Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2021

PROGRAMA "TRANSFORMEAÇÃO" ESTÁ DE VOLTA

O programa TransformeAção , apresentado e produzido por Nádia Rouefski, volta agora em sua versão 2021, com novas propostas. O vídeo abaixo é o primeiro deles e contém a apresentação de todos nós que participamos. Somos 13 pessoas com perguntas, respostas e reflexões sobre os mais diversos temas super relacionados com os dias atuais. Este programa está ainda com o selo de teste. É uma versão piloto, mas completa e perfeita para que todos possam conhecer a proposta e apoiar esta ideia: Luciana G. Rugani

SARAU FLORES LITERÁRIAS - SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

Hoje aconteceu o sarau Flores Literárias como parte da programação da Semana Teixeira e Sousa. O sarau teve como foco principal a celebração das obras do escritor cabo-friense Teixeira e Sousa, o primeiro romancista brasileiro. Eu, Luciana Rugani, tive a alegria de participar juntamente com as artistas e escritoras Andréa Rezende, Jaqueline Brum, Sarah Dhy, Kéren-Hapuk, Ludmila Oliveira, Viviane de Cássia, Ana Carolina Moreira, Nathally Amariá e Vanessa Vieira. Clique no vídeo abaixo para assistir: Texto de Teixeira e Sousa Luciana G. Rugani

EXPOSIÇÃO VIRTUAL "ALACAF CELEBRA CABO FRIO" - SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

Hoje aconteceu a exposição virtual "Alacaf celebra Cabo Frio ", composta de fotos da cidade e poemas de autoria de nossos acadêmicos. A exposição é parte da programação da 30ª Semana Teixeira e Sousa. As fotos são de autoria do acadêmico Evangelos Pagalidis.  Cada foto foi homenageada por uma bela composição poética! Abaixo segue a foto e poema que fiz para a nossa Praia Brava. E, para  ver a exposição completa, clique aqui . Luciana G. Rugani

ESTREIA DA MINHA COLUNA "CANTINHO DAS IDEIAS", NA REVISTA DIGITAL ALDEIA MAGAZINE

Hoje estreei como colunista na revista digital Aldeia Magazine, edição 12.  A revista digital Aldeia Magazine é editada pelo escritor e jornalista aldeense Renato Fulgoni, também membro da nossa Academia de Letras e Artes de Cabo Frio - ALACAF. Contém matérias sobre temas diversos e notícias da cidade de São Pedro da Aldeia e de toda a Região dos Lagos.  Cliquem na capa para ler a edição 12, referente à 1ª quinzena de março, e conheçam a minha coluna "Cantinho das Ideias": Luciana G. Rugani

BEM-VINDOS À 30ª SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

Está oficialmente aberta a 30ª Semana Teixeira e Sousa! A partir de hoje, você poderá participar de oficinas, mesas redondas, apresentações culturais e muitas outras atividades, de forma totalmente on-line, nas páginas oficiais da Prefeitura. A Semana Teixeira e Sousa é organizada pela Prefeitura de Cabo Frio e por organizações da sociedade civil em homenagem ao cabo-friense Antonio Gonçalves Teixeira e Sousa, o primeiro romancista brasileiro, que deixou um legado valioso no cenário literário do Brasil. Confira a programação completa: 21/03 - DOMINGO 15h - Abertura - Ato pelo dia internacional pela eliminação da discriminação racial - Vídeo teatral “Teixeira e Sousa” - Vídeo poema “Filho Reconhecido” - Apresentação musical com a banda Tensores 18h - Mesa redonda “Narrativas Literárias e as Novas Tecnologias”, com Audino Vilão, Isabelle Reis, professor Moisés e Vanessa Vieira 22/03 - SEGUNDA-FEIRA 15h - Oficina gratuita “Identidade Feminina na Escrita”, com Andrea Rezende 18h - Mesa

POEMA: DIA VIRÁ

 Dia virá A dor me cala O grito é mudo O peito, oprimido. Os sentidos reproduzem o gelo das palavras, O frio das ações. Despeço, Aceito, Deito. O sono turva os pensamentos Lembranças de um nada, Agora são tudo. Uma lágrima escapa, Aflita, Corre para o mesmo rio Onde muitas estão. E a ordem é seguir, Ir avante,  Silente. Porém dia virá  O rio inundará o pesadelo Levando dele o temor O grito terá voz, O tempo rirá da dor O peito, liberto E o sonho... Será um sonho de amor. Luciana G. Rugani, 20/3/21.

