Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 3, 2012

A ROSA

por Hairon Herbert de Freitas
Inclinando para o lado, rosa observa o canto do pássaro em repetidas vezes e agradece pelo doce beijo das abelhas e dos beija-flores.
Mas, não foi sempre assim...
Um dia, no canto de um jardim simples e bem tratado, o jardineiro, com o olhar tranqüilo e atencioso, observando os insetos, retirando as pragas que insistiam nas plantas, notou um botão de rosa que desabrochava de uma bem tratada roseira.
Ficou alegre e, mais uma vez na sua vida, na expectativa. Mais parecia um médico, preocupando-se até com o vento que arejava as plantas. Nos momentos de sol escaldante, ficava a pensar numa forma de protegê-las.
Passaram-se três dias e uma linda rosa acorda, depois de botão.
Logo começa a chegada dos visitantes da natureza, sentindo seus corações alegres e agradecidos pela beleza que invadia o jardim.
Ela, por vez, sentia-se vaidosa e forte, desfilando em torno do próprio corpo a beleza que exprimia.
Teve um que tentou levá-la para um vaso, mas o jard…