quarta-feira, 13 de novembro de 2013

PARABÉNS, CABO FRIO, POR SEUS 398 ANOS!!


Hoje é aniversário da cidade de Cabo Frio, que completa 398 anos.

Conheço e visito a cidade com frequência desde criança, e acompanhei todo o seu desenvolvimento. No aniversário do ano passado, recebi da Câmara Municipal da cidade o título de cidadã cabofriense, o que muito me honrou, me emocionou e me alegrou. Costumo dizer que o título que recebi veio oficializar uma antiga situação já existente de fato, pois, para mim, o ser ou não ser cabofriense sempre esteve muito mais relacionado ao interesse e afinidade com o local do que propriamente com o nascimento ou mesmo com o título concedido. Isso porque Cabo Frio é uma cidade que contém na essência de seu desenvolvimento a participação crescente de pessoas de diversos locais.

Desde os anos 70, quando se intensificou o crescimento do mercado imobiliário e do turismo na cidade, que é alto o seu crescimento migratório. Isso foi essencial para seu desenvolvimento.  É grande, por exemplo, o número de comerciantes mineiros, donos de pousadas, hotéis, restaurantes, construtoras, etc., assim como o de cariocas. 

É tão evidente esta característica cosmopolita intrínseca da cidade e de sua história, que até mesmo a letra de seu hino a explicita. Eis o trecho: "Forasteiro, não há forasteiro, Pois nesta terra todos são iguais..." Vitorino Carriço, ao retratar essa característica no hino, destaca-a e a coloca em alto grau de importância, como algo a ser realmente levado em conta e respeitado pela população. Costumo dizer que Vitorino Carriço certamente compartilharia do pensamento do filósofo Sócrates, também bastante avançado para sua época, o qual se autodenominava "cidadão do mundo".

Uma cidade privilegiada pela natureza, e onde o desenvolvimento foi todo construído por pessoas vindas das mais variadas localidades e culturas, é uma cidade onde a criatividade naturalmente reina; é um terreno próspero para a arte, nas suas mais diversas manifestações; para estabelecimentos comerciais inovadores, que possam trazer um pouco do que há de melhor nos estados de origem; e tudo o mais que a criatividade permitir. Enfim, o caráter de diversidade na constituição de sua população incentiva potencial para todos, esta é a "cara" de Cabo Frio. 

Possivelmente, talvez haja alguma parte tradicional da população da cidade que ainda se amedronte com o novo, que tema o convívio com as diferentes culturas, ideias e modo de ser. Isso é normal, principalmente em cidades interioranas. Costuma ser uma pequena porção populacional que insiste em distinguir preconceituosamente as pessoas por sua naturalidade, preferindo olvidar que a cidade se desenvolveu com as diferentes culturas e que simplesmente não sobrevive mais sem elas. Sabemos que há muitos cabofrienses natos de destaque, que deixaram marcas na história da cidade, mas sabemos também que existem muitos cabofrienses de coração que também fizeram e fazem a diferença no seu desenvolvimento. Hoje nosso mundo está cada vez mais sem fronteiras, tudo muito rápido e dinâmico, muito diferente da época em que cidades passavam anos e anos com a mesma paisagem, os mesmos problemas, sem renovação, sem melhorias. A transformação acelerada da sociedade mostrou que só mesmo com dinamismo, abertura para o novo e portas abertas para o outro é que torna-se possível o desenvolvimento. Há como um trator passando por cima dos valores estagnantes e bloqueadores de uma sociedade. Este é o panorama de hoje, e sem volta, em nossas cidades. 

Penso que será verdadeiramente cabofriense aquele portador de uma afinidade profunda com a cidade que o leve a ter com ela uma relação onde prevaleça sempre, acima de tudo, o interesse de que seja uma cidade cada vez melhor e com mais qualidade de vida para todos que adentrarem seu território; aquele que dedique todo o respeito e cuidado com seu tesouro natural, que é a sua belíssima natureza; e que ajude a soprar a semente do amor e dedicação à cidade impulsionando as boas ideias de forma a expandir ao futuro a consciência de uma vivência realmente cidadã.

Para comemorar esta data, todos os anos costumo fazer poesias. Desta vez resolvi fazer uma revista virtual com fotos antigas da cidade, verdadeiros registros históricos do quanto que a cidade se desenvolveu e modificou seu visual com o passar dos anos. É uma viagem no tempo. Basta clicar na foto abaixo e a revista aparecerá. A partir daí, pode-se folheá-la à vontade.

O que me une a esta cidade está acima de qualquer situação, pois foi a afinidade por ela verdadeiramente sentida que brotou em meu coração e fez com que naturalmente se concretizassem nossos elos de ligação. É um sentimento antigo, que nenhum percalço no caminho será capaz sequer de arranhá-lo. É algo derivado do livre sentir e livre escolher, e eu escolhi prosseguir com minha vida em Cabo Frio, cuidando, observando e buscando o que for melhor para a cidade, e isso nada poderá mudar.

Parabéns, Cabo Frio! Feliz aniversário!

fotos: facebook do perfil Praia do Peró ( https://www.facebook.com/praiadopero2?fref=ts )


FOTOS ANTIGAS DE CABO FRIO
Luciana G. Rugani


2 comentários:

  1. Que lindo minha amiga, me emocionei com seu relato sobre Cabo Frio e concordo totalmente com você, os verdadeiros cidadãos são aqueles que buscam preservar, desenvolver e cuidar independente do local onde nasceu. É uma característica do nosso país, somos uma mistura de povos de vários lugares, Portugal, Espanha, Itália, enfim... Uma cidade mesmo pequena como Cabo Frio não seria diferente. Amo também este cantinho do mundo e assim como você o escolhi para prosseguir com minha vida e meus planos de futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, querida! É isso mesmo, você lembrou bem. Cabo Frio não poderia ser diferente, pois toda a sociedade brasileira é formada por diversas raças e nações. Preconceito não cabe em lugar algum, mas aqui em nosso país então é totalmente inaceitável porque todo seu desenvolvimento é fruto do trabalho de diversos povos. E é isso, somos cabofrienses de coração e por opção. Aqui escolhemos para fazer nosso caminho agora e nossos planos de futuro, e se escolhemos é porque sintonizamos e temos afinidade verdadeira.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...