segunda-feira, 30 de julho de 2012

PLANO DE GOVERNO DE ALAIR CORREA - PRINCIPAIS TEMAS - PARTE II

SAÚDE

A saúde deve ser questão prioritária em qualquer administração pública, mas, infelizmente, assim não tem sido em Cabo Frio nos últimos anos. A cidade foi tema de diversas matérias divulgadas na imprensa sobre dificuldade de conseguir atendimento, falta de remédios, falta de vagas, má qualidade do atendimento, falta de equipamentos, fechamento de hospitais, surto de doenças, falta de roupas de cama nos hospitais, filas para marcação de consultas, entre outros.

Podemos dizer que a saúde em Cabo Frio adoeceu gravemente, está como um doente em estágio terminal, e precisa de medidas urgentes para que não se acabe definitivamente.

Cabo Frio, quando Alair foi prefeito, tornou-se cidade conhecida na questão da saúde através da inauguração do outrora moderno e bem equipado Hospital da Mulher. Mulheres vinham de longe, de outros estados, para terem seus filhos naquele hospital, além das mulheres de toda a região. Todas elas, mesmo não sendo eleitoras na cidade, eram bem tratadas, assim como as cabofriensesa criança já saía do hospital com seu registro de nascimento concluído e com os principais testes de saúde realizados; caso precisasse ficar internada por mais alguns dias, havia acomodação também para a mãe poder ficar junto de seu bebê; a sala de parto tinha um sistema de monitoramento de TV através do qual o pai e demais familiares podiam acompanhar tudo pela tv que ficava em umas das salas do hospital, enfim,  eram serviços de primeiro mundo! 

Hoje, o hospital compartilha de graves problemas do setor de saúde, como falta de roupas de cama, de equipamentos, denúncia de mal atendimento e negligência. Nos últimos anos, foram várias as matérias dos principais telejornais do estado relatando fatos ocorridos.

Alair, o responsável pela construção e pelo passado de sucesso do hospital, propõe sua recuperação, juntamente com outras medidas para atacar de frente o estado crítico da saúde cabofriense, entre elas:
- contratação de médicos: medida urgente, visando diminuir a dependência de clínicas privadas e diminuir as despesas na área, deslocando para as UTIs;
- Construção  da Clínica da Melhor Idade, com fisioterapeutas, geriatras, nutricionistas, psicólogos, etc.;
- Construção do Hospital Geral da Cidade de Tamoios, com UTI e centro cirúrgico para grandes intervenções;
- Recuperação do Hospital da Mulher: reformar e reequipar com mamografias, ultra-som para prevenção de câncer de mama, ampliação do centro cirúrgico e criação de unidade laboratorial própria;
- Reforma do Hospital da Criança: reformar e reequipar de modo a prestar atendimento 24 horas na clínica e na internação, com convênio federal visando implantação de UTI neonatal;
- Clínica do Homem: atendimento na área de prevenção ao câncer de próstata, DSTs, disfunção erétil, vasectomia, diabetes, hipertensão, infarto do miocárdio e AVC;
- Criação da UTI municipal com 14 leitos de adultos e 06 leitos infantis de modo a diminuir a sobrecarga existente e melhorar o atendimento à população;
- Centro Ortopédico Municipal: melhor atendimento para uma das áreas com maior demanda;
- Unidades de PSF (Programa de Saúde da Família): grande transformação nos PSF, oferecendo fisioterapia no local, visando o aproveitamento de formandos locais e diminuindo o deslocamento de pacientes em casos menos graves;
Hospital do Jardim Esperança - Ampliar o hospital para aumentar o número de especialidades de atendimento no local e transformar o hospital em referência cirúrgica;
- Humanizar a marcação de consultas: eliminar as filas utilizando registros do PSF, interligando a central de marcação e transferindo o local atual para a sede da antiga prefeitura, visando segurança e atendimento do paciente;
- Implantar Cadastro Geral - Tal medida irá facilitar o atendimento ao paciente, pois não será necessário o cadastro no posto de atendimento, já existindo um cadastro geral e com todo o seu histórico clínico;
- Cirurgia plástica - Criação do Centro de Cirurgia Plástica Municipal, onde a população terá acesso a uma complementação nos tratamentos e atenção nas necessidades corretivas e humanas.

