ar.
    Valeu.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...