sexta-feira, 2 de novembro de 2018

REFLEXÕES: AMIZADE X OPINIÃO


Observando as redes sociais, principalmente postagens que falam que a pessoa deixou de admirar outra pela escolha política diferente e que, justamente por ter perdido a admiração, deixou ir pelo ralo também a amizade, fica a pergunta: que admiração é essa cuja raiz não está no ser, não está nas características pessoais, e sim em suas escolhas? Se ela escolhe um caminho diferente, a admiração acaba?
 
Que amizade é essa que só existe quando as escolhas são as mesmas? Só haverá possibilidade de amar aquele que pensa exatamente como nós? Que amor é esse que vive de condições?

A cada dia mais me convenço de como pessoas assim são controladoras. Podem até ter um jeito educado, doce de lidar com outros, mas só sabem querer bem a quem é de sua "panela" no modo de pensar, nas ideias e nas escolhas políticas. Buscam controlar o outro pela emoção, e sabem pouco sobre o que seja amar. Amar o(a) amigo(a) dando liberdade para que ele(a) seja quem se é, escolha o caminho que escolher ou tenha as ideias que tiver.
  
As relações carecem de mais verdade, as pessoas carecem de mais personalidade que permita conviver com o outro sem medo, sem vergonha de estar ao lado só pelo fato do outro ter suas próprias ideias e escolhas. Falam tanto em "diferentes" mas não percebem que são os primeiros a praticar a discriminação ao abrirem mão da convivência e da amizade somente pelo fato do outro ser ele mesmo, ter suas próprias ideias e escolhas.
  
Triste perceber tanta imaturidade emocional.

Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...