sexta-feira, 28 de outubro de 2016

MINHA BREVE OPINIÃO SOBRE A CIÊNCIA JURÍDICA



 
 
Eu vejo a Ciência Jurídica como algo dinâmico, construído no dia a dia. Gosto da visão dos juristas, aqueles que são realmente estudiosos do Direito e de suas fontes, das quais a lei é apenas uma de suas espécies. Estes juristas costumam ser os melhores professores do curso.

Quando estudei era assim: os melhores professores eram aqueles que, ademais de serem advogados de excelência, eram pesquisadores e estudiosos. Eles alicerçam suas teses em pilares firmes, que levam ao convencimento do juiz, criando jurisprudências, e enriquecendo a doutrina jurídica, duas forças motrizes na construção da referida ciência.

Há aqueles advogados formalistas, legalistas, que prendem-se muito fortemente à letra da lei em si, como se esta fosse uma fonte quase que exclusiva do Direito. É uma opção de pensamento, uma linha a ser seguida. Mas eu ainda prefiro os que conseguem enxergar o Direito com esse dinamismo a que me referi. Na escolha de um profissional, eu busco preferencialmente os que seguem o pensamento dinâmico dos grandes juristas, que veem em seu trabalho uma ferramenta construtora e formadora da Ciência Jurídica.

É uma pena que muitas faculdades não invistam nesse tipo de formação. Hoje o foco do retorno financeiro a curto prazo costuma falar mais alto para instituições de ensino e também para estudantes, o que é uma pena, pois dificulta o desenvolvimento desse lado pensador que na verdade é a grande mola propulsora da evolução de uma sociedade sob os mais amplos aspectos.

Luciana G. Rugani

terça-feira, 25 de outubro de 2016

CURSO AVANÇADO DE NADADOR SALVADOR TERÁ PROVA SELETIVA

A Prefeitura de Cabo Frio, em ação com a GMA-Guarda Marítima e Ambiental realizará a primeira edição do Curso Avançado de Nadador Salvador, no período de 14/11 à 02/12. Devido à expectativa na procura para participar do curso em relação ao número de vagas oferecidas, será feito uma prova seletiva de natação e corrida no dia 08/11.



A prova seletiva de natação e corrida será realizada na Base da Guarda Marítima e Ambiental, no Terminal de Transatlântico, localizado no bairro Passagem, a partir das 08h.

O curso é uma iniciativa da Guarda Marítima e Ambiental em parceria com a empresa Deepwater - Consultoria e Treinamentos, que além de ficar com a responsabilidade técnica do curso, também ficará responsável pela gestão das trinta (30) vagas que estão sendo oferecidas no curso. 

As aulas destinam-se em complementar os conhecimentos teóricos e práticos do aluno habilitado no Curso Básico de Salvamento Aquático a atuar em nível avançado no Salvamento e Resgate de pessoas e bens envolvidos em acidentes no mar.

Texto: Marianne Rodrigues
Foto: Divulgação

CAV APRESENTA A EXPOSIÇÃO "TUDO À VENDA" ATÉ NOVEMBRO

A Prefeitura de Cabo Frio, em ação conjunta com a Secretaria de Cultura e o CAV- Centro de Artes Visuais apresenta a exposição "Tudo à Venda", que estará aberta para visitação até o domingo (13). 



São 16 artistas plásticos de Armação de Búzios e Cabo Frio mostrando suas obras com trabalhos modernos e contemporâneos, como pintura, escultura, instalação, fotografia, tecido pintado e pintura em porcelana em formas de material reciclado.



O CAV está aberto para visitação nas terças, quartas e quintas-feiras das 15h às 20h e nas sextas- feira, sábados e domingos das 17h às 22h.

O título ambíguo “Tudo à Venda” reflete a época consumista e põe em questão o valor da obra de arte nos dias atuais – oportunidade de compra e venda para poucos. A comercialização nas artes e a posição dos artistas e da sociedade diante da realidade mundial, de desvalorização do objetivo artístico e de supervalorização do mito às celebridades, são fatos. De forma lúcida, essa exposição convida o visitante a contemplar, oferecendo a oportunidade de aquisição de obras de nossos artistas, nas mais variadas técnicas.

