terça-feira, 27 de dezembro de 2016

PALAVRAS PARA O FIM DO ANO

 
 
Aproxima-se o fim de 2016. 

Mais um ano em que tivemos a oportunidade de dar o nosso melhor em todas as atividades a que nos propusemos, em todas as relações que cultivamos e em todos os lugares aonde fomos.

Final de ano é apenas fim e início de etapas, assim como acontece a cada anoitecer e despertar dos dias. E nesse vai e vem, nessa onda atrás de onda, somos "trabalhados" por Deus por meio das diversas ferramentas que são colocadas em nosso caminho, quais sejam os conflitos e obstáculos que enfrentamos durante o ano.

Não é hora de nos atermos àquilo que não pudemos resolver e ficarmos ressentidos. Precisamos entender que tivemos a oportunidade de fazer o melhor que nos era possível, e assim fizemos dentro de nossas possibilidades e capacidades de seres humanos em aprendizado. Persistimos, seguimos em frente, aceitamos o trabalho de Deus em nós. Então agora é hora de deixarmos para trás o que não vale a pena carregarmos, como a tristeza, a mágoa, a raiva, ressentimentos e levarmos a bagagem da experiência vivida para que daqui pra frente possamos nela refletir, assim como o estudante faz sobre a matéria que estuda, usando nossa razão para analisar os fatos sem o peso de uma carga emocional desnecessária e enxergando os fatos como eles são. Só assim poderemos sublimar a experiência vivida convertendo-a em ganhos para nosso espírito. As dificuldades vividas são o "material" que levaremos para aprendizado e assim nos tornaremos mais fortes e sábios, mas para isso é preciso que tenhamos a humildade para com Deus de permitir que deste trabalho dEle em nós surjam frutos que nos tornem verdadeiramente dignos de sermos chamados "filhos do Criador".

Vale a pena esquecer os comentários maldosos de pessoas que não têm o mínimo direito de opinar sobre nós e o fazem somente por maldade; esquecer as incompreensões daqueles que se acham puros, sempre prontos a julgar o outro; esquecer os descasos, os mínimos gestos que revelam desprezo e inveja; esquecer todos aqueles que nunca nos aceitaram e deixar pra trás o que nunca prestou nem pra nem para companhia.

Seguir em frente é aceitar viver o dia seguinte, é caminhar livre de expectativas e pressões, sem importar-se com o  julgamentos dos outros.

Que todos os amigos e leitores possam então seguir em frente em 2017, aprimorando-se a cada dia ou pelo menos buscando se aprimorar. Que seja um ano de mais amor e menos desprezo, mais compartilhamento e menos disputas, mais compreensão e mais perdão.

Luciana G. Rugani

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

CABO FRIO É DESTAQUE EM MATÉRIA DE MINHA AUTORIA NA REVISTA "DESTINOS SERRA & MAR"

Em agosto passado, postei aqui no blog alguns artigos da Revista "Destinos Serra & Mar" em que Cabo Frio foi destaque através de projetos cidadãos desenvolvidos na cidade. Agora novamente nossa cidade é matéria na revista, desta vez por seu potencial turístico. 

A edição 19 da revista, publicada hoje, traz uma matéria de minha autoria em que tracei um breve perfil turístico da cidade. 

Cabo Frio é uma cidade linda, com belezas naturais indescritíveis, e possui um potencial incrível a ser desenvolvido. Não podemos esquecer que a cidade permanece com suas preciosidades naturais, sua história e com seu nome nos roteiros turísticos, e por isso merece que, como cidadãos, saibamos valorizar esse tesouro acompanhando, cuidando com atenção e carinho, preservando sua natureza e incentivando ações cidadãs que possam engrandecê-la ainda mais.

As fotos da capa e da matéria são do amigo e parceiro Eduardo Cerqueira, outro apaixonado pelas belezas de nossa cidade.

Abaixo segue imagem do meu artigo e o texto:




Cabo Frio - destino classe A 

Cabo Frio, município fluminense localizado na Região dos Lagos, ficou entre as 51 cidades brasileiras que obtiveram classificação “A” no Mapa do Turismo Brasileiro, produzido pelo Ministério do Turismo. O mapa é um instrumento de orientação do ministério para elaboração das políticas públicas no setor do turismo, e em sua elaboração foram analisadas 2075 cidades com interesse turístico.
Para Cabo Frio, a obtenção da classificação “A” vem confirmar que a cidade permanece muito atrativa e que possui uma boa infraestrutura turística, como, por exemplo, hotéis e pousadas de qualidade. Além disso, vale destacar o perfil turístico diversificado da cidade. Cabo Frio possui opções para todos os gostos e estilos.
Para os que se interessam pelo turismo histórico-cultural, a cidade (com 400 anos de fundação e considerada a sétima cidade mais antiga do país) ainda possui espaços de pura história, onde nos sentimos como que transportados no tempo, como é o caso do Largo de São Benedito, no bairro da Passagem, com seus casarões antigos. Há também o Forte São Matheus, construção de 1615, na Praia do Forte, principal ponto turístico da cidade; o Conjunto Arquitetônico Nossa Senhora dos Anjos, localizado no Largo Santo Antônio, que compreende o Convento Nossa Senhora dos Anjos  (onde hoje situa-se o MART – Museu de Arte Religiosa e Tradicional, uma das mais ricas expressões da arquitetura colonial do país) e a capela do Morro da Guia, repleta de lendas e histórias da época; a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção; a Casa de Cultura José de Dome (Charitas); entre outros importantes monumentos, além de vários sítios arqueológicos, os famosos sambaquis.
Para quem prefere o turismo ecológico, há trilhas para caminhadas, algumas quase que desconhecidas até mesmo para antigos moradores. Caminhadas são periodicamente organizadas por praticantes através das trilhas do Parque Estadual da Costa do Sol, nas proximidades da Praia das Conchas, Ilha do Japonês e Praia do Peró.
Os pontos turísticos mais famosos nacionalmente e internacionalmente são as belíssimas praias de areia branca e águas claras. A Praia do Forte e sua belíssima orla é o cartão postal da cidade. Em sua extensão temos a Praia das Dunas e Praia do Foguete, também belíssimas.  A Praia das Conchas e a Praia do Peró são consideradas índice zero de poluição, inclusive, recentemente, a Praia do Peró foi inscrita como candidata à certificação internacional de praias “Bandeira Azul”.
A cidade possui também ótimos restaurantes, até mesmo de nível internacional. Anualmente, por volta do mês de setembro, acontece o Festival de Sabores, com a participação de cerca de 40 restaurantes com seus mais deliciosos pratos.
Para fazer compras, além dos estabelecimentos comerciais comuns do centro da cidade, há o shopping convencional e também o Shopping Gamboa, a famosa “Rua dos Biquínis”, conhecida internacionalmente como a maior rede de moda praia do Brasil e a primeira e única rua no mundo que concentra lojas exclusivas de moda praia.
O turismo é a vocação natural de Cabo Frio, uma cidade rica de potenciais e privilegiada pela natureza. Talvez por ser uma cidade cujo desenvolvimento deu-se pelo aporte de pessoas das mais variadas localidades e culturas, ali a criatividade naturalmente reina. É um terreno próspero para a arte, beleza e cultura, nas suas mais diversas manifestações. Isso sem falar na inspiração natural que suas belas paisagens nos oferecem. Esta é a "cara" de Cabo Frio.
Luciana G. Rugani

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

MENSAGEM DE NATAL DO BLOG "CANTINHO DAS IDEIAS (CARPE DIEM LUCIANA)"

  

A cada ano percebo que intensifica o chamado para que despertemos para o verdadeiro significado do Natal. O mundo chora, com tantos conflitos, tantas dificuldades. E sabemos que tudo isso só está acontecendo devido ao distanciamento dos seres humanos do real sentido de nossa vida na Terra.

Somos seres eternos vivendo uma vida passageira, mas vivemos como se fôssemos passageiros vivendo a eternidade na Terra. Se algo ruim nos acontece, logo partimos para a ofensa e agressão e, ao invés de gastarmos nossa energia na busca de soluções, prontamente nos pomos a buscar culpados, multiplicando assim ainda mais as sementes de ódio. E agindo assim vamos na contramão de tudo que nos foi ensinado na mensagem daquele cujo nascimento comemoramos no Natal.

Quantas vezes Jesus nos pediu para amar, perdoar e espalhar o bem! Quantas vezes ele nos mostrou quais são nossos verdadeiros tesouros!  Mas o ser humano só veio se distanciando dessas Verdades, e assim colhendo dores em seu caminho. 

Os momentos críticos são frutos de ações da humanidade mas Deus permite que aconteçam para que possam servir de oportunidade para o despertar da consciência de que já passa da hora de exercitarmos as virtudes pregadas por Jesus, entre elas o amor, perdão, tolerância, paciência. Agressão, ofensas, revolta, vingança, nada disso ajuda a resolver um problema. Apenas agrava-o ainda mais e turva as potencialidades do intelecto que poderiam ajudar na busca de soluções.

Que neste natal possamos acordar para seu verdadeiro sentido: o nascimento de Cristo. Não são as condições materiais, a riqueza ou pobreza de bens, nada disso. Jesus nasceu e viveu uma vida inteira nos mostrando que os verdadeiros bens são do Espírito e são o tesouro que levaremos eternamente conosco. Então, que ele possa renascer em nós neste natal, através de suas virtudes e exemplos. Claro que ainda não conseguiremos agir como ele, mas já temos condições de ter essas virtudes como princípios em nossas vidas, de parar para refletir e buscar ao máximo balizar nossos passos e nossas ações em seu ensinamento. 

Que neste natal o principal ingrediente que não falte para as famílias seja a união em oração de gratidão a Deus pelas bençãos que Ele nos concede a cada dia. Que a maior alegria seja a troca de abraços, de carinho e de perdão. Que estes sejam os "bens" mais procurados na sociedade, pois só assim a verdadeira alegria permanecerá em nossos corações.

Um feliz natal, Paz e Luz!

Luciana G. Rugani

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

DADOS DA ANFIP - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - SOBRE A PREVIDÊNCIA SOCIAL

A previdência social é uma caixa preta da qual os dados são revelados de forma parcial ou tendenciosa, são omitidos ou até, de certa forma, distorcidos na sua essência.

Enquanto o governo federal gasta recursos públicos para veicular na grande mídia um informativo fraco, com exclusiva finalidade de fazer propaganda dessa reforma que na verdade visa acabar aos poucos com direitos conquistados a duras penas pelos trabalhadores brasileiros, é importante que nos informemos melhor da real situação.

A verdade é que a corrupção não acabou, não vai acabar, vai continuar sendo essa doença crônica que é em nosso país, e os direitos vão se perdendo a cada reforma. Isso que está acontecendo e que tende a periodicamente acontecer daqui pra frente.

"De acordo com a Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil), que anualmente divulga os dados da Seguridade Social, não existe deficit, pelo contrario, os superavits nos últimos anos foram sucessivos: saldo positivo de R$ 59,9 bilhões em 2006; R$ 72,6 bilhões, em 2007; R$ 64,3 bi, em 2008; R$ 32,7 bi, em 2009; R$ 53,8 bi, em 2010; R$ 75,7 bi, em 2011; R$ 82,7 bi, em 2012; R$ 76,2 bi, em 2013; R$ 53,9 bi, em 2014".http://noticias.r7.com/economia/deficit-do-inss-e-ficticio-e-fruto-de-manipulacao-de-dados-diz-confederacao-dos-aposentados-08122016"


Vale a pena assistir ao vídeo abaixo postado pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil. 


Luciana G. Rugani

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

ATENÇÃO! PESSOA DESAPARECIDA. VAMOS DIVULGAR!


Caros leitores e amigos, 

Daniel Souza saiu de casa dia 30/11 por volta das 17:00 e até então ninguém mais teve notícias. 
Vamos compartilhar para ajudar a encontrá-lo.
Qualquer informação, entrar em contato no tel.: (22)99229-6971

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

ATENÇÃO! PESSOA DESAPARECIDA. VAMOS AJUDAR A DIVULGAR!


Caros leitores e amigos, 
vamos ajudar a divulgar o desaparecimento do filho da amiga Solange São Pedro.
Ele saiu de casa dia 30/11 por volta das 17:00 e até então ninguém mais teve notícias. O nome dele é Daniel Souza, e sumiu junto com o carro em que estava.  O carro é um SIENA BRANCO PLACA LQP1745.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

IMPORTANTE: NOTA DA PRR3 SOBRE A VOTAÇÃO DAS 10 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO

por Luciana G. Rugani - No Brasil infelizmente é assim: quando uma instituição resolve cumprir seu papel realmente como deve ser, trabalhando e realizando as ações que tem por dever realizar, logo vêm as ameaças, jeitinhos e armações para inviabilizar. É isso que esse congresso está tentando fazer com instituições como o Ministério Público, a Polícia Federal, e também com o Judiciário. 
Precisamos estar atentos, pois, pela primeira vez na história do nosso país, temos a prisão de corruptos e apuração de esquemas bilionários de corrupção, e isso não pode parar. Já passa da hora desta doença, este hábito nocivo e podre da corrupção ser banido da administração pública brasileira. O gestor público, os legisladores, administradores, empreiteiros, enfim, todos os participantes destes esquemas são sujeitos ativos de crimes gravíssimos pois é justamente por suas ações perversas que a cada dia nós brasileiros temos menos oportunidades de trabalho, de atendimento de saúde, de educação, de segurança. A cada dia eles, indiretamente, matam projetos, oportunidades, matam pessoas que morrem nas filas de atendimento e matam o futuro dos jovens. Além do que, seus esquemas abrem espaço, fortalecem e colaboram com o poder paralelo, as drogas e a violência.
Abaixo segue nota da Procuradoria Regional da República - 3ª região sobre a votação das 10 medidas contra a corrupção, que aconteceu na última terça-feira. A procuradora-chefe da PRR3 se manifesta contra o resultado da votação do PL 4850/2016 que, além de descaracterizar as medidas apresentadas, ainda incluiu um dispositivo que tem claro objetivo de intimidar e enfraquecer o Ministério Público e o Judiciário:


Nota da PRR3 sobre a votação das 10 Medidas contra a Corrupção


Nesta terça-feira (29/11), assistimos ao Plenário da Câmara dos Deputados aprovar emendas e substitutivos que desfiguraram completamente as 10 Medidas Contra a Corrupção. O projeto das 10 Medidas teve um apoio maciço da sociedade brasileira. Foram mais de dois milhões de assinaturas colhidas, que demonstram o apoio popular das propostas.

Os deputados, no entanto, não se sensibilizaram sobre a importância das 10 Medidas Contra a Corrupção. Em votação do PL 4850/2016, nesta terça, o que vimos foi o país entrar em marcha a ré no combate à corrupção. Pontos importantes foram excluídos pela Casa Legislativa, tais como a tipificação do crime de enriquecimento ilícito, as mudanças na prescrição de crimes e a facilitação do confisco de bens oriundos de corrupção.

Há duas semanas, esta Procuradoria Regional da República noticiou que o STF reconheceu o trânsito em julgado para o ex-senador Luiz Estêvão e para o empresário Fábio Monteiro de Barros, no processo criminal por desvio de verbas do TRT/SP. Dezesseis anos após a propositura da ação, que foi incluída no programa Justiça Plena, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em razão da extrema morosidade da ação e o risco iminente de prescrição. A aprovação das 10 Medidas era uma esperança que casos como esse não se repetissem, pois um de seus intuitos era assegurar que a estratégia do abuso do direito de recorrer deixasse de ser um instrumento de impunidade.

Não é mais o que se pode esperar, a partir da votação da Câmara. Além de excluir medidas importantes, o Plenário foi além e incluiu uma proposta que coloca em risco o funcionamento de duas instituições essenciais no combate à corrupção: o Ministério Público e o Poder Judiciário. Essa proposta sujeita promotores, procuradores e juízes à punição por crime de responsabilidade.

Hoje, uma síntese do efeito da votação das 10 Medidas registra que o que havia de melhor no projeto foi excluído, e medidas que pretendem constranger a atuação de juízes, promotores e procuradores foram incluídas. Isso porque a emenda aprovada tem o claro objetivo de intimidar e enfraquecer o Ministério Público e o Judiciário.

Diante de tudo isso, vemos que as 10 Medidas Contra a Corrupção não existem mais. Como apontou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Ministério Público Brasileiro não apoia o texto que restou após a votação. Um texto que, aprovado na Câmara, vai agora para o Senado.

A Procuradoria Regional da República da 3ª Região, assim como todas as demais instâncias do Ministério Público, seguirá sua trajetória de luta contra o desvio de dinheiro público. E conta com a atenção da sociedade, para que não permite que esse retrocesso se concretize, o que significaria uma marcha totalmente invertida do espírito original das propostas que, de combate à corrupção, se tornariam um estímulo maior à impunidade.

Maria Cristiana Simões Amorim Ziouva
Procuradora-Chefe
Procuradoria Regional da República da 3ª Região


Fonte: http://www.dezmedidas.mpf.mp.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...