quarta-feira, 1 de março de 2017

OCASO DAS ILUSÕES

Por do sol em Cabo Frio

Tal como o sol poente,
que furta o brilho do dia,
assim é o fim do que nunca existiu,
o último ato da peça encenada,
o ocaso das ilusões
e dos sonhos sonhados.
Resta o choque de ver o ser que não é,
o grito mudo das palavras falsas
e o desprezo dos que não sabem amar.

Luciana G. Rugani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...