O Superintendente Cultural e Gestor do CAV, Ivan Cruz, diz que a exposição conta com artistas plásticos das cidades de Armação de Búzios e Cabo Frio e que a mesma é um sucesso.

“As exposições do CAV tem uma importância singular pelo fato de sempre mostrar coisas novas, bem elaboradas e bonitas, a exposição "Tudo à Venda" não é diferente. Vale a pena conferir”, afirma Ivan Cruz. 

Texto: Marianne Rodrigues
Fotos: Divulgação

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

MEU COMENTÁRIO SOBRE A DECISÃO DE HOJE DO TRE-RJ


Hoje o candidato impugnado à prefeitura de Cabo Frio venceu no TRE-RJ por 4x3.

Eu não tenho e nunca tive nada contra a pessoa do candidato, aliás nem nunca estive com ele pessoalmente. Mas acho estranho nossas leis permitirem que um candidato com tantas condenações concorresse às eleições. Eu penso que nossa lei deveria proibir que candidato com qualquer condenação, ainda que em grau de recurso, concorresse a qualquer cargo eletivo. Além disso, acho estranho o próprio povo ter votado em um candidato assim e não ter se importado com sua ficha suja. Em Cabo Frio é assim. 

Não vale mais a pena lidar com política em um lugar em que as pessoas não querem evoluir, não querem mudar. O povo gosta de sofrer, aprova uma forma de política que já mostrou ser danosa e cruel para o município. Amanhã vai chorar, mas será tarde. Tenho receio de que a cidade perca suas conquistas e seja esquecida dos roteiros turísticos, perdendo sua grande vocação, pois ela está sofrida e pode não aguentar ter como prefeito novamente alguém sobre quem pesam condenações por não respeitar o dinheiro público. Lamentável... 

Eu sou cidadã, tenho minha casa, pago meus impostos na cidade, portanto não posso deixar de acompanhar o que acontece. Assim, seguirei acompanhando, livre para debater, sugerir, opinar, enfim tudo que uma cidadã comum pode fazer. Mas lidar com política não dá mais. Não vale a pena se desgastar pela mesma peça de teatro, que vai e vem volta à cena.

Cansei de tanta sujeira, cansei, não dá mais. Boa sorte, minha Cabo Frio! Seguirei como sempre presente, divulgando suas conquistas, acompanhando-lhe os passos de olhos abertos, porém livre da política sórdida que lhe domina.

Luciana G. Rugani

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

PREFEITO ALAIR CORRÊA ANUNCIA REFORMAS ADMINISTRATIVAS PARA REDUÇÃO DE FOLHA SALARIAL

Por Luciana G. Rugani - Seguem medidas para tentar minimizar a grave situação financeira da cidade. Agora só nos resta assistir e aguardar os efeitos de mais essa tentativa. Apoiei o governo em todas suas ações de enxugar a máquina, inclusive sempre postei em meus textos, desde o início dessa crise, a mensagem e o desejo de que "seja feito o que deve ser feito, sem medo", pois aquele era o momento de rever toda a máquina, tomar todas as medidas necessárias, ainda que duras, pois somente assim a situação crítica poderia ser contornada. Então mais uma vez, agora no final do governo, temos o anúncio de algumas medidas. Só lamento que as medidas necessárias não tenham sido tomadas, em toda sua extensão, desde a primeira reforma administrativa, em abril de 2013. Remédio amargo se dá rapidamente em dose única, pois aí resta tempo para recuperar o doente. A situação do governo hoje poderia estar melhor, e inclusive o prefeito, quem sabe, poderia até estar reeleito.

Na manhã de hoje (14) o Prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa, reuniu todos os Secretários e Coordenadores no gabinete da Prefeitura de Cabo Frio para apresentar reformas administrativas.


O Governo passa por uma crise que afeta todos os setores e algumas medidas foram anunciadas, como a redução no quadro pessoal. As Secretarias de serviços essenciais como Saúde, Educação, Assistência Social e Limpeza Pública continuarão trabalhando com o número normal de pessoas, com servidores efetivos, contratados e comissionados que sejam fundamentais para o trabalho. As outras Secretarias, que são tão importantes como estas, mas não são essenciais, vão funcionar apenas com os servidores efetivos.