CASO SOBREVIVA À PANDEMIA

por Luciana G. Rugani - Minha amiga Mirtzi Lima Ribeiro escreveu este texto no qual ME SENTI TOTALMENTE AMPARADA, ME VI INTEIRA NESSAS PALAVRAS. Assim, tomo emprestadas as palavras de Mirtzi para dizer que eu, LUCIANA G. RUGANI, CASO SOBREVIVA À PANDEMIA, FAREI EXATAMENTE O QUE DIZ MIRTZI NO TEXTO ABAIXO: Por Mirtzi Lima Ribeiro Ao sobreviver a essa Pandemia (eu espero e torço para sobreviver), vou RESSIGNIFICAR toda a minha vida e os conceitos aos quais, aderi anteriormente como verdades inalienáveis. Atualmente uma avassaladora maioria de pessoas, ALÉM de NÃO RECONHECEREM nossos VALORES, ENERGIA, bondade, nossa maneira aberta e cortada de manter a franqueza, sinceridade, lealdade, verdade e o fluxo saudável de comunicação e das corretas relações pessoais, NÃO TÊM RESPEITO pela pessoa que somos, que construímos com muita disciplina e critérios. Aqui, a palavra “Respeito”, está no sentido de nos demonstrar gentileza genuína, sem afetações, sem omissões, de modo generoso e sem entrave

REFLEXÃO: UM PONTO FINAL

por Mirtzi Lima Ribeiro Entende-se que o PONTO FINAL é um sinal de pontuação usado para indicar uma pausa ABSOLUTA, o ENCERRAMENTO da sentença, da questão, do DIÁLOGO. Onde não há DIÁLOGO, nem há vida e também se perde a chance de aprendizado, de entendimento mútuo e de soluções inteligentes. O PONTO FINAL nesse viés, se transforma em interrogação, em reticências e/ou em sujeitos ocultos na sentença. De modo desemelhante ao bom português, são sujeitos que não são facilmente identificados e também não são meras figuras de linguagem. Quem recebe um PONTO FINAL, na grande maioria das vezes não o merece, porque na maioria das hipóteses, é uma pessoa que prima pelo DIÁLOGO, pelo esclarecimento, pelo respeito mútuo e por resolver as questões em comum acordo, nunca de modo unilateral. As decisões monocráticas, muitas vezes trazem o condão de evitar os consensos, os acordos, os apertos de mão para selar uma PAZ de verdade, não de ficção ou faz de conta. É com PONTOS FINAIS que morrem os entend

AMPLIANDO O FOCO

É muito comum termos impressões sobre pessoas e fatos baseando-nos apenas no pequeno foco que temos, e esse foco costuma ser limitado ao meio em que convivemos mais frequentemente, seja este meio o meio religioso, profissional, político, ou qualquer outro. Em todos os meios sociais, isso é muito frequente. Quantas vezes convivemos em certo meio e formamos nossas ideias com base nos pontos de vista e fatos narrados dentro desse meio, e acabamos pré-concebendo ideias e impressões, positivas ou negativas, muitas vezes equivocadas.  O ideal é manter o foco amplo. Observar, mas observar muito mesmo, e ainda será pouco o tanto que observar. Não se fechar de forma alguma para a convivência com o outro, com o pensar diferente (com exceção de alguns que infelizmente foram contaminados com o vírus do bolsonarismo, que destrói alguns neurônios tornando impossível qualquer convivência com diálogo e entendimento). Abrir a visão, ouvir o outro, conversar com amigos de opiniões diversas, isso tudo só

O RECADO DAS LIXEIRAS

Achei lindinha essa lixeira dando seu recado 😁.. Às vezes o poder público até faz sua parte, porém alguns cidadãos (se é que podemos chama-los assim, pois nem querem saber de exercer cidadania) preferem seguir na obtusidade da vida, sem um olhar mais cônscio e atento para com a coletividade. E estas outras também, cada uma dando seu recado e de olho no que acontece na cidade: Luciana G. Rugani

REFLEXÃO: DISCURSO DE LULA ACENDE UM FIO DE ESPERANÇA

Hoje, o discurso de Lula me fez sentir de novo um pouco de alegria e esperança de um dia sairmos da lama podre que tomou conta do pais desde que esse grupo entrou para a presidência. Ah, que saudades de ouvir um discurso lúcido, inteligente e corajoso! Qualquer pessoa, com o mínimo de discernimento, há de convir que a diferença de inteligência emocional entre os dois é gritante! Enquanto o "Bozo" só grita e esperneia, sempre como um estúpido incompetente sem argumentos, Lula deu uma verdadeira aula de administração para esse canalha. Coragem é isso, é saber se colocar com firmeza, mas de forma coerente e inteligente, coisa que "Bozo" não sabe fazer. É muito triste ver o país largado, como um trem sem freios, batendo recordes de mortes devido à inércia de um governo sem atitudes, nessa atmosfera triste e pesada que se apoderou da sociedade e que infelizmente influencia muitas pessoas a revelarem o seu pior lado. Muitas pessoas tornaram-se carcaças frias, duras, sem n

