sábado, 30 de junho de 2012

ALAIR CORRÊA - GRANDE POLÍTICO E ESTADISTA

Um grande político e estadista naturalmente une, agrega forças; um grande político tem firmeza de vontade e sabedoria suficiente para conciliar conflitos sem abrir mão de seus próprios valores e propostas; um grande político sabe agregar com ética.

Assim é o perfil político de Alair Corrêa, e ontem foi uma grande noite quando, mais uma vez, ficaram claras e manifestas estas características de Alair. Aconteceu no Tamoyo Esporte Clube a convenção do PR - Partido da República, mais um partido que se une a Alair na caminhada rumo à prefeitura de Cabo Frio. 

E hoje cedo, mais um pré-candidato percebeu que é hora de unir forças pela recuperação da cidade e pela volta da dignidade na sua administração, e que para isso a única proposta realmente eficaz é a proposta de Alair Corrêa . Dr. Paulo César - do PSD - desistiu de sua candidatura e se aliou a Alair, totalizando assim 13 (treze) partidos ao seu lado.

Já conhecemos, pela administração anterior de Alair, seu perfil de excelente administrador, e, agora, no período pré-eleitoral, estamos tendo mostra de seu lado como grande estadista."O verdadeiro estadista exerce liderança política com sabedoria e sem limitações partidárias". Parabéns, Alair! Só com união de forças e boas propostas é que Cabo Frio tem a chance de sair do atoleiro em que caiu e finalmente voltar a ser a cidade de nossos sonhos!

Luciana G. Rugani

sexta-feira, 29 de junho de 2012

HUMILHANDO O ELEITOR E O CIDADÃO

Hoje recebi por e-mail o texto abaixo, e gostei muito, pois ele trata de forma clara, direta e objetiva de uma verdade que se aplica em todo o Brasil: obras, benefícios, ajudas..tudo vem no ano eleitoral. Passam anos sem fazer nada e no último ano vêm atender às solicitações. Total falta de respeito com o eleitorado. Agora, combatemos tanto essa postura dos políticos, mas cabe também ao eleitor se dar ao respeito e não aceitar esse jogo. É hora de acordar, enxergar a realidade de que benefícios temporários não podem comprar sua dignidade nem calar sua voz. Vale aqui o ensinamento: QUEM NÃO SE DÁ AO RESPEITO NÃO É RESPEITADO. 


Esta foto mostra um exemplo de atitude digna de uma população que não se calou, não silenciou sua voz, não se deixou ser colocada nas mãos dos manipuladores inescrupulosos. Observem a faixa que colocaram logo abaixo da que foi colocada pelo político:



Luciana G. Rugani


HUMILHANDO O ELEITOR E O CIDADÃO

Chegou o ano de eleição, as obras finalmente vão ser entregues ao povo. Muitas comunidades ruas e bairros da cidade passaram três anos a pão e água. Agora chegou o momento de entregar alguma benfeitoria.

Os governantes precisam aprender a ter respeito pelo povo. Será que o cidadão precisa passar por tanta humilhação? Os donos do poder alegam que o povo tem memória curta. Que forma desprezível de governar, de tratar o cidadão (a).

O maior problema é que o próprio eleitor não se dá o respeito. Passa três anos espraguejando uma administração e nos oito meses que antecedem a eleição, quando alguma coisa começa a ser entregue para o povo, tudo cai no esquecimento.

Eleitor (a), você é importante e não merece esse tratamento. Se dê o respeito, você merece. Governo é os quatro anos e não apenas um. Que tal buscarmos escolher um jeito diferente de governo?

fonte: blog do Toinho

http://taboleirograndenews.blogspot.com.br/2012/04/humilhando-o-eleitor-e-o-cidadao.html

segunda-feira, 25 de junho de 2012

PERFIL DE UM BOM PREFEITO


Por Rui Rossetim, com base em debate proposto pelo Le Monde Diplomatique Brasil

O Brasil vive a fase democrática dos direitos afirmados na Constituição de 1988. A combinação da ação dos movimentos sociais com a eleição de lideranças populares para cargos de prefeitos e vereadores tem permitido, em alguns municípios, a formulação de políticas e formas de gestão pública orientadas para a redução das desigualdades sociais, o combate à pobreza e a inclusão de setores sociais marginalizados. É a chamada “política de inversão de prioridades”. 

