Pular para o conteúdo principal

LIVRO "BRASIL DAS ÁGUAS"

Hoje cedo fiquei feliz, pois recebi pelo correio o livro "BRASIL DAS ÁGUAS", que ganhei através de um concurso cultural promovido pela PETROBRÁS. Os autores das cinco melhores frases que respondessem à pergunta "O que pode ser feito para preservação dos recursos hídricos do Brasil?" seriam contemplados com um exemplar do livro.
Minha frase foi:  Tudo se resume em: respeitar as condições de realização dos ciclos da natureza, o que significa educação e conscientização em todas as ações que interfiram no meio ambiente.
O livro, prefaciado por Marina Silva, é lindo, acabamento excelente e fotos maravilhosas. Agora só falta ler!! Agradeço à amiga Eloisa Feijó, do Rio de Janeiro, que me deu a dica do concurso.
Abaixo segue matéria sobre o projeto que deu origem ao livro:

Luciana G. Rugani

O Projeto Brasil das Águas

O Brasil representa a maior reserva de água doce da Terra, em torno de 12% do total mundial. Entre outubro de 2003 e dezembro de 2004, o aviador Gérard Moss, junto com a esposa Margi, coletaram 1.160 amostras de água doce de rios e lagos espalhados pelo vasto território brasileiro, utilizando um método inédito: um avião anfíbio.
Em 2004, o projeto ganhou o Prêmio Ambiental Von Martius, na categoria Natureza, um belo reconhecimento da abrangência do empreendimento e o desafio de realizar tantos voos ousados. Os resultadosdas análises das amostras coletadas com tanta dexteridade ajudaram a desenhar um abrangente panorama da qualidade das águas do país para fins de alerta e conscientização.
Em 2001, Gérard havia realizado outro desafio aeronáutico - a primeira volta ao mundo de motoplanador (Projeto Asas do Vento). No Brasil das Águas, aproveitou novamente das asas para concluir outro projeto inovador. Preocupado com a degradação dos rios vistos de cima, não só no Brasil, mas no mundo inteiro, ele idealizou uma forma de coletar amostras de água em voo rasante a bordo de um avião anfíbio. Após meses de consultas com cientistas e especialistas (vejaPesquisadores), e testes do aparelho, foram acertadas as pesquisas que determinariam a qualidade da água coletada.
Pesquisa e cidadania formam a base do projeto. Apoiado por instituições de ensino, pesquisa e empresas comprometidas com as questões ambientais brasileiras (veja Nossos Parceiros), Gérard e Margi Moss voaram 120.000 km – o equivalente a mais de duas voltas em torno da Terra – no avião anfíbio Talha-mar, transformado em laboratório aéreo, para coletar amostras em todas as regiões hidrográficas do país. As 1.160 amostras foram coletadas de 524 rios, lagos e reservatórios diferentes, sendo que mais do que uma amostra foi coletada de um número significante dos rios, devido à sua grande extensão (Amazonas, Paraná, Grande, Tocantins, Araguaia e São Francisco, por exemplo). O laboratório interno foi totalmente desenhado e montado pela própria equipe Brasil das Águas, com tecnologia 100% brasileira.
Baseado nos resultados obtidos pelas análises realizados por pesquisadores em várias instituições em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerias (veja Pesquisas), foi possível desenhar um mapa mostrando a saúde das águas doces no momento da coleta e identificar ambientes não contaminados para que possam ser conservados. Utilizando a mesma metodologia em todo o país, a comparação dos resultados ajuda a entender a situação atual dos recursos hídricos e contribuir para um extenso banco de dados sobre um dos maiores bens do nosso povo: a água.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019