POEMA: INFERNO ASTRAL

por Luciana G. Rugani  - mais um belo poema escrito por uma pessoa que tem poesia dentro de si:  Inferno Astral O que dizer? Quando o que sentimos não sabemos o porquê. Esperamos que passe, mesmo sem conseguir entender. Dizem que é inferno Astral, Não sei dizer… Dá um aperto no peito, Um pranto contido, Nada mais faz sentido, Chego a pensar que não preciso mais viver. O que fazer? Se por mais que eu tente, Nada mais me faz contente, Tudo que penso, tudo que sinto, se resume num corpo doente, um coração carente e um amor ausente. Lótus, 28/2/21

JORNAL DE CABO FRIO - EDIÇÕES DE 1971 E 1972

A história de Cabo Frio através de jornais antigos. Uma preciosidade! Lendo os artigos e as propagandas, temos uma breve imagem da sociedade da época. Abaixo segue parte da edição nº 10, de aniversário dos 356 anos de Cabo Frio, em 1971, e a edição nº 20 completa, do ano de 1972: EDIÇÃO Nº 10 - 13/11/71  1971 EDIÇÃO Nº 20 - 13/3/72  1972   Luciana G. Rugani

A WEB RÁDIO INVISTA EM VOCÊ PROMOVE LIVE EM HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Ontem aconteceu a "Live da Mulherada", na Web Rádio Invista em Você, com a apresentadora Cátia Cristina. O programa foi em homenagem ao dia das mulheres e contou com explanações sobre temas de interesse geral, como: paisagismo e decoração, mágoa e perdão, autocuidado, nutrição, gestão pessoal, relacionamentos, etc. Eu falei sobre "palavras como alimento da alma" e declamei um texto poético. Houve também sorteio de diversos brindes. Abaixo segue a live completa: Luciana G. Rugani

PRÉ-LANÇAMENTO DO LIVRO "TRANSBORDAMENTOS DE AMOR E SENSUALIDADE", DE TATIANA VIEGAS

É hoje, 8/3, às 10 horas ,  no auditório da Prefeitura de Cabo Frio, o pré-lançamento do livro "Transbordamentos de Amor e Sensualidade" , da escritora e poetisa Tatiana Viegas, nossa confreira da Academia de Letras e Artes de Cabo Frio - ALACAF. Não deixem de participar! Luciana G. Rugani

TEXTO DO PROFESSOR ACIOLI JÚNIOR - "O ANJO CAÍDO"

O Anjo Caído  por Acioli Junior O Anjo Caído é um dos monumentos mais conhecidos da cidade de Cabo Frio. Mas na verdade está grande estátua colocada no meio do Canal Palmer nunca foi um ser angelical. Ela é uma réplica de uma estátua grega chamada Vitória da Samotrácia. A escultura original foi feita em mármore branco na ilha de Paros (Grécia) de cerca de 250 a.C. a 185 a.C. Na Grécia antiga, “Niké” (em latim) ou “Vitória” (em romano) ou “Nice”, (em português) era a deusa mensageira enviada por Zeus para anunciar o triunfo e a glória, aos vencedores dos campos de batalhas, seja ela terrestre ou naval. Dificilmente um monumento histórico se torna famoso e recebe o tombamento do poder público sendo ele uma réplica. Mas contrariando a lógica patrimonial, o “Anjo Caído” segue imponente. Situado nas águas do Canal Palmer, a estátua foi erguida em 1907 para assinalar a abertura do canal artificial de Leger Palmer . Esse canal facilitou o escoamento da produção de sal pela Laguna de Araruama,

LANÇAMENTO DE NOVO LIVRO DA ESCRITORA E BIÓLOGA JAQUELINE BRUM, "AVENTURAS NA LAGUNA"

Acontecerá amanhã, dia 6 de março , o lançamento do novo livro da escritora e bióloga Jaqueline Brum, "Aventuras na Laguna". O livro será lançado em uma tarde de autógrafos no Espaço Café, na Rua Vítor Igrejas, nº 4, Bairro Ville Blanch, a partir das 17 horas . Quem adquirir o livro será presenteado com um brigadeiro e uma caixinha de lápis de cor para colorir a história. O livro é indicado para o público de TODAS as idades. Informações importantes: Serão seguidos todos os protