Pular para o conteúdo principal

DIÁRIO CABOFRIENSE - O QUE TEMOS PRA HOJE: PASSEIO À PRAIA DO FORTE

Minha coluna de hoje no jornal "Diário Cabofriense". Abaixo da foto, segue o texto para mais fácil leitura:
 

Sexta-feira passada foram anunciadas as 83 cidades que participarão da jornada da tocha olímpica pelo país. O prefeito Alair Corrêa havia publicado a notícia da assinatura do convênio com o COI - Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no dia 23 de junho passado. Trata-se de mais um importante evento de que nossa cidade fará parte, mais uma excelente oportunidade de divulgação turística de nossas belezas naturais e de nossos pontos turísticos com potenciais de beleza e história para atrair pessoas do mundo inteiro.

Pensando nisso, de vez em quando falarei sobre alguns pontos turísticos de Cabo Frio para ir somando material sobre a cidade e assim colaborar com sua divulgação. E ainda, em minha opinião, seria muito bem-vinda a colaboração de todo e qualquer cidadão nessa tarefa. Qualquer um que vive e ama essa cidade pode contribuir, por meio da internet, com o registro e apresentação para o mundo de suas riquezas naturais e culturais. Eu faço isso com muito prazer e alegria.

Conversando com alguns amigos aqui de Cabo Frio, não foram poucos os que me disseram que há muitos anos não vão à praia, ou a outros pontos turísticos. Prendem-se às atividades cotidianas e acabam deixando que a correria diária os impeça de usufruir, ainda que por poucos minutos, dessa natureza preciosa e dos encantos culturais e históricos de outros pontos turísticos. Então, para os cabofrienses que, por qualquer razão, há muito tempo não visitem essas maravilhas da cidade, que minhas palavras sirvam de incentivo para fazerem um esforço de vez em quando e visitarem estes locais. É muito importante que os próprios moradores da cidade se interessem por acompanhar a situação dos pontos turísticos da cidade e conhecer melhor suas peculiaridades.

No mês de maio eu falei sobre o Cháritas. Hoje falarei sobre o principal cartão postal da cidade: a Praia do Forte e sua belíssima orla.

Famosa por suas águas claras e sua areia branquíssima, a praia do Forte é o lugar mais almejado pelos turistas que ainda não conhecem a cidade. Quando vou à praia, frequentemente escuto comentários de pessoas dos mais diversos lugares do país encantadas com a beleza de nossa praia mais famosa. Certa vez uma turista comentou que tinha reservado hotel em Cabo Frio e também na capital. Ela havia planejado ficar uns dias aqui e mais alguns no Rio, mas, segundo nos contou, ligou para o Rio e cancelou a reserva, pois havia gostado tanto de nossa praia e da cidade que resolveu ficar o tempo inteiro em Cabo Frio.

É compreensível este encantamento das pessoas, pois uma praia larga, que não é uma praia de tombo, com águas claras e finíssima areia branca, é o cenário de uma praia perfeita.

A praia do Forte é grande, tem 7,5 quilômetros de extensão. Fica lotada no réveillon, quando ocorre o maior show de fogos do interior do estado, e nas altas temporadas. Mas ainda assim, por ser bem larga, mesmo nas altíssimas temporadas nós nunca tivemos o desconforto da proximidade exagerada de outros frequentadores, como vemos em praias menores.

Possui, em um de seus extremos, o Forte São Mateus, construção histórica do século XVII. No outro extremo estão a praia das Dunas e depois a praia do Foguete. É considerada, por velejadores internacionais, a maior raia do mundo para a prática do esporte.

Vale a pena levantar bem cedo e apreciar o nascer do sol por detrás da Ilha dos Papagaios, morro que fica atrás do Forte. É um espetáculo único, de pura beleza, que nos possibilita belas fotos. Outra maravilha são as noites de lua cheia. A lua nasce linda, formando, com o reflexo de sua luz dourada, um verdadeiro “caminho dourado” no mar.

A sua nova orla, inaugurada em dezembro de 2013, compõe-se de 15 quiosques modernos, projeto paisagístico com área verde de cerca de 10m2, Skate Park e a belíssima Praça das Águas. Esta é encantadora! A tecnologia de ponta de sua iluminação propicia um ambiente de sonhos, romantismo e beleza. É muito linda à noite, mas eu descobri que vale a pena chegar um pouquinho antes, quando o sol se esconde deixando seus últimos raios à mostra. Neste horário ela fica ainda mais bela, pois, junto ao verde e azulado de suas lâmpadas, temos um azul, lilás e rosado no céu, devido ao pôr do sol, formando um lindo conjunto como se fosse a pintura de um quadro.

Sentar na orla em final de tarde e admirar a paisagem linda é algo inspirador. As minhas melhores ideias, os meus melhores sentimentos, sempre brotam quando admiro estas belezas. Vale a pena organizar a correria diária e tirar ao menos uns quinze minutos no final de tarde para se ligar com esse ambiente mágico. A beleza pressupõe equilíbrio, harmonia no conjunto e prazer na contemplação. E contemplar, ainda que por poucos minutos, nos faz desfocar nossa mente dos problemas diários e sintonizar com essa harmonia. Em poucos instantes nos sentimos mais equilibrados, mais fortes e mais alegres internamente, o que nos proporciona as melhores ideias e inspirações. 

Luciana G. Rugani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto.
A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos problemas …

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice, não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste, lame…

POESIA "COM LU", DE HAIRON HERBERT DE FREITAS

Linda, maravilhosa poesia!!

Com Lú
O amor não acaba, o amor só aumenta. Experimente uma frase, Espere mais e comente.
Seja velho, seja jovem, Esqueça o tempo que passou. O momento é agora, Aproveite tudo com amor.
Não chore, não clame, Seja firme, seja honesto. Não viva mau seus sentimentos, Aos restos estranhos, acalento.
Contudo o amor revigora, Mesmo no atrapalho da hora, Volta sempre sem demora.
O amor é sem fim, É eterno em mim, Consciente estou, Quando estou com amor.
Hairon H. de Freitas 15/7/2019