Luciana G. Rugani

domingo, 29 de julho de 2012

HOMENAGEM A VITORINO CARRIÇO

VITORINO CARRIÇO

Hoje, dia 29/07/12, Vitorino Carriço completaria 100 anos de vida se ainda estivesse conosco. 

Vitorino Carriço foi poeta e atuante político brasileiro. Autor de um dos hinos mais lindos que já ouvi, o hino da cidade de Cabo Frio. Há um trecho que reflete claramente a visão avançada e sem preconceitos do poeta, quando ele diz: "Forasteiro, não há forasteiro, pois nesta terra todos são iguais..". Vitorino Carriço certamente compartilharia do pensamento de Sócrates, também bastante avançado para a época, que se autodenominava "cidadão do mundo". 

Cabo Frio é uma cidade cujas fronteiras não são limites para sua graça e acolhimento, e o poeta percebeu isso há muitos anos atrás. Que possam as diversas gerações de cabofrienses lembrarem sempre deste hino, extraindo dele a sabedoria contida em sua letra e aplicando-a em suas relações com todos aqueles que compartilham suas vidas nesta terra.

HINO DE CABO FRIO
Hino de Cabo Frio - RJ (Vitorino Carriço)


Cabo Frio, minha terra amada,
Tu és dotada de belezas mil,
Escondida vives num recanto,
Sob o manto deste meu Brasil...

Noites Claras teu luar famoso,
Este luar que viu meus ancestrais...
O teu povo se orgulha tanto,
E de ti, não esquecerá jamais...

Tuas praias, Teu Forte,
Olho ao longe e vejo o mar bravio
A esquerda um pescador afoito,
Na lagoa que parece um rio...

O teu sol, que beleza!
No teu céu estrelas brilham mais...
Forasteiro, não há forasteiro,
Pois nesta terra todos são iguais...




Luciana G. Rugani

quarta-feira, 25 de julho de 2012

NÃO VENDA SEU VOTO, VALORIZE-O!



O voto é o principal instrumento de manifestação da vontade popular numa democracia. Através dele escolhemos aqueles que nos representarão na administração pública. 


Hoje, devido à aproximação das eleições municipais, falarei, mais uma vez, da importância do voto em nossa cidade. Vou fazer uma comparação didática para visualizarmos de forma bem clara o nível de responsabilidade que devemos ter com nosso voto.

Vamos imaginar nossa cidade como uma grande empresa, composta por diversos sócios que são os seus habitantes. É impossível que todos os sócios estejam diretamente na administração desta empresa, então são realizadas eleições para que estes mesmos sócios (os cidadãos) elejam alguns representantes para gerirem seus interesses. Quem vende o voto está fraudando esta "empresa", está elegendo ilegitimamente um representante e entregando completamente seus direitos nas mãos dele, tornando-se refém de todas as suas ações e omissões. Assim, na nossa cidade, quem vende o voto está abrindo mão de seu direitos de cidadão, como por exemplo, uma boa saúde, uma boa educação, transporte adequado, etc., pois ao vender o voto perde o direito de questionar as atitudes futuras do seu governante. E, ao se preocupar com um ganho particular, a curto prazo, esquece que está negando direitos também de sua família e de sua sociedade. Vendendo o voto, está vendendo sua dignidade, sua família e sua sociedade.

CIDADÃO, PENSE CONSCIENTE!! NÃO VENDA SEU VOTO, ELE VALE MUITO, VALE TODOS OS SEUS DIREITOS BÁSICOS, VALORIZE-O!!
Valorize-o escolhendo um candidato em sintonia com as necessidades da população e cujas realizações do passado avalizem suas promessas futuras. Votar com consciência é a grande oportunidade de contribuir para uma sociedade melhor pra se viver. Todos devem votar com liberdade de escolha, e não se preocupe, pois o sigilo do voto é garantido. E lembre-se de denunciar (à polícia, ao Ministério Público ou ao juiz eleitoral) qualquer tentativa de violação dessa liberdade de decisão, como oferecimento de vantagens e até mesmo de dinheiro em troca do voto. Não aceite como governantes pessoas que jogam no lixo a sua dignidade de cidadão.