“A nossa folha de pessoal em dezembro de 2012 era de R$ 21 milhões, hoje custa R$ 37 milhões com o Plano de Cargo e Salários. A nossa despesa cresceu e a receita caiu. Deixamos de ter R$ 35 milhões de reais para investir na cidade. Faremos o último enxugamento da máquina para ver se conseguiremos melhorar um pouco a nossa condição de administrar, reduzindo a despesa”, afirma o Prefeito Alair Corrêa.



A arrecadação continua caindo. O ICMS - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços diminuiu para pouco mais de seis milhões. O FUNDEB- Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação já foi R$ 12 milhões e chegou a R$ 7,5 milhões. Os Royalties do Petróleo eram R$ 25 milhões e agora chegou a R$ 7 milhões.

“Não era o meu pensamento fazer qualquer medida nesse momento. Muito me preocupa a situação de Cabo Frio. Isto passa por cima da minha vontade e da minha experiência. Quem assumir a Prefeitura ano que vem irá encontrar este quadro, que é muito ruim”, finaliza o atual Prefeito.

Texto: Marianne Rodrigues
Fotos: Ari dos Santos

PASSEIO CICLÍSTICO DA PADROEIRA EM ARRAIAL DO CABO

O Arraial Wave Bike, com o apoio da família Bike Night Cabo Frio e demais grupos ciclísticos de nossa região, convida a todos os cidadãos a participar do tradicional passeio ciclístico da padroeira que acontecerá neste domingo dia 16/10/16 em Arraial do Cabo, concentração às 8:00 horas, com saída programada para as 9:00 horas na Praça Guarani.
Haverá sorteio de vários brindes para os participantes. 
Venham participar!! 
Porque...... 
PEDALAR E PRESERVAR A NATUREZA É NOSSA PRAIA!!!

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

ENTREVISTA DO PREFEITO ALAIR CORRÊA NA INTERTV

Ontem o prefeito Alair Corrêa esteve na InterTV dando esclarecimentos sobre a complicada situação financeira de Cabo Frio. Cabo Frio sofre de maneira mais pesada os efeitos da crise nacional pois, além da queda dos repasses nacionais e estaduais, caiu também arrecadação dos royalties. Questionado se teria faltado planejamento, o prefeito respondeu que não, pois a queda dos royalties, da forma tão abrupta que aconteceu, não tinha como ser algo previsível. Ninguém imaginava que a apuração pela Operação Lava-Jato da rede de corrupção na Petrobrás trouxesse como consequência a quebra brusca dos royalties. Ele sempre afirmou, inclusive em outras entrevistas, que havia começado um trabalho de independência dos royalties e preparação da cidade para o turismo, tanto que, em seus mandatos anteriores, providenciou toda a infraestrutura necessária para que a cidade se tornasse um roteiro turístico nacional e internacional. Segundo ele, Cabo Frio precisava investir no turismo e ser independente da receita vinda dos royalties. O trabalho continuou, no início deste seu mandato, porém, devido aos motivos já citados, a queda dos royalties não aconteceu de forma gradual como deveria, e sim bruscamente, portanto teve que ser interrompido.

Cabo Frio recebia, como produção especial, 37 milhões para cada trimestral ao ano. 37x 4 = 148 milhões-ano. Em 2015/2016, uma trimestral antes 37 milhões caiu para R$ 90.000 mil reais. Ao ano, 90 mil x 4 = R$ 360 mil reais, perda praticamente total ou R$ 147.640.000,00 Essa receita VIROU PÓ! Já os ROYALTIES, que é contribuição mensal, era de 16/17 milhões-mês. Caiu pra 7 milhões, e há três meses atrás estava a 5 milhões agora melhorou um pouco. Exemplo: antes 16 milhões X 12 meses = R$ 192 milhões. Agora 7 milhões X 12 meses = 84 milhões PERDA NO ANO R$ 108.000.000,00 + a perda com as trimestrais que foi de R$ 147.640.000.00 = PERDA GERAL COM O PETRÓLEO NO ANO R$ 255.000.000.00 ( DUZENTOS E CINQUENTA E CINCO MILHÕES DE REAIS), mais de 20 milhões ao mês! 