Para a imensa maioria dos prefeitos, este é um mundo desconhecido. E os poucos que conhecem tais avanços nas políticas públicas sabem como implementar estas iniciativas.
Assim, um Prefeito será reconhecido como Bom Prefeito quando demonstrar:
1) Fidelidade ao Povo, expressa pelo cumprimento do Programa de Governo, obras e ações que prometeu durante a campanha.  O processo eleitoral deve explicitar o Programa de Governo (que deve existir) e não ser fundamentado em recompensas individuais e cabresteamento de votos;
2) Experiência Administrativa, traduzida por conhecimento dos assuntos contemporâneos da cidade, equilíbrio no enfrentamento de conflitos e crises, postura de diálogo aliada à capacidade de decisão no tempo oportuno, paciência e disponibilidade para ouvir a população e os vereadores, tolerância quanto à diversidade de estilo das pessoas com quem trabalha e costume de trabalhar com planejamento e em equipe;
3) Liderança Política, através do entendimento com as organizações comunitárias, buscando seu apoio, consultando-os e ouvindo-os para conhecer suas aspirações e suas necessidades e integrá-los no processo decisório municipal. Abdicar da prática de nomear apaniguados para comporem os Conselhos Municipais;
4) Austeridade Político-Administrativanão refutando as críticas, aceitando-as como saudáveis à Democracia, inclusive solicitando auditoria em todos os atos da Administração. Não realizar Concurso Público com “cartas marcadas”, reduzir os cargos comissionados, não ceder a cabos eleitorais mal preparados dando emprego para cupinchas, desrespeitando o Funcionalismo Municipal. Governar é, sobretudo, dizer não para quem pede dentadura, para quem pede saco de cimento, tijolo, dizer não, enfim, para a demagogia. Excluir o nepotismo que vem a ser o favoritismo ou proteção a parentes ou amigos próximos, o tal do compadrio, o afilhadismo;
5) Preocupação com o Social, constituindo uma excelente Secretaria de Ação Social, sempre atenta as reais necessidades de quem dela precisa, com pessoal concursado, treinado e respeitado. Afinal, um governo deve ser do povo para povo, especialmente para quem tem o desespero como último refúgio;
6) Competência na arrecadação e uso de recursos – Prestação de contasA prestação de contas da Administração é princípio constitucional (art. 31, §§1o, 2o e 3o da Constituição), cuja violação pode acarretar a intervenção estadual no Município (art. 35, II). Prestar contas na forma estabelecida na Lei Orgânica do Município, na Constituição e na legislação específica em cumprimento dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência no art. 37 e 165 da Constituição Federal. Realizar licitações sadias, não ser desonesto e achar que ninguém vai ficar sabendo dos trambiques, não fazer acertos em detrimento do Município. Não realizar ou dar sequência a contratos milionários que são contestados judicialmente, pelo Tribunal de Contas, ou pela população quando esclarecida, a fim de poupar que o patrimônio do Município transferido para particulares. Separação completa entre os recursos públicos e os interesses da família, dos amigos, de empresas e do partido a que pertence. Cumprir e fazer cumprir Leis é dever fundamental de um Prefeito. Ao mesmo tempo deve estar à altura dos novos desafios criados com um ritmo de crescimento prolongado, de geração de empregos, de explosão do consumo com redução da pobreza, adotando, se necessário, políticas emergenciais, mas dando preferência sempre para os Programas de Governo Estruturantes. Na geração de recursos, é de fundamental importância que se elabore um bom Orçamento Municipal, vinculado ao Orçamento Estadual e Federal, buscando-se inclusive o desenvolvimento a nível Regional e livrando-se das emendas parlamentares, que mais prendem do que libertam, pois muitas vezes atrelam a políticos inescrupulosos e simplesmente eleitoreiros.
7) No trato com adversários Políticos, excluir qualquer ato ou atitude que lembre alguma coisa como vingança ou perseguição política. O prefeito que persegue, maltrata, promove patrulhamento político-ideologico àqueles que têm pensamentos divergentes dos seus, não pode ser considerado BOM, muito menos PREFEITO. A liberdade de expressão há de ser respeitada, até por uma questão de educação (conhecimento utilizado com sabedoria). Esconder os bons Programas de Governos e suas obras, ou mesmo rejeitá-las, apenas por desavença política (certamente infundada), é atitude mesquinha, que não mais cabe no cenário democrático e cidadão em que estão aprendendo a viver os brasileiros. Adversário não é inimigo e o confronte de idéias aliado ao debate sobre as divergências é Principio Básico da Democracia. O Prefeito que tiver sua capacidade de articulação política reconhecida, em especial com aqueles que não comungam dos mesmos princípios ideológicos, merecerá, aí sim, ser considerado um BOM PREFEITO.

domingo, 24 de junho de 2012

FIM DE SEMANA POÉTICO II


por Hairon Herbert de Freitas

Você é um ser iluminado,
Você consegue melhorar a cada dia, moralmente, espiritualmente e materialmente, 
Seja sempre feliz, 
Ame a humanidade incluindo os animais e vegetais, 
Continue trabalhando e amando, 
Não complique e sim descomplique, 
Permita que o banco do universo lhe apoie materialmente a cada caminhada.
Te amo.
Do rido.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

PLANO DIRETOR

O texto abaixo é mais um já publicado mas que ainda não estava neste blog. Como eu disse no post anterior, neste ano eleitoral, vale a pena ler, além dos assuntos de alianças e acordos políticos, também textos que nos levem a refletir sobre questões da administração de uma cidade para, assim, buscarmos junto aos candidatos discussão e debates em cima de propostas concretas.

PLANO DIRETOR

Tudo que vai crescendo em complexidade, exige maior planejamento. Temos, por exemplo, um pequeno comércio. A partir do momento que este comércio começa a atrair mais fregueses e a vender mais, surge a necessidade de planejar reposição mais freqüente de estoque, contratar mais vendedores, ampliação do negócio. E para isso, será preciso fazer um estudo da situação atual e do ritmo do negócio para que seja possível definir as prioridades e planejar as medidas a serem tomadas.

O mesmo ocorre com as cidades. Nascem, vão crescendo, atraindo indústrias e novos moradores. O espaço urbano, o território da cidade, vai sendo ocupado por casas, prédios, comércios, indústrias…é preciso organizar a questão do saneamento básico (água e esgoto), a questão do acesso e movimentação dentro da cidade com as ruas e avenidas (sistema viário) e ainda garantir a preservação dos recursos naturais (rios, lagos, lagoas, praias, etc.) e áreas verdes suficientes para evitar o problema da impermeabilização (quando a água das chuvas não tem como penetrar novamente na terra, devido ao excesso de construções, segue pelas ruas em grande quantidade formando as enchentes).

São, portanto, em linhas gerais, muitos os problemas gerados pela ocupação do mesmo espaço por grande número de pessoas. Daí surgiu a necessidade de organizar o espaço urbano, disciplinar sua ocupação para que a cidade possa oferecer moradias dignas, saneamento, áreas de movimentação e acesso adequadas, praças e áreas para lazer e preservação do meio ambiente. Este é o grande e permanente desafio do planejamento urbano nas cidades.

Surge então a necessidade de um planejamento maior para a cidade, e o Plano Diretor é o instrumento que vai definir as diretrizes e prioridades de ação para um melhor desenvolvimento da cidade. Ele é um “conjunto de princípios e regras orientadoras da ação dos agentes que constroem e utilizam o espaço urbano” (BRASIL, 2002, p. 40).

Estes princípios e regras impõem-se a todos que intervirem na ocupação do território, sejam pessoas físicas, empresas particulares, públicas ou qualquer outro tipo de agente e para que possa ser assim, não basta a existência do plano. É preciso que ele seja formalizado por lei aprovada pelo Poder Legislativo através de procedimentos legais previstos no Regimento Interno da Câmara, ou seja, é preciso obedecer aos critérios de votação e prazos prescritos no regimento.

O plano deve conter todos os objetivos para o desenvolvimento urbano. Para isso, antes de fazer um plano diretor, é preciso saber claramente o que a população deseja. Os interesses são muitos e diversos, por isso com certeza haverá conflitos de interesses. Daí a importância de realização de audiências públicas com a população para que sejam discutidos democraticamente os objetivos e sejam minimizados os conflitos. Importante ressaltar, que, depois de aprovado e tornado lei, todas as alterações futuras também deverão ser bem discutidas com a população e seguir os mesmos procedimentos legais para serem aprovadas.

O Plano Diretor deve orientar sobre todas as ações que influenciem no espaço urbano, seja construção de nova residência, estabelecimento de prestação de serviços e comércio, abertura de ruas, implantação de estação de tratamento de esgoto, etc.

Por fim, em resumo, citarei alguns pontos importantes a serem observados pela população para garantir um Plano Diretor realmente eficaz:

1º) considerando que é um instrumento de conciliação de interesses dos mais diversos, qualquer proposta de Plano Diretor, ou qualquer proposta de alteração de Plano Diretor já existente, deve antes ser bem discutida, de forma democrática, com os vários segmentos da população através de audiências públicas;

2º) importante atentar também para o cumprimento de quoruns e prazos durante o processo de criação de qualquer lei, incluindo o Plano Diretor. Aliás, para a aprovação de uma lei devem ser observados os procedimentos previstos no Regimento Interno da Câmara Municipal, então, é importante que a população acompanhe as pautas de votação da Câmara e fiscalize a tramitação dos projetos de lei (prazos, publicações, quoruns nas comissões e no plenário, etc..), para não correr o risco de se produzir uma lei de validade questionável;

3º) fiscalizar constantemente a sua aplicação pelo Poder Público.

LEI COMPLEMENTAR Nº  4, DE  7  DE DEZEMBRO DE 2006 - PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE CABO FRIO


Luciana G. Rugani

texto publicado no site www.portaltamoios.com.br em setembro/2011

RISCO DE FAVELIZAÇÃO

Hoje estou adicionando neste blog dois textos já publicados em outro site, no ano passado, mas que ainda não estavam arquivados aqui. Trata-se do texto abaixo e do outro intitulado "Plano Diretor", publicado a seguir. 

Ainda que o que esteja dando ibope agora, ano eleitoral, sejam os acordos e as alianças, além dos boatos e ofensas lançados por parte daqueles que estão no poder há anos sem nada realizar, ainda assim é importante que a população mude um pouco o foco e busque se conscientizar sobre diversos assuntos envolvidos na administração da cidade, para que possa buscar, junto aos candidatos, o debate e discussões de propostas concretas. Por isso resolvi adicionar estes dois textos que, apesar de antigos (foram escritos em setembro do ano passado), continuam bem atuais.

RISCO DE FAVELIZAÇÃO

As cidades existem desde o início dos tempos. Formaram-se através das conquistas territoriais, do surgimento das trocas comerciais, de novos mercados e da industrialização.

A industrialização acelerou o crescimento demográfico. Surgiu, então, a necessidade de instrumentos de planejamento urbano para organizar a ocupação territorial e possibilitar uma cidade com moradias dignas, áreas de lazer, parques, saneamento e meio ambiente preservado. Este é o grande desafio atual das cidades em termos de planejamento urbano.

Especificamente em relação a Tamoios, temos hoje um risco potencial de favelização e falta de ordenamento urbano, campo farto para diversos outros problemas sociais como violência, degradação ambiental, infraestrutura básica insuficiente, habitações precárias, dificuldade de acesso à propriedade e falta de atendimento adequado à saúde.

É a terrível luta pela sobrevivência! A partir do momento em que a população não consegue ter acesso a condições básicas de vida, quais sejam: moradia, água, esgoto, luz, etc. passam a improvisar essas condições através de construções de baixo nível, “gatos” na rede elétrica, uso indiscriminado das águas de rios trazendo poluição e esgoto a céu aberto.

Entre as possíveis causas da favelização crescente em Tamoios, temos:

- o fato de ser uma região periférica, com terrenos mais afastados e de baixo preço, portanto mais propícia à ocupação por construções irregulares e invasões;
- o acelerado crescimento populacional causado, entre outros motivos, pelo êxodo de moradores com poucos recursos financeiros de regiões que se desenvolveram e se valorizaram e com isso passaram a ter um custo de moradia mais alto (ex. Rio das Ostras e Macaé);
- o baixo nível educacional dos moradores da região, o que leva a pouca conscientização para cobrar melhorias de suas condições de vida;
- devido ao baixo nível cultural, há também baixa conscientização da necessidade de melhor organização urbana e preservação dos recursos naturais;
- desemprego aumentando devido ao turismo em queda na região e, consequentemente o aumento dos problemas sociais. A favelização está intimamente ligada a quadros de estagnação e declínio econômicos;
- carência de um projeto habitacional eficaz;
- necessidade de maior incentivo e implementação de atividades econômicas que aliviem o desemprego.

Em relação ao baixo nível educacional e cultural, vemos que, além de maior investimento em escolas públicas, seria relevante uma maior propagação de informações básicas do dia-a-dia junto aos cidadãos, ou seja, poderiam ser formados grupos de pessoas (e aí seria interessante até mesmo o incentivo a ações de voluntariado) para irem até a população, umas duas vezes por semana, em locais diversos e pré-programados, e passarem informações de cidadania; da necessidade de preservação do meio ambiente; reciclagem; reaproveitamento de garrafas pet e outros materiais reutilizáveis; direitos e deveres; e tudo o mais que possa aumentar a bagagem de conhecimentos para uma melhor convivência em comunidade.

O projeto habitacional para Tamoios deverá possibilitar o acesso às moradias e utilizar procedimentos que impeçam a comercialização das mesmas. Este projeto deve, ainda, englobar ações de saneamento básico; remoção de famílias; construção de moradias; erradicação de áreas de risco; reestruturação do sistema viário; implantação de praças e áreas para esporte e lazer, tanto de crianças quanto de adultos, tendo em vista a proposta em uso cada vez mais freqüente das academias ao ar livre.

A implementação e incentivo de atividades que possam aliviar o desemprego passa pela promoção do turismo na região, através da valorização de seus atrativos naturais; criação de espaço para feiras típicas e artesanais; organização do sistema viário incluindo sinalização adequada; e incentivo à formação de diversas cooperativas. As cooperativas são a melhor forma de se conseguir produzir mais com menos, pois sua base é a união do esforço de cada um em prol de objetivo comum.

Enfim, para resolver o problema da favelização crescente, não bastam medidas de planejamento urbano. É um problema que está intimamente ligado a questões sociais, que demanda, além da reorganização do espaço urbano, medidas de conscientização, educação, saúde e geração de renda. São medidas de aplicação constante, mas que podem e devem começar já, agora, no início do problema, pois, se forem adiadas, o quadro com certeza se agravará exigindo soluções muito mais complexas.

Luciana G. Rugani

texto publicado no site www.portaltamoios.com.br em setembro 2011

quarta-feira, 20 de junho de 2012

RANKING POLÍTICOS - CIDADANIA E CONSCIENTIZAÇÃO

VALE A PENA ASSISTIR ESTE PEQUENO VÍDEO. É MUITO INTERESSANTE E IMPORTANTE, POIS NOS AUXILIA A VOTAR CORRETAMENTE.
VAMOS AJUDAR A DIVULGAR MAIS ESTE PROJETO DE CIDADANIA E CONSCIENTIZAÇÃO!

por Ranking Politicos


Luciana G. Rugani

segunda-feira, 18 de junho de 2012

CONVENÇÃO DO PP - PARTIDO PROGRESSISTA - EM CABO FRIO

Na noite de sábado passado, dezesseis de junho, foi realizada a grande festa da convenção partidária do Partido Progressista (PP), partido de Alair Corrêa, no Tamoyo Esporte Clube, em Cabo Frio.
Como ocorre em todos os eventos de Alair, o clube ficou super lotado. É impressionante o carinho que a população tem com este que já foi prefeito da cidade por três vezes! Quantas pessoas atentas ouvindo suas palavras, quantas pessoas formando uma multidão para abraçá-lo! Fico observando o carinho de todos para com Alair, e não me recordo de nenhum político que seja assim tão querido atualmente. É notório o reconhecimento das pessoas pelo tanto que Alair realizou pela cidade quando prefeito.
Várias personalidades da política foram chamadas para compor a mesa, entre elas o Senador Francisco Dornelles, presidente nacional do PP, e o secretário estadual de transporte, Júlio Lopes.
Em primeiro lugar falou Júlio Lopes, seguido por Francisco Dornelles. Ambos, entre outras colocações, destacaram a importância do trabalho realizado por Alair Corrêa para todo o estado do Rio de Janeiro, pois o fato de ter transformado Cabo Frio repercutiu no desenvolvimento de diversas cidades da região e ainda levou seu nome para todo o Brasil como modelo de administração.
Dornelles ressaltou o fato de que Alair como prefeito terá garantido total acesso à presidência da república e ao governo do estado, pois, segundo ele, o Partido Progressista participa da base dos governos federal e estadual.
Nas palavras do próprio Dornelles, "feliz é a cidade que pode ter um prefeito como Alair Corrêa, feliz uma cidade que pode ter a competência de Alair Corrêa administrando a prefeitura".
Em seguida, veio o discurso de Alair Corrêa. Todos os presentes se levantaram e aplaudiram, bandeiras pro alto, momento de muita alegria e expectativa com a fala de Alair.
Alair estava visivelmente emocionado com tantas manifestações de carinho e reconhecimento, e também pelo fato de esta convenção representar mais uma volta por cima, já que, contrariando as afirmativas repetidas nos últimos meses por seus adversários de que ele não seria candidato, ele, naquela noite,  oficializava sua candidatura a prefeito de Cabo Frio, comprovando o que ele sempre disse que aconteceria e pondo fim, oficialmente, a tantos boatos espalhados maldosamente.
A  vida de Alair Corrêa sempre foi marcada por superação, capacidade de reerguer-se cada vez mais forte a cada queda. Por isso, muitos dizem que ele é como uma fênix: quando pensam que está arruinado, ele ressurge. Em sua história, destaca-se também o fato de aprender sempre e renovar-se a cada instante. Por isso, outros dizem que ele é como uma águia, ave que se renova de tempos em tempos com novas penas e bico. São todas características pessoais suas e que  podem ser percebidas até mesmo nos seus mandatos enquanto prefeito. A cada mandato, ele se aprimorava e inovava. Em cada um percebemos que sua capacidade administrativa se reformulava e enriquecia cada vez mais. Alair relembrou estes dizeres do povo e confirmou estar mais uma vez renovado, mais experiente e mais capaz, e ainda com mais força e vontade de realizar.
Alair lembrou a fala de Francisco Dornelles, no evento de sua filiação partidária em setembro passado, quando o senador disse que ele, por ser um excelente administrador e pela relevância dos projetos que pretende implantar em Cabo Frio, viajará este país inteiro para palestrar como divulgador nacional do PP. 
Alair destacou que seu maior objetivo como prefeito será restaurar a dignidade de vida para todos que hoje vivem na pobreza extrema, através da implantação de um projeto social exemplar e inovador que, além de outras questões, vai desenvolver aptidões pessoais, abrir oportunidades de trabalho e proporcionar condições dignas de moradia, saúde e educação.
Esclareceu que sua campanha será uma campanha focada na apresentação de propostas para a cidade, e ainda reafirmou seu compromisso com Tamoios, de destinar para ali 400 milhões de reais a serem investidos em obras nos quatro anos de governo.
Ao final, as pessoas foram para frente cumprimentar Alair, que prontamente se colocou à disposição de todos. Foi aí que, mais uma vez, observei ainda mais de perto quanto carisma este homem tem, quanta capacidade de agregar as pessoas ao seu redor! Pessoas emocionadas, felizes por estarem compartilhando daquele momento com Alair, se apertando no pequeno espaço na frente do salão em busca de um abraço do grande líder. É de admirar o tanto que este grande homem e político é amado por milhares de pessoas!
Vejamos algumas fotos:





Luciana G. Rugani

terça-feira, 12 de junho de 2012

DIA DOS NAMORADOS


Hoje, 12 de junho, comemoramos o dia dos namorados no Brasil. Na maioria dos países, a comemoração é no dia 14 de fevereiro, dia de São Valentim.

São Valentim teria sido um bispo da idade média que contrariou a proibição de realizar casamentos durante as guerras, pois se acreditava que os solteiros eram melhores combatentes. Além de continuar celebrando os casamentos, secretamente, ele se casou. Foi descoberto, preso e condenado à morte. Enquanto na prisão, milagrosamente devolveu a visão à filha cega de um carcereiro.

Há várias explicações para o fato de, no Brasil, a data ser comemorada no dia 12 de junho. Uma das razões seria o fato de ser a véspera do dia de Santo Antônio, santo casamenteiro. Outra explicação seria comercial, pois seria uma forma de se aquecer o comércio no meio do ano.

Bom, de qualquer forma, é a data destinada à celebração do amor companheiro, do amor partilhado por duas pessoas que resolvem dar as mãos e trilhar juntas o mesmo caminho.  

A você, meu amor, companheiro de todas as horas, quero dizer que todos os dias são dias para cultivar e celebrar nosso sentimento, pois o amor é vivência, é dia-a-dia, é parceria. O dia de hoje é apenas o dia simbólico em homenagem ao sentimento que é constante, que é trabalhado e cultivado em nosso cotidiano.
Obrigada por estar comigo nesta caminhada. Que seja assim por muitos e muitos dias dos namorados.
Te amo muito, hoje e sempre!!

E, para celebrar este dia, deixo abaixo o vídeo e letra de uma linda canção!

Enviado por Natuchely em 10/04/2011


ERES TODO EN MI - (Ana Gabriel)

Eres todo en mi
El sol que me ilumina 
y me hace tan feliz.
La fuerza que conduce mi existir
Solo tú, mi amor.
Si me abrazo a ti
Yo siento que tu esencia 
se dispersa en mi
No queda ni un espacio
en mi sentir
Eres tú, mi luz. 
Eres todo en mi
Y llevo entre mis labios todo tu sabor
Cruzaré mi bien 
oceanos más profundos por saber
de ti.
Eres todo en mi
por siempre y para siempre
desde que te vi
Nunca más tendré
temor pues con tu amor
volvi a sentir, y a renacer.
Volaré por ti
a un mundo donde beba 
solo de tu amor
Dejando la distancia tras de mi
Solos tu y yo.
Eres todo en mi
y llevo entre mis labios todo tu sabor
Cruzaré mi bien
oceanos mas profundos por saber 
de ti.
Eres todo en mi
por siempre y para siempre
desde que te vi
nunca mas tendré
temor pues con tu amor
volvi a sentir, y a renacer.
Bailaremos hoy
sobre una nube blanca
que en cielo está
tus ojos como estrellas brillaran
para mi, por mi.
Jamás se ira
la magia de sentir
tu aliento sobre mi
volcando mis sentidos para amar
solo por tu amor, mi amor.
Bailaremos hoy
sobre una nube blanca que en cielo está
tus ojos como estrellas brillarán
para mi, por mi
Jamás se ira 
la magia de sentir
tu aliento sobre mi
volcando mis sentidos para amar
solo por tu amor, mi amor.

Luciana G. Rugani

domingo, 10 de junho de 2012

A VERDADE SOBRE AS URNAS ELETRÔNICAS II

Mais uma excelente entrevista com o Eng. Amilcar Brunazo, especialista em urnas eletrônicas sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas brasileiras. Este vídeo reforça e atualiza as informações contidas no vídeo do artigo "A verdade sobre as urnas eletrônicas" (http://www.cantinhodasideias.com.br/2012/03/verdade-sobre-urnas-eletronicas.html), derrubando definitivamente a ideia de que o sistema de votação eletrônico do Brasil é confiável.
Pontos relevantes constantes no vídeo:
- Somente o Brasil e India persistem utilizando as urnas de primeira geração (urnas que não permitem a conferência do resultado). O Paraguai recebeu de graça 17.000 urnas eletrônicas brasileiras entre 2001 e 2005. Em 2008, o uso destas urnas foi proibido por falta de confiabilidade;
- Candidato que solicitou auditoria nos equipamentos acabou sendo julgado como litigante de má fé pelo TSE;
- O novo modelo de urna eletrônica argentina, denominado modelo de segunda geração e utilizado desde 2006, é o mais seguro que existe. O eleitor recebe uma boleta de voto eletrônico com chip. Ele coloca essa boleta na máquina, vota na tela, seu voto é impresso na boleta. Obviamente, o eleitor não fica com essa boleta. Ele recoloca essa boleta em outra máquina, e seu voto aparece na tela, portanto o eleitor confere seu voto que ficou gravado;
- Relato de novos casos de fraudes ocorridos nas últimas eleições e divulgação da comunidade "Quero meu voto impresso", do facebook https://www.facebook.com/groups/queromeuvotoimpresso/, criada por diversos candidatos prejudicados por falhas das urnas eletrônicas, onde qualquer cidadão pode participar exigindo seus direitos, enquanto eleitor ou candidato, junto ao TSE;
- Por fim, é ressaltada a importância da participação popular contra esse sistema da justiça eleitoral que fere a moralidade pública ao não permitir a impressão do voto e, consequentemente, qualquer conferência ou auditoria. Uma lei derivada de ação popular, nos moldes do ocorrido, por exemplo, com a lei da Ficha Limpa, segundo o entrevistado, poderia ser a solução, já que leis não originadas por ação popular foram aprovadas, mas tiveram sua execução suspensa, com é o caso da Lei 12034/09, que previa a utilização do modelo da segunda geração já em 2012.
Assista ao vídeo:

Publicado em 28/05/2012 por Voto Seguro


Luciana G. Rugani

quinta-feira, 7 de junho de 2012

CORPUS CHRISTI PARA TODOS OS CRISTÃOS


Corpus Christi é uma celebração cristã, de tradição católica, surgida na Idade Média, e representa a adoração do rito da eucaristia. A eucaristia, também chamada de comunhão, simboliza a noite em que Jesus reuniu seus apóstolos para a sua última ceia, pois que no dia seguinte seria traído, entregue às autoridades e condenado ao grande testemunho. Nesta noite, Jesus se despede, mas transmite aos seus apóstolos a mensagem de pacto, de união eterna em prol do seu evangelho.
Para os católicos, a eucaristia é a conversão do pão e vinho em corpo e sangue de Jesus. Receber a eucaristia (ou comunhão), para os fiéis, é receber o verdadeiro tesouro espiritual da igreja (Cristo) em si mesmos; é a união plena, total com Cristo. Neste instante em que recebem a comunhão, sentem-se auto-iluminados, pois creem que Jesus neles habita naquele instante.
Mas, Jesus veio até nós para nos ensinar o caminho que nos levará de encontro à Verdade, que nos fará conectar-nos com nossa essência, com nossa consciência mais profunda que é Deus em nós. Sua mensagem é de grandioso alcance, não se limitando a uma ou outra religião específica, e nem se aplicando somente aos dias destinados às comemorações: é para todos os dias de nossas vidas. Como tudo que envolve a mensagem de Cristo tem sua razão mais profunda de ser, e como nós, humanos, somos ainda condicionados ao nosso calendário e nos perdemos facilmente em nossos afazeres e preocupações diárias, nos esquecendo muitas vezes das pausas para reflexão em torno de como estamos agindo em nossas vidas, a razão maior destas datas é justamente propiciar um momento de reflexão, trazer uma pausa ao nosso dia-a-dia para pensarmos, meditamos no quanto estamos ou não estamos seguindo o caminho para a verdadeira felicidade, recapitular as lições e analisar o quanto aprendemos.
Assim, por efeito da tradição de séculos e por tratar-se de mensagem de Cristo, ilimitada e universal por natureza, esta data, assim como acontece às demais datas cristãs, expandiu seu alcance, e hoje podemos dizer que pessoas de diversas crenças entendem e compartilham de seu significado.
Extraindo a mensagem de Jesus contida no significado da comemoração de Corpus Christi, a qual se aplica a todos os cristãos, podemos entender que, como esta data representa Cristo em nós, ela vem nos lembrar de nossa necessidade de transformação  e melhoramento de nós mesmos, de aplicação dos ensinamentos evangélicos em nossas vidas para que possamos abrigar Cristo em nossos corações. Dessa forma, os católicos, quando comungam e sentem-se iluminados por terem Cristo em si mesmos, podem prolongar essa sensação de plenitude por todos os seus dias através da mudança verdadeira de suas atitudes na vida proporcionada pela aplicação dos ensinos de Jesus em suas condutas diárias. E os cristãos das demais religiões podem ter esta data como mais uma lembrança da necessidade de cada vez mais colocarem em prática tudo o que têm aprendido nos estudos evangélicos. 
Para concluir, que o dia de hoje mais uma vez nos acorde para a necessidade de melhoramento de cada um de nós enquanto seres humanos. Somente através da transformação e aprimoramento de nossas ações, sentimentos e pensamentos, por meio do aprendizado do Amor de Cristo em nossas vidas, é que verdadeiramente estaremos em comunhão com Jesus. Só mesmo assim poderemos ter, definitivamente, CRISTO EM NÓS.