Luciana G. Rugani

segunda-feira, 23 de julho de 2012

PLANO DE GOVERNO DE ALAIR CORRÊA - PRINCIPAIS TEMAS - PARTE I






A partir de hoje, falarei sobre algumas propostas que destaquei do plano de governo de Alair Corrêa para Cabo Frio/Tamoios. Para abrir essa série de publicações, escolhi os projetos sociais, e, em destaque, o principal deles: o maravilhoso projeto da "Setorização da Dignidade".

Trata-se de projeto que contempla medidas destinadas a promover ampla valorização da vida e erradicação, ou pelo menos amenização, da condição de extrema necessidade em que vive grande parcela da população. 

Será organizado um cadastro das residências baseado nos seguintes critérios:

- casas sem banheiro;
- casas de um só cômodo;
- casas em que residem deficientes sem atenção ou cuidados devidos;
- casas em que residem doentes crônicos, sem atendimento;
- casas onde residem dependentes químicos;
- casas cujos moradores são portadores de talentos para as artes em geral (música, artes plásticas, artes cênicas), sem oportunidade de desenvolvê-los;
- casas onde residem jovens com talento para os diversos esportes, também sem os meios necessários para praticá-los.

Segundo levantamento feito, estas residências seriam uma quantidade em torno de 40 mil. Assim, este cadastro será dividido em 80 setores, e cada setor possuirá 500 casas. Cada setor terá uma equipe de pessoas responsáveis pelos cuidados e providências a serem tomados nas residências. Paralelo a este atendimento, serão construídos:

- moderno complexo de artes com salas para aula de música, teatro, artes plásticas e outras atividades artísticas;
- três centros esportivos destinados ao aprendizado e aperfeiçoamento de diversas modalidades esportivas;
- clínica/aldeia para tratamento de dependentes químicos, com consultórios, dormitórios, refeitório, quatro carros de 6/8 lugares, salão terapêutico, academia, horta, quadras esportivas e oficina de artes.

Ônibus serão destinados ao transporte de jovens de todos os cantos da cidade para o complexo e para os centros esportivos.

É um projeto social inovador com ação em duas frentes: solução dos problemas imediatos, por meio do trabalho das equipes junto às residências cadastradas,com acompanhamento familiar e melhoria das casas da população que vive em extrema carência, e o incentivo e valorização de aptidões, promoção de talentos e oportunidades, através do complexo de artes, dos centros esportivos e da clínica de tratamento.

Não tenho nenhum receio em afirmar que este projeto tem tudo pra se tornar referência em todo o país na área de assistência social, pois é um projeto diferenciado que, além de suprir necessidades urgentes, contempla oportunidades de desenvolvimento de talentos, ou seja, faz jus ao ditado de que não basta dar o peixe, mas é preciso ensinar a pescar. É, sem dúvida nenhuma, um projeto grandioso que poderá atacar de frente o problema da miséria extrema em que ainda vive grande parcela da população erradicando, ou pelo menos minimizando, a penúria social em que vivem muitos moradores da cidade e, ao mesmo tempo, proporcionando-lhes esperança na forma de oportunidades de aprendizado e desenvolvimento. 

Juntamente com o grandioso projeto da Setorização da Dignidade, serão mantidos os projetos sociais já existentes, e outros projetos serão implementados ou aperfeiçoados para propiciar uma vida mais digna à população. São eles:

- criação do "Cartão da Dignidade", que fará com que o preço da passagem de ônibus municipal seja de R$0,50 (cinquenta centavos), com o restante do valor subsidiado pelo governo;

- ampliação do já existente programa "Café do Trabalhador", expandindo para Célula Mater e Cidade de Tamoios;

- ampliação do programa cesta básica, passando a cerca de 5.000 cestas por mês para população de baixa renda.

Luciana G. Rugani

sábado, 21 de julho de 2012

CAMINHADA DA DIGNIDADE - ALAIR, FENÔMENO POPULAR

Cabo Frio está vivendo um grande momento. Pra começar, nunca uma aliança tão forte pelo reerguimento da cidade foi formada. Agora, começa a campanha, e uma multidão vai para as ruas gritando "volta Alair". É a maior frente com apoio popular já formada na cidade, situação digna de um apontamento histórico.
"Caminhada da Dignidade" do candidato a prefeito Alair Corrêa -  Impressionante o quanto que a população clama por sua volta! Nunca vi algo assim, Alair é realmente um fenômeno!! Carisma, capacidade, confiança! Os três "C" que fazem a esperança e alegria da população tão sofrida nestes últimos anos com um governo que teve nas mãos mais de  R$3.000.000.000,00 (três bilhões de reais) e não investiu nada na cidade!
Cabo Frio recebe uma fortuna em royalties, e, nos últimos tempos, este valor foi ainda mais alto. Não viu o investimento desse dinheiro, a saúde é precária e nos hospitais falta até roupa de cama. E Alair, quando prefeito, teve nas maõs arrecadação dez vezes menor e elevou a qualidade de vida na cidade. Com certeza por isso a população agora vê em Alair novamente a chance de sair dessa situação tão triste e degradante que tem vivido.

Luciana G. Rugani

terça-feira, 10 de julho de 2012

NOVAMENTE OS BOATOS!!


Incrível como os hábitos incrustados falam mais que as palavras! Não adianta, um dia a máscara cai, e aqueles que se autodenominam "representantes de um novo tempo" têm sua verdadeira face desnudada e mostram-se portadores do arcaico hábito de inventar e propagar notícias infundadas e incertas, sem o mínimo respeito com os cidadãos.

A famosa "central de boatos" entra em funcionamento vinte e quatro horas, com o objetivo de tumultuar o processo, difamar adversários e perturbar os cidadãos. E não se dão conta de que estes mesmos cidadãos já estão perturbados o suficiente com todo esse fala-fala. Estão cansados dessa postura imatura de alguns. O eleitorado já mudou bastante, e, ainda que devagar, continua mudando, está amadurecendo. Quantas pessoas ouvimos falar que já não aguentam mais esses velhos costumes, essa boataria..quantos cidadãos dizem estar cansados de falácias, e o que querem ouvir são as discussões e debates frutíferos de propostas e temas sociais.

Acontece que hoje há inúmeras maneiras de rapidamente um boato ser derrubado, a verdade não fica mais muito tempo encoberta. Em pouco tempo essas falsas colocações caem no descrédito. Ainda bem que a palavra desses boateiros está cada dia mais desacreditada perante a população, pois todos os boatos propagados até agora já foram desmentidos.
O momento pode e deve ser muito melhor aproveitado. Esse diz-que-diz dos boatos e inverdades é a estratégia utilizada por aqueles que sabem que não têm propostas para superar as de Alair. O plano de governo de Alair Corrêa é, sem dúvida nenhuma, o mais objetivo, claro, coerente e com propostas  inovadoras e capazes de realmente transformar Cabo Frio. E seus adversários reconhecem isso, por isso fogem da discussão de propostas e preferem o baixo nível de campanha, espalhando notícias falsas e incertas. E os profissionais da mídia que aceitam divulgar essa boataria, de olho na multiplicação das vendas ou acessos, revelam seu péssimo profissionalismo e, juntamente com o grupo boateiro, perdem dia-a-dia a sua credibilidade. 

A verdade é que fala mais alto quem fala através das ações e realizações. Não é a toa que Alair segue na frente: ele tem realizações, tem atitude e tem o melhor plano de governo. Já deu mostra de ser excelente administrador, pois foi um prefeito que construiu uma cidade inteira com arrecadação muito menor. Alair, ao contrário de seus adversários, cresce em credibilidade, pois a cada dia o que diz se confirma pelos fatos que sucedem. E pessoas capacitadas incomodam àqueles que sabem não corresponder com a mesma capacidade, por isso surgem os ataques e mentiras.

Vale repetir aqui uma frase que eu já disse em texto anterior: as inverdades, os boatos, até poderão continuar, mas cairão por sí próprios se tiverem como resposta o silêncio da indiferença e o trabalho em prol do que realmente interessa e vale a pena.

Luciana G. Rugani

sábado, 7 de julho de 2012

CIDADÃO CABOFRIENSE, ESCOLHA SER RESPEITADO!



Mais uma vez a cidade virou canteiro de obras a toque de caixa, e, portanto, de qualidade duvidosa. Um mandato inteiro de costas para as reivindicações da população, nenhuma obra, paradeiro geral, e vêm mostrar serviço às vésperas das eleições! E ainda têm a cara-de-pau de colocar placas com os mesmos dizeres de promessa de obra não-realizada que colocaram nas últimas eleições, de novo a promessa de passagem subterrânea em Tamoios...gente, é brincar demais com os cidadãos, é muito desrespeito! 

