segunda-feira, 23 de maio de 2016

CONSIDERAÇÕES SOBRE AS CONSTANTES GREVES NA CIDADE

A Constituição Federal garante direito de greve e direito de livre expressão e manifestação. E é saudável para uma sociedade que assim seja.

O problema que vemos em Cabo Frio é que infelizmente a política (não a "Política", com P maiúsculo, mas sim a "política" que visa disputa por interesses personalistas) impregnou e tomou conta de tal forma de movimentos e instituições, que abusos se fazem visíveis e acabam manchando movimentos antes legítimos.

Ter bom senso é fundamental na busca de soluções. A luta por direitos é legítima, direitos devem ser respeitados. Mas várias ações já deixaram clara a influência política opositora. O governo expôs a situação financeira do município em diversas oportunidades, seja em entrevistas, seja em reuniões com os sindicatos. E não se viu, nessas reuniões, a presença de nenhum destes pré-candidatos oposicionistas (frequentemente vistos nas manifestações) para propor soluções e colaborar efetivamente para a resolução dos problemas. Comparecem às manifestações para incentivar, sem pudor, a violência e destruição do patrimônio público; aos movimentos em dia de votação da Câmara; mostram sua presença também através do patrocínio dos movimentos, mas nos momentos de apresentação de ideias e busca de soluções eles desaparecem.

Isso tudo que temos observado nos leva a lamentar a situação, pois ver os alunos irem para as ruas e, na ilusão de estarem lutando por seus direitos, serem manipulados em função dos interesses políticos dessas pessoas  é muito triste e deprimente para a Educação, área que merece amplo e total respeito, que conta em sua maioria com profissionais íntegros e competentes, porém reféns das decisões deste pequeno grupo de profissionais que controla o sindicato segundo as diretrizes de pré-candidatos da oposição.

Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...