terça-feira, 15 de novembro de 2011

MARCHA CONTRA A CORRUPÇÃO EM ARRAIAL DO CABO

Muito bom ver que a cada dia surgem novos movimentos apartidários de protesto contra a corrupção. É muito importante que haja manifestação popular, importante soltar a voz em prol da lisura na administração pública e em busca de ressuscitar os valores originais do verdadeiro significado de política.


Hoje, em todo o país, foram realizados vários movimentos. Abaixo segue o vídeo da manifestação contra a corrupção feita na cidade de Arraial do Cabo, RJ. 

Vale ressaltar as palavras do turista estrangeiro entrevistado: "a população é quem paga a corrupção. E, corrupção mata". 

Aproveito para juntar, nesta pequena matéria, alguns dizeres muito esclarecedores do DD. promotor e membro do CNJ, prof. Wellington Saraiva, no twitter, para nossa reflexão: "Réus com poder político ou econômico contam com a benevolência da lei e da jurisprudência para se manter praticamente impunes. Sensação de impunidade e ineficácia generalizada do sistema criminal são péssimas para a formação dos jovens e para a cultura do respeito à lei. Nas amplas brechas do sistema criminal, corruptos e corruptores seguem tranquilos, desviando dinheiro e matando muitos brasileiros. Gestores corruptos matam milhares de brasileiros, ao desviar verbas da saúde, e condenam crianças à subcidadania, ao desviar as da educação".

Luciana G. Rugani


PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA



Valores republicanos: 
  a) o respeito às leis, acima da vontade dos homens,
 b) o respeito ao bem público, acima do interesse privado,
 c) o sentido de responsabilidade no exercício do poder.

Vejamos o que diz nossa Carta Magna em relação aos objetivos da república brasileira:

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
 III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. 

Portanto,hoje, feriado comemorativo da Proclamação da República em nosso país, vale uma reflexão:
Segundo os valores e objetivos referidos acima, vivemos uma cultura verdadeiramente republicana? Aplicamos os valores republicanos em nossas ações cotidianas, tanto nós, enquanto cidadãos, como os nossos dirigentes, enquanto homens públicos? Enquanto cidadãos, valorizamos mais o respeito às leis ou o famoso "jeitinho brasileiro"? Quando queremos mudanças, buscamos estudo aprofundado e discussão ampla ou simplesmente recorremos à famosa indústria do "lobby"? E nossos dirigentes? Ao dirigirem nosso país, estado ou município, buscam realizar os objetivos republicanos com responsabilidade no exercício do poder? Colocam o interesse público acima de seus interesses privados e pessoais, utilizando seus mandatos por inteiro em benefício da população ou os utilizam apenas como trampolim para suas realizações pessoais?
Que estejamos abertos a uma análise franca destas questões e que nossas conclusões sejam propulsoras de novas atitudes e posturas, sejam a alavanca que impulsionará a reconstrução de valores perdidos.

Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...