Pular para o conteúdo principal

NÃO VENDA SEU VOTO, VALORIZE-O!



O voto é o principal instrumento de manifestação da vontade popular numa democracia. Através dele escolhemos aqueles que nos representarão na administração pública. 


Hoje, devido à aproximação das eleições municipais, falarei, mais uma vez, da importância do voto em nossa cidade. Vou fazer uma comparação didática para visualizarmos de forma bem clara o nível de responsabilidade que devemos ter com nosso voto.

Vamos imaginar nossa cidade como uma grande empresa, composta por diversos sócios que são os seus habitantes. É impossível que todos os sócios estejam diretamente na administração desta empresa, então são realizadas eleições para que estes mesmos sócios (os cidadãos) elejam alguns representantes para gerirem seus interesses. Quem vende o voto está fraudando esta "empresa", está elegendo ilegitimamente um representante e entregando completamente seus direitos nas mãos dele, tornando-se refém de todas as suas ações e omissões. Assim, na nossa cidade, quem vende o voto está abrindo mão de seu direitos de cidadão, como por exemplo, uma boa saúde, uma boa educação, transporte adequado, etc., pois ao vender o voto perde o direito de questionar as atitudes futuras do seu governante. E, ao se preocupar com um ganho particular, a curto prazo, esquece que está negando direitos também de sua família e de sua sociedade. Vendendo o voto, está vendendo sua dignidade, sua família e sua sociedade.

CIDADÃO, PENSE CONSCIENTE!! NÃO VENDA SEU VOTO, ELE VALE MUITO, VALE TODOS OS SEUS DIREITOS BÁSICOS, VALORIZE-O!!
Valorize-o escolhendo um candidato em sintonia com as necessidades da população e cujas realizações do passado avalizem suas promessas futuras. Votar com consciência é a grande oportunidade de contribuir para uma sociedade melhor pra se viver. Todos devem votar com liberdade de escolha, e não se preocupe, pois o sigilo do voto é garantido. E lembre-se de denunciar (à polícia, ao Ministério Público ou ao juiz eleitoral) qualquer tentativa de violação dessa liberdade de decisão, como oferecimento de vantagens e até mesmo de dinheiro em troca do voto. Não aceite como governantes pessoas que jogam no lixo a sua dignidade de cidadão.

Luciana G. Rugani

Comentários

  1. O futuro está em nossas mãos, sejamos prudentes ao agirmos visando somente os ganhos sem compromissos com o próximo.

    ResponderExcluir
  2. Só os irresponsáveis vendem seu voto...

    ResponderExcluir
  3. Olá Luciana, parabéns pela iniciativa, caso queira pode usar nossas imagens para ilustrar o seu post - http://ambidestro.com/site/nao-venda-seu-voto/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amigos da tkg comunicação! Quero dizer que gostei muito das imagens, e já coloquei nos meus posts. Excelente!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019