Há anos, quando a arrecadação de royalties era ainda bem mais alta, a cidade adquiriu uma grande infraestrutura de serviços, através da qual atendia até mesmo pessoas vindas de outras cidades da região. Foram construídos sete hospitais e uma UPA e, na Educação, a cidade abraçou até mesmo o ensino médio, que é competência do governo do estado. Com a queda da arrecadação, logicamente não seria possível manter toda essa infraestrutura com a mesma qualidade de atendimento. O prefeito, ciente de que o fechamento de um hospital ou escola representa uma perda definitiva e irrecuperável para uma população, optou por seguir com a escola de ensino médio e não fechar nenhum hospital. Dessa forma, os atendimentos caíram em qualidade mas poderão melhorar quando essa crise passar, enquanto que a perda de um destes hospitais poderia talvez ser algo irrecuperável no futuro.

O prefeito deu explicações importantes sobre vários temas. Respondeu a todas as questões com segurança. Quando perguntado pela repórter se tinha vergonha pelo fato da cidade estar passando por essa situação, disse que se envergonha do que está acontecendo pelo fato de ter realizado tanto pela cidade em seus governos passados (inclusive tendo ficado conhecido nacionalmente como o prefeito que transformou uma cidade) e agora ser o prefeito incumbido de estar a frente da prefeitura justamente nesse período crítico. Por fim, destacou que o fato de não ter conseguido mudar essa situação não significa derrota nem fim de sua participação política, pois ano que vem, com o novo prefeito, a população terá a chance de perceber que essa situação crítica não é fruto de má gestão, e sim consequência da queda brusca de arrecadação.

Cliquem na foto abaixo para assistir à entrevista:




Luciana G. Rugani

terça-feira, 11 de outubro de 2016

1º DIA DOS EVENTOS DO MÊS DE OUTUBRO - PROJETO DESTINO & EDUCAÇÃO

Hoje participei do 1º dia dos eventos do mês de outubro, do projeto Destino & Educação 2016.

O evento é uma iniciativa da Revista DESTINOS SERRA & MAR, em parceria com o Geribá Tennis Park, e as Secretarias de Educação, Cultura e Turismo de Duas Barras.

Entre as diversas apresentações e palestras que aconteceram (clique aqui para ver a programação completa), gostaria de destacar o painel "Desafios e Tendências no Turismo de Acessibilidade". Participaram do painel os secretários municipais de Turismo de Resende, Antônio Leão, e de Duas Barras, Francisco Vasconcellos, e também alguns empresários do setor hoteleiro de Búzios. Estavam presentes também artistas da APBP - Associação dos Pintores com a Boca e os Pés - cujos trabalhos, belíssimos quadros retratando paisagens de Búzios, estarão expostos durante os dois dias do evento.

Foram debatidos assuntos pertinentes ao turismo e acessibilidade, a importância da participação do poder público, mas também dos empresários e da sociedade civil. Foram relatadas algumas atitudes de empresários que, através do exemplo, conseguiram incentivar colegas a mudarem alguns hábitos e adquirirem uma postura mais colaborativa com a limpeza da praia onde têm seus estabelecimentos. Também achei interessante a colocação de um dono de pousada de Búzios, que disse ter investido em treinamento para que seus funcionários pudessem oferecer um melhor atendimento à pessoa idosa. Durante o treinamento, foram simuladas condições através das quais os funcionários viam-se na situação da pessoa idosa com certa dificuldade, como, por exemplo, dificuldade para andar, entre outras. Seus funcionários nunca mais veriam a pessoa idosa da mesma forma. E obteve sucesso, pois, além de eles terem conseguido dar melhor atendimento ao idoso, os próprios funcionários se entusiasmaram pelo tema e solicitaram novos treinamentos sobre o assunto.
O artista plástico Marcelo Cunha citou cidades exemplo de acessibilidade, como Viena (Áustria), e falou sobre vários problemas que o deficiente enfrenta nas cidades brasileiras. Destacou que, além de se ter uma rua acessível e um ônibus adaptado, também é essencial que se prepare o motorista para lidar com a pessoa com deficiência, pois pouco adianta ter, por exemplo, o ônibus adaptado e um motorista que não para o veículo adequadamente junto ao passeio, ou que não ajuda com cuidado no transporte da pessoa para entrar ou sair do veículo. 

