domingo, 29 de dezembro de 2013

O SOL EM CABO FRIO




Por Mauro Leal


Antes do alvorecer no cume da perene e alva duna Boa Vista,
avistamos o formoso, majestoso e monumental escudo,
O Forte São Mateus, 
e deslumbramos com o sobrevoar
e o gorjear de bandos de aves marinhas 

a espera da Estrela de Fogo despontar a leste do azul celeste 
pra aquecer os filhinhos, nas sarjetas, nos orfanatos,
nos asilos, nos cárceres, nos ninhos
e na florida Praça das Águas com os seus raios a iluminar
fazendo encantar a fascinada plateia que está a enamorar 
as dóceis e inocentes carpas 
no espelho das claras águas a bailar
e coroar ao ilustre soldado solitário após acesa noite em defesa
com suas amantes e inseparáveis armaduras a empunhar 
a espera do toque de alvorada do clarim soar, 
seja a beira-mar, na guarita, na encantada Praça das Águas, 
no Forte, no farol, na orla do lindo canal "boca da pedra azul", o lindo Itajuru, 
nos hospitais, no cume, no vale, na trincheira.

E para os velhos e humildes pescadores no enfrentamento 
desbravando o encapelado mar 
é a Estrela bússola aferida da partida 
transpondo o alcance do atento e otimista olhar
num singular privilégio de vê-lo raiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...