sábado, 12 de novembro de 2016

CABO FRIO: CELEBRIDADES EM 401 ANOS DE HISTÓRIA DO MUNICÍPIO

Há quase 401 anos, Cabo Frio era fundada e a história do município, que hoje é referência em turismo, tem capítulos importantes na trajetória. Na quinta matéria desta semana de aniversário, vamos conhecer alguns personagens que marcaram e ainda marcam essa cidade. 

A série especial vai mostrar personagens que fazem parte da história da 7ª cidade mais antiga do Brasil. São eles: Teixeira e Sousa (primeiro romancista brasileiro), o fotógrafo Wolney Teixeira e o pintor Carlos Scliar. E no grupo dos que ainda fazem história para Cabo Frio, estão o surfista Victor Ribas, o Jogador Leandro do Flamengo e o bailarino David Motta Soares.



Pioneiro na luta literária pela independência no Brasil, percurso no período romancista, Teixeira e Souza era fascinado por Cabo Frio, cidade natal, e descreve em detalhes (A Providência), os costumes, tradição e os hábitos sócio- religiosos das pessoas de sua região e cantigas populares de seu tempo de jovem na cidade. 



Outro nome que marcou a história de Cabo Frio com seus registros dos monumentos da cidade, acontecimentos e personagens da cultura local foi o fotógrafo Wolney Teixeira.



O pintor modernista, Carlos Scliar, nasceu em Santa Maria da Boca do Monte, mas viveu e trabalhou por 40 anos em Cabo Frio. No sobrado do século XVIII onde Scliar morou há uma exposição permanente de obras, processo de criação e hábitos, localizado às margens do Canal Itajurú.



Iniciando o time de quem ainda faz parte da cidade está o sufista, Victor Ribas, detém o melhor resultado verde-amarelo da história do WCT, conquistado em 1999, quando ficou em terceiro na temporada. Devido aos desempenhos nas pranchas, foi homenageado com uma estátua em Cabo Frio, cidade natal, em 2003, junto com o craque, Leandro, ex-lateral-direita que defendeu o Clube de Regatas do Flamengo e a Seleção Brasileira na década de 1980 e é um cabofriense dono de inúmeros títulos. 



Finalizando a série especial, David Motta Soares, bailarino de Cabo Frio que foi o primeiro do Brasil a se formar no balé Bolshoi, na Rússia, uma das maiores e mais reconhecidas equipes de dança do mundo, com apenas 18 anos.



Essas celebridades citadas, além de muitas outras, são nomes que fazem parte do dia a dia e que são marcas registradas da memória dos 401 anos do município de Cabo Frio. 

Texto: Marianne Rodrigues 
Fotos: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...