Assisti também à palestra de Antônio Leão, secretário de turismo de Resende, que expôs sobre os avanços da acessibilidade em sua cidade e também sobre a importância do turismo como atividade econômica. Em Resende, cidade conhecida por possuir um amplo parque industrial, várias indústrias tiveram que reduzir seu quadro de funcionários devido à crise. Muitos destes funcionários foram então treinados para exercerem atividades nas pousadas e restaurantes, como garçons, recepcionistas, etc. O incentivo ao turismo foi o que colaborou para amenizar os graves efeitos do desemprego.

Foi uma tarde muito enriquecedora e, principalmente, uma boa oportunidade para conhecer de perto os artistas da APBP, que nos brindaram com pinturas ao vivo durante o intervalo das palestras.

Amanhã será o segundo e último dia do evento, com início dos trabalhos às 14 horas, no Geribá Tennis Park, em Búzios. Todos estão convidados!

Vejam algumas fotos abaixo:

Eu e Marta Queiroz, Diretora Executiva da Revista Destinos Serra & Mar
 
Marcelo Cunha, pintor com os pés, fala sobre acessibilidade
João Paulo, pintor com os pés



Eduardo (Ado), pintor com a boca
Artesanato



painel "Desafios e Tendências no Turismo de Acessibilidade"
Quadros dos artistas da APBP 

Texto: Luciana G. Rugani
Fotos: Hairon Hebert / Marta Rocha

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

PASSEIO CICLÍSTICO EM SÃO PEDRO DA ALDEIA

Acontecerá no próximo domingo (09), o Passeio Ciclístico em comemoração ao Dia das Crianças, na cidade de São Pedro da Aldeia.
A concentração será às 08:00 na praça Hermógenes Freire da Costa (Praça da Praia). 
Venha participar e traga um brinquedo para doar. Os brinquedos arrecadados serão doados para a ONG "Patotinhas da Aldeia".
Haverá sorteio de brindes, inclusive de uma bike!
Vamos lá, pessoal!!

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

II EDIÇÃO DO CÃOMINHADA AGITA ORLA DA PRAIA DO FORTE

Os peludinhos de quatro patas vão agitar a Orla da Praia do Forte nos dias 08 e 09 de outubro com a II edição do Cãominhada em Cabo Frio. A Prefeitura de Cabo Frio está apoiando o evento.



Serão dois dias diferentes onde os donos levarão seus cachorros para uma caminhada destinada a eles, saindo da Praça em frente ao Teatro Municipal indo até a Duna Preta. No dia 08 (sábado) a concentração do evento está marcada para as 10h. Já no dia 09 (domingo), foi marcado para as 11h.

O objetivo da Cãominhada é arrecadar fundos destinados aos cuidados com animais abandonados, campanhas coletivas de castração, medicamentos e rações.

Texto: Marianne Rodrigues
Foto: Divulgação

terça-feira, 4 de outubro de 2016

COMENTÁRIOS RELEVANTES NA MINHA POSTAGEM SOBRE AS ELEIÇÕES EM CABO FRIO



COMENTÁRIOS RELEVANTES RECEBIDOS NA MINHA POSTAGEM INTITULADA "MINHAS CONSIDERAÇÕES SOBRE AS ELEIÇÕES EM CABO FRIO":


Ótimo!!! Um texto que diz tudo que uma pessoa que tem amor e respeito pela cidade de Cabo Frio e quer ver o bem desta cidade. Que tem respeito e consideração por um gestor que muito fez por essa mesma cidade.

Beth Marge4 de outubro de 2016 01:21
Texto claro de quem realmente contribui com sua observação, ama, reconhece e é grata! Gratidão seria o mínimo pela cidade, pelo governo que realmente ajudou a erguer Cabo Frio! Quero reconhecer e ser grata, vi esta cidade se modernizar, ser limpa e crescer bastante aos olhos estrangeiros, vi crescer economicamente no setor imobiliário ao se modernizar, vi se acessibilizar, e, digo, uma cidade acessível é para todos, e, quem sempre conheceu Cabo Frio há de não se esquecer disso!O que mais me chamou atenção foi a grande abstenção tanto aqui qto no Rio. É preciso ler esses dados e entender que o povo não está satisfeito com a classe política, o povo exige respeito e que se cumpra o prometido, pelo qual foi eleito. O voto não deveria de ser obrigatório, haveria respeito ao cidadão eleitor!

