quinta-feira, 1 de setembro de 2011

AMAR


Amar não se limita no tempo
Amar é permanente modo de vida
Amo quando me encanto,
com a vida que desperta,
com a natureza que teima em vencer.
Amo quando abro as portas do meu mundo
e, sem medo, deixo entrar novas histórias.
Amo quando me mantenho de pé
ainda que o chão pareça faltar.
Se amo, tenho forças para continuar
Quando amo, não tenho por que parar.
Amando me liberto do jugo das convenções,
dos sorrisos vazios que ocultam dores,
das palavras sem alma que escondem rancor.
Quando amo, sou mais forte para me libertar
de tudo que me leva para trás,
de tudo que me estaciona e me faz sofrer.
Liberto os que amo,
deixo-os livres para serem o que são.
Celebrar, entusiasmar, buscar...
acima de tudo,
AMAR.

Luciana G. Rugani

Um comentário:

  1. Escrever é um dom.
    Fica muito melhor quando a mão é ajudada pelo coração.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...