Luciana G. Rugani

segunda-feira, 4 de junho de 2012

FELIZ ANIVERSÁRIO, ALAIR CORRÊA!!


Querido amigo Alair,

hoje, no dia do seu aniversário, é com grande alegria que lhe escrevo estas palavras. 

Esta data representa muito para todos nós que verdadeiramente amamos a cidade de Cabo Frio e com ela nos afinizamos, pois você é uma pessoa que muito realizou, direi até que foi quem mais realizou em benefício de nossa cidade. Isso ninguém pode negar, você tem um histórico de realizações incomparável!
Parece mesmo que nasceu predestinado a construir e a levar o nome da cidade aos quatro cantos do mundo, tamanha foi sua dedicação a ela durante estes 42 anos de vida pública. 

Sei disso há muito tempo, desde a primeira vez que ouvi falar seu nome, por volta do ano de 2000, em um programa de TV em Minas Gerais. Este programa falava sobre seu programa de setorização cromática,o qual possibilitou melhor organização da cidade levando-a a conquistar o título de "cidade mais limpa do Brasil".  Desde aquela epoca viemos acompanhando a transformação, o desenvolvimento com beleza e qualidade de vida em Cabo Frio proporcionados por seu governo. 

Enquanto muitos políticos tornaram-se conhecidos por terem seus nomes envolvidos em escândalos e corrupção, você fez o caminho inverso. Tornou-se conhecido por ser o prefeito que mais realizou, que transformou Cabo Frio. E este reconhecimento é uma conquista sua, fruto de seu trabalho, dedicação e esmero. Meu amigo, você tem muitos admiradores de fora do estado do Rio...olha, isso é raro na política brasileira, é para poucos! Não são muitos, em nosso país, os políticos regionais que tornaram-se conhecidos pelo bem que realizaram, adquirindo prestígio e admiração fora de suas fronteiras. Tenho certeza que muitos políticos abrigam este desejo em seu íntimo, mas sabem que é uma conquista árdua e que, além disso, é algo destinado a poucos que já nascem portadores de carisma, dom e determinação.

Meu querido amigo, por vir acompanhando seu trabalho há tanto tempo e por tanto admirar sua vida de realizações foi que resolvi, desde o início de seu blog e seu ingresso na internet, apoiá-lo e colaborar voluntariamente na batalha por seu retorno ao governo de Cabo Frio, pois já tivemos provas suficientes de que você é o mais capacitado a fazer a cidade voltar a ser referência no turismo e a recuperar a qualidade de vida que havia no seu governo. Nossa luta segue por mais quatro meses, até outubro, mas saiba que a admiração, amizade e carinho que sinto por você, pelo tanto realizado e pelo que sei que ainda realizará por nossa cidade do coração, não têm prazo determinado, e durarão enquanto Deus me permitir conviver em Cabo Frio, pois cada cantinho, cada detalhe dessa cidade ficou definitivamente marcado pelo amor que você lhe destinou enquanto prefeito.

Feliz aniversário, meus parabéns por mais este ano de vida. Agradeçamos a Deus por permitir mais esta conquista, e que Ele o ilumine e proteja para que possam vir muitos outros anos cheios de saúde, alegria, paz e realizações. E, para comemorarmos esta data tão especial para você e para todos nós que te amamos pelo que fez por esta cidade, segue abaixo um vídeo que fiz com suas realizações, para que, assim, todos aqueles que ainda não o conhecem possam entender melhor a razão de minhas palavras.

Um forte abraço!


Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...