O que percebemos é que o desgoverno está reconhecendo a paralisia reinante nos últimos anos e tentando mais uma vez enganar o cidadão com obras eleitoreiras de última hora.

Cidadão cabofriense, não se deixe fazer de palhaço mais uma vez, não se deixe usar dessa forma. A sociedade avançou, a comunicação evoluiu ainda mais, os blogs se multiplicaram... Está tudo aí, às claras, reclamações da população, denúncias da corrupção que corre solta, há farto material para se inteirar do que vem acontecendo, o cidadão só será iludido se quiser, se assim permitir. A população hoje tem tudo nas mãos para analisar e comparar, de forma crítica, o proceder dos governantes durante todo este tempo e agora, no fim do mandato. E, não existe gratidão na administração pública. Não há que ser grato ao governante, o que existem são obrigações e direitos por parte de governantes e governados. E a obrigação do governante é trabalhar todos os dias, desde o dia da posse, para realizar obras e disponibilizar serviços de qualidade.

Escolha, meu amigo! Você pode escolher se quer se deixar levar novamente pelo jogo de imagem e aparência deste governo que já te iludiu uma vez, ou quer a autenticidade de quem já mostrou que respeita cada dia do seu mandato, administrando com responsabilidade. 

Ah, e saiba que ninguém pode interferir na sua escolha. Qualquer argumento que utilizarem para pressionar, pesquise antes, busque mais informações, e verá logo que trata-se de algo sem fundamento, pois ninguém pode pressionar ou interferir na sua escolha. E, se você perceber qualquer tentativa nesse sentido, filme, grave, divulgue na internet e na imprensa em geral, denuncie. Qualquer denúncia sobre compra de votos pode ser feita ao Ministério Público Eleitoral, à polícia ou até mesmo ao próprio juiz eleitoral. 
Este é o link para denúncias ao Ministério Público: http://www.mp.rj.gov.br/portal/page/portal/Internet/Cidadao/Ouvidoria_Geral .
O sigilo de seus dados serão preservados.

Vivemos numa democracia, onde a liberdade de decisão é garantia constitucional. Exija respeito à sua inteligência.

Luciana G. Rugani

COMO DENUNCIAR A COMPRA DE VOTOS




Por Marcello Urdiales   

Todo cidadão ou cidadã que souber da ocorrência de atos de compra de votos ou de desvios administrativos com fins eleitorais pode informar o fato imediatamente ao Ministério Público Eleitoral. Os representantes dessa instituição nos Municípios são os Promotores Eleitorais. O Ministério Público é um dos que tem autorização legal para solicitar à Justiça Eleitoral a punição a candidatos que cometam corrupção eleitoral. Como não possui vinculação a qualquer partido político, o Ministério Público é o grande parceiro da sociedade no combate à corrupção eleitoral. 

Mas a apresentação da denúncia de compra de voto não é feita com exclusividade ao promotor eleitoral. Pode também ser encaminhada à polícia e até mesmo ao Juiz Eleitoral, que neste caso encaminha a denúncia para o destino mais adequado (polícia ou promotoria eleitoral, ou ambos). 

O ideal é que a informação seja transmitida às autoridades por escrito, desde que isso seja possível ou não implique em ameaça ao informante. O melhor seria que em cada município houvesse pelo menos um COMITÊ 9840 e que esse comitê levasse ao promotor eleitoral os casos de corrupção nas eleições. Assim a denúncia é apresentada com o respaldo de toda a comunidade, não apenas de um ou alguns indivíduos. No Capítulo 13 você saberá mais sobre o que é um COMITÊ 9840. 

Lembre-se: o promotor eleitoral é obrigado a agir diante da ocorrência da corrupção eleitoral. Embora não se espera que isso ocorra, pode haver alguma omissão por parte da promotoria. Neste caso, comunique o fato à Procuradoria Regional Eleitoral do seu Estado.

Para reflexão:
Você já participou de alguma reunião em que um candidato tenha oferecido ou prometido vantagens particulares aos eleitores em troca dos seus votos?
Você já assistiu a cenas de distribuição de cestas básicas, materiais de construção ou outros bens por candidatos?

Para saber mais: www.lei9840.org.br

quinta-feira, 5 de julho de 2012

ENTREVISTA DE ALAIR CORRÊA CONCEDIDA AO JORNAL INTERPRESS

DEU NO BLOG "ALAIR CORRÊA DIRETO":  www.blogdoalaircorrea.com.br



O candidato da aliança PP, PSD, PR, PRB, PCdoB, PSDB, PSC, DEM, PTC, PRP, PTB e PHS a prefeitura de Cabo Frio, o ex-deputado Alair Corrêa anunciou, em entrevista ao interpress que, eleito, vai substituir o Cartão Cidadão pelo Cartão Dignidade, que vai reduzir o preço da passagem de R$ 1 para R$ 0,50. O ex-deputado classificou de “histórica” a aliança que tem a participação de cinco ex-pré-candidatos a prefeitura: Paulo César, Cláudio Mansur, Alfredo Gonçalves, Silas Bento e Froilan Moraes.
— O que era impossível aconteceu, afirmou, referindo-se ao fato dos cinco pré-candidatos terem desistido da disputa para apoiá-lo. “Eles estão envolvidos no projeto mais inteligente e salutar que é a união de forças por Cabo Frio”, afirmou. Além do deputado federal Dr. Paulo César, de Índio da Costa e do presidente do PSD de Cabo Frio, Volmer Buentes, estavam presentes à mesa, Alair Corrêa, o presidente estadual do PSC Ronald Ázaro, Cláudio Mansur (presidente municipal do PTB), Silas Bento (presidente do PSDB), e os vereadores Dr. Taylor da Costa e Alfredo Gonçalves. Alair Corrêa disse que, se depender dele, a eleição será polarizada com o PSOL de Cláudio Leitão.
— Vou bater no Leitão até ele subir, brincou o ex-deputado.

interpress — Você considera a aliança com Paulo César, Silas Bento e Alfredo Gonçalves um momento histórico?
Alair Corrêa — É um momento histórico… as pessoas sempre reivindicaram a renuncia de um grupo de candidatos que pudesse se unir por um projeto por Cabo Frio, sem individualismo. Eu peguei o projeto que tenho, que é muito bonito, e comecei a mostrar a todos os candidatos. Um, pela formação ideológica do partido, pelo dogma, não acompanharia ninguém, mas cinco largaram tudo para me apoiar. É a primeira vez que isso acontece na história de Cabo Frio. A população queria esse desprendimento, essa postura do homem adiar sonhos por um sonho maior.

interpress — Você já tinha imaginado a costura dessa aliança?
Alair Corrêa — Não imaginava nem passava pela minha cabeça fazer essa costura, mas no momento em que Marquinho fez a proposta de todos renunciarem em prol de uma frente contra mim, me estimulou e eu pensei: puxa, estou na frente nas pesquisas, tenho o melhor projeto, estou bem com a população, estou de bem com a vida, porque, então, não inverter esse negócio? Eu peguei a idéia dele, trabalhei pra mim e com bastante, posso dizer, maestria, competência, coragem e trabalho eu consegui, conversando com um por um, conquistei o apoio dos cinco.

interpress — É o mestre ensinando ao aluno com o fazer?
Alair Corrêa — Quem quiser aprender comigo que aprenda. Eu sempre ofereço coisas novas para os que querem me acompanhar. Se Marquinho, por exemplo, tivesse mantido o programa que tínhamos de vinte anos, não teria havido briga e ele estaria consagrado, mas tem pessoas que preferem andar pelos seus próprios caminhos e acabam se perdendo por vias tortuosas.

interpress — O que definiu Silas Bento como seu vice?
Alair Corrêa — Eu estive para assumir a prefeitura por duas ocasiões, mas o Al-fredo se omitiu, então, quando o Silas assumiu a presidência eu perguntei: se o Tribunal bater o martelo e cassar Marquinho você me dá posse ou se esconde? Ele disse: eu te dou posse. E perguntou: Dá pra gente fazer uma união, amanhã eu ser seu vice? Eu disse que dava e ele entendeu como uma decisão minha. Eu sou muito puro naquilo que prometo a alguuém, eu sou um homem que cumpre. Silas não é um vice ruim, tem um bom partido e eu mantive a minha palavra.O Paulo César queria vir, mas queria indicar o vice, mas Silas teria que abrir mão e não abriu, mas como Paulo César colocou o programa acima dos seus desejos pessoais, ele se uniu a nós sem precisar indicar o vice.

interpress — O senhor recebeu proposta de apoio do PMDB?
Alair Corrêa — Não vou dizer de quem, mas recebi vários telefonemas. Eu estou com a porta aberta. Como a presidenta Dilma fez a maioria no Congresso? Conversando com os partidos. Ela está bem hoje. Eu não tenho secretariado fechado, então, se o PMDB entender que é razoável e salutar acompanhar nossa proposta e participar do governo, inclusive com secretarias, não vejo nenhum problema. A minha campanha está aberta ao PMDB, se quiser é só chegar.

interpress — O PMDB também pediu a vice a você?
Alair Corrêa — Várias vezes. Eu nunca falei que não dava, mas explicava que tinha um compromisso, que precisava falar com a pessoa, mas como também não tava muito certo o apoio do PSDB, havia uma chance de se ter um novo vice, então conversei com Alfredo (Gonlaves) conversei com Bernardo (Ariston) e coloquei a vice a disposição deles mas com o apoio do PSDB a vice ficou com o Silas.

interpress — As eleições vão se polarizar entre você e Jânio ou você não vê polarização?
Alair Corrêa — Ele vai tentar polarizar a eleição e vai pregar no deserto porque eu não tenho razão pra brigar com ninguém, eu estou na frente, pra que eu vou brigar? A polarização acontece quando há um nivelamento, o que não existe hoje. Eu posso escolher alguém para polarizar comigo e acho que vou escolher o Leitão (Cláudio). Eu vou bater no Leitão até ele subir.

interpress — Você vai adotar o estilo paz e amor na campanha?
Alair Corrêa — Eu aprendi com o Lula… Lula perdeu uma porção de eleição e ganhou quando adotou o estilo paz e amor e agora vou lançar o Alair Paz e Amor.

interpress — Você anunciou que eleito, um dos seus primeiros projetos será reduzir o preço da passagem de R$ 1 para R$ 0,50. Como pretende fazer isso?
Alair Corrêa — Eu já sei quanto vou utilizar do Orçamento do ano que vem, já sei quanto vai ser o Orçamento do ano que vem — entre R$ 950 milhões e R$ 1 bilhão — já sei quanto vou aplicar no pagamento desses R$ 0,50 sem prejudicar nenhum projeto, qualquer investimento na saúde ou o cronograma de obras que é a construção da cidade de Tamoyos e a reconstrução de Cabo Frio. Sai o Cartão Ci-dadão, entra o Cartão Dignidade. A passagem passa de R$ 1 para R$ 0,50. A dignidade será o mote do nosso governo. Nós vamos reconstruir Cabo Frio de forma digna, permitindo que a dignidade entre nos lares cabofrienses; que a comida volte a mesas do trabalhador; que o empresário seja respeitado e possa gerar mais empregos. Nós temos uma cidade muito rica, basta ter um pouco de noção de administração, experiência e vontade de fazer o que é melhor pra população. Eu vou tomar conta dessa riqueza e vou multiplicar esse dinheiro e realizar todos os meus projetos.

interpress — Você acaba de entrar para o seleto clube dos setentões. Está melhor agora?
Alair Corrêa — Eu já falei hoje em cinco lugares, meia hora, quarenta minutos e tenho fôlego para um futebol a noite. Setenta anos pra mim não foi nada demais, acho que como fui escondendo a idade — quando tinha 60, dizia que tinha 57; quando tinha 65, garantia que tinha 60 —, ao chegar aos 70 achei que estava tão bem que decidi falar a verdade: estou completando 70 anos. Eu estou muito bem de saúde, graças a Deus, pronto pra governar minha cidade mais uma vez. A população espera por mim, espera muito de mim o segmento da melhor idade não pode ser envergonhado por mim. Eu tenho que fazer o melhor para provar que os idosos podem produzir muito. É a chance que eles tem de estarern prepresentados por um homem da melhor idade na prefeitura porque se eu fizer um bom governo vão dizer: o velho ainda dá caldo.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...