Blog Gloria Nunes4 de outubro de 2016 14:26
Boa Tarde Luciana G. Rugani! Verdadeiramente correta sua crônica. Alair Correa, foi e sempre será lembrado por esta população como um político visionário, o homem que transformou Cabo Frio na "capital da Região dos Lagos". Assino em baixo suas palavras... Mas, fidelidade, companheirismo e, sobretudo, honestidade, não se atribuem a determinados políticos.

GiedreValeika5 de outubro de 2016 00:28
Finalmente alguém consegue expressar em linhas toda a realidade dos verdadeiros acontecimentos.
Parabéns!!
Concordo plenamente!

Saúde Cabo Frio5 de outubro de 2016 15:13
ALAIR CORRÊA FOI E SEMPRE SERÁ O HOMEM QUE CONSTRUIU CABO FRIO ATRAVÉS DE MUITA LUTA, DOR, SOFRIMENTO MAIS ACIMA DE TUDO POR AMOR A CABO FRIO SE HOJE A CIDADE SE ENCONTRA NO ESTADO DESASTROSO NÃO É CULPA DELE, SEMPRE FOI GUERREIRO E NUNCA FUGIU DE UMA BATALHA / PARABÉNS ALAIR CORRÊA

Anônimo5 de outubro de 2016 17:31
Gente eu adoro o blog de Luciana,nos mantêm conectados com os acontecimentos.
Com relação à sua livre expressão de comentar sobre a ultima eleição, eu assino embaixo.
Infelizmente temos um povo que esquece ou se deixa vender por uma oposição indigna que só pensa em si próprio e nada com a cidade e o povo.
Esqueceram quem é Alair e o que essa cidade ganhou em seus governos,nesse último mandato pegou uma país em uma crise jamais vivenciada e quiseram o crucificar,porém é um político que sempre fez acontecer,que ama essa cidade e seu povo.
A oposição que nada faz para contribuir e procura denegrir a imagem de um político que ao falaram de Cabo Frio associasse imediatamente à Alair Corrêa.
É lamentável que um cidadão com tanto processo no STJ ainda se candidate e ganhe,o que é porque será? Evidentemente por meio escusos.
Eu creio na justiça divina e peço à Deus o melhor para nossa Cidade e povo é que nosso povo vote mais cosciente.
Luciana fica aqui meu apoio e carinho.
Eliane Campelo.


joão carlos5 de outubro de 2016 21:05
Eu vejo algo positivo na eleição do Ex-prefeito: Ninguém melhor que ele para receber com todo carinho a " HERANÇA MALDITA ", denominada PCCR deixada por ele nas mãos do ALAIR FRANCISCO CORREA. E agora? Qual será o discurso? Vai por a culpa no Lula, na Dilma ? Qual o conceito dele com SEPE? Vamos aguardar!!! É muito fácil bater no peito e dizer que é Deputado Federal; Maldade é ser "Deputado Federal" e pagar pra ver a cidade o quanto pior melhor para se eleger. ALAIR FRANCISCO CORREA, sempre será medida por cima. Lembro-me como se fosse agora, o Sr. Alair chegando em casa anunciando a nova aliança com os dissidentes do PDT, futuros aliados. Muito feliz, entusiasmado, sempre leal. Eu estava lá, na companhia do saudoso Curika. Por sinal, como era gentil! Tenho certeza que o ALAIR FRANCISCO CORREA nunca se arrependerá do bem que fez a essas pessoas, impulsionando-os na Carreira Pública. Isso é notório!!! Aqui fica minha solidariedade. Na alegria ou na adversidade, com pagamento em dia ou quando possível, minha admiração, reconhecimento e respeito será eterno. O Sr. conquistou minha amizade com um pequeno detalhe. Está sempre latente na memória...

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

MINHAS CONSIDERAÇÕES SOBRE AS ELEIÇÕES EM CABO FRIO


Gostaria de comentar com meus leitores um pouco sobre o resultado das eleições aqui em Cabo Frio.

Obteve mais votos o candidato impugnado Marquinho Mendes. O segundo lugar ficou com Dr. Adriano, sem dúvida a maior surpresa dessa eleição. 

Mais uma vez, temos a decisão final pendente de julgamento dos tribunais, porém dessa vez a situação é bem mais complicada, pois os motivos da impugnação são graves se levarmos em conta o recente entendimento do STF. Segundo tal entendimento, a Câmara de Vereadores é o órgão competente para julgamento das contas dos prefeitos, e a lei da Ficha Limpa aponta como inelegíveis os candidatos que tiverem suas contas rejeitadas. A Câmara Municipal rejeitou as contas de Marquinho Mendes do ano de 2012. Além disso, o candidato possui contra si declaração de inelegibilidade emitida em outros processos, porém houve interposição de recursos. O candidato possui algo em torno de cem condenações processuais. Só nos resta agora aguardar o julgamento dos recursos e a decisão final do Judiciário.

Eu, pessoalmente, não consigo entender por que, por exemplo, um candidato a concurso público, além de ter que preparar-se muito tecnicamente, ainda tem que apresentar nada consta e ter seu nome limpo, sem o qual não pode assumir o cargo, enquanto o candidato ao cargo político, com contas rejeitadas e tantas condenações, pode ter seu nome nas urnas. Não dá pra entender, só mesmo no Brasil. Também não entendo uma população, que diz querer justiça e clamar por mudança, votar neste mesmo candidato.

Quanto à votação para vereador, o meu candidato não entrou, ficou como 1º suplente. Algo que lamento muito, pois Marcello estaria politicamente em posição estratégica para fazer uma oposição fiscalizadora e com a sabedoria da experiência, além de ser uma pessoa íntegra e de caráter. Mas, vida que segue! Marcello terá agora um tempo para respirar, e depois recomeçar sua trajetória política no caminho que escolher. Que Deus o abençoe, torço por ele e tenho certeza de que poderá ainda dar grandes passos, se assim for da sua vontade.

Para finalizar, gostaria de comentar sobre as críticas que alguns candidatos vitoriosos vêm fazendo ao governo atual, candidatos estes que buscaram se beneficiar politicamente (e conseguiram) desta grave crise em que vivemos. Quero dizer que lamento que uma situação tão crítica tenha sido utilizada com o visível intuito de derrubar politicamente o prefeito Alair. Nunca percebi por parte destas pessoas uma atitude verdadeiramente colaborativa, um interesse realmente de sentar e propor sugestões para ajudar o governo e a população. Muito poderia ter sido evitado ou minimizado se a postura dessas pessoas tivesse sido mais de colaboração do que de ataque. O próximo governo também não será fácil, pois a realidade financeira da cidade mudou. Isso é fato. Reconheço que há sérios problemas, e, claro, podem ter havido equívocos, porém nada, eu digo nada mesmo, justifica o interesse de destruir politicamente uma pessoa que tanto realizou pela cidade como é o caso do prefeito Alair Corrêa. Não devemos esquecer que foi este homem que construiu tudo que temos hoje. Se eu moro no Braga, um bairro urbanizado e lindo, é porque foi este homem que o construiu e retirou dele os horríveis valões. Se a cidade hoje está entre as que obtiveram classificação "A" no turismo, é porque este homem a dotou da infraestrutura necessária para que ela assim fosse classificada. inclusive com aeroporto internacional, abertura de vias de acesso e avenidas. A cidade já foi classificada como a cidade mais limpa do Brasil, e isso foi devido ao projeto de setorização cromática implantado em seu governo passado, o que trouxe uma organização da limpeza sem precedentes. Só quem conheceu Cabo Frio antes dos primeiros governos de Alair é que sabe do que estou falando, a cidade se transformou, ganhou hospitais e escolas, e tornou-se a "capital da Região dos Lagos". Isso tudo e muito mais foi realizado por Alair Corrêa, então não acho justo estas pessoas terem aproveitado essa fase em que vivemos a amarga realidade da queda da arrecadação para simplesmente esquecer o que de bom foi feito e desconstruir politicamente o governante. Atitude muito mais digna teria sido a de adotar uma postura mais colaborativa e respeitosa com quem tanto realizou por Cabo Frio.

Fica aqui este meu desabafo, e meu desejo de que a população e essas pessoas a que me referi possam no futuro ter um pensamento político mais maduro e coletivo.

Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...