sexta-feira, 27 de abril de 2018

SÉRIE: DESENVOLVIMENTO DE CABO FRIO ATRAVÉS DAS REALIZAÇÕES DO PREFEITO ALAIR CORRÊA - HISTÓRIAS E REGISTROS II

por Luciana G. Rugani - continuando a série sobre desenvolvimento da cidade através dos registros do prefeito que marcou a história pelo grande número de suas realizações, seguimos hoje com suas palavras descrevendo perfeitamente a paisagem da cidade de anos atrás, a beleza dos montes de sal e moinhos de vento, eventos que aconteciam há muitos anos, o título de cidade mais limpa do Brasil, etc.  Através de seu texto, viajamos no tempo e revemos a paisagem maravilhosa e tranquila de uma cidade alegre e acolhedora. Segue:

"Meu amor por Cabo Frio teve forte influência em suas praias, na sua história e, por incrível que pareça, no barulho do mar. Encantar-se com o ruído do mar, ouvi-lo como se fosse música, senti-lo como poesia não é difícil para os românticos, mas pode ser para alguns. É por isso que compreendo os que não conseguem sentir ou se apaixonar ao ouvir a melodia do mar". (Alair Corrêa)




"Cabo Frio, cidade que, com honra, governei por muitos anos. Foi maravilhoso em minha administração vê-la ser elevada à condição de cidade mais limpa e alegre do Brasil. Como cabo-friense e governante, sempre vibrei com as lindas festas que aqui eram realizadas, como a de São Cristóvão e a da padroeira N.S. da Assunção. Foi uma única vez, mais foi lindo assistir ao Rei Roberto Carlos cantando para todas as classes sociais na Praia do Forte. Lembro-me da alegria com os trios elétricos, com a Barca Elétrica e o Tatuí Elétrico, das festas mais simples, como as alvoradas do aniversário da cidade e os desfiles escolares. É bom lembrar os anos 40/50/60, as festas do Divino, do futebol, os charmosos festivais de cinema e do sal. A visão dos moinhos das salinas movidos pelo vento, tendo ao lado os montes de sal como se fossem dunas deslocadas da praia para a Lagoa. Finalmente, os lindos shows de fogos de réveillon! OLHA, O AMOR É UM SENTIMENTO EXTRAORDINÁRIO, ALGUNS NÃO SABEM SUA ORIGEM OU A RAZÃO DE SER TÃO GRANDE! O MEU POR CABO FRIO TEVE FORTE INFLUÊNCIA EM SUAS PRAIAS, NA SUA HISTÓRIA E, POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, NO BARULHO DO MAR. NASCI NA VILA NOVA, A 2 KM DA PRAIA. NÃO HAVIA POLUIÇÃO SONORA E POR ISSO EU DORMIA OUVINDO O SOM DAS ONDAS AO ESPRAIAREM-SE PELA AREIA! Devo compreender os que não entendem esse meu amor por nossa cidade, pois encantar-se com o ruído do mar, ouvi-lo como se fosse música, senti-lo como poesia não é difícil para os românticos, mas pode ser para alguns. É por isso que compreendo os que não conseguem sentir ou se apaixonar ao ouvir a melodia do mar. Nasci e cresci assim, tornei-me homem e líder na cidade. Aprendi a ouvir o barulho das ruas em forma de críticas que alguns justificam dizendo: “meu grito é democrático”. Isso é compreensível, mas somente para quem, assim como eu, nasceu com o barulho das ondas, dormiu ao som delas, acordou no centro da repressão de 40/50 e, com certeza, cresceu livre! ASSIM COMO O POVO É ANTERIOR AO GOVERNO, A POESIA PRECEDE A DEMOCRACIA!" (Alair Corrêa)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...