Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 31, 2015

RECADO

Autoria:  Paulo do Couto Faça de conta que você não viu, Apague da mente... Coisas assim tão banais, Envolvem a gente... Siga com a alma sorrindo, Só vendo o bonito E diga que a felicidade Mora no seu amanhã... Deixe de lado a tristeza E não se torture... Mostre que a sua fibra Ainda não terminou... Esqueça o passado doído, Esqueça que você pecou... Faça viver em você  Uma nova esperança... Creia na vida que ela Ainda crê em você... Ande de cabeça erguida,  Em ritmo forte... E quando você notar Que nem todo mundo sorriu, Não desanime, Faça de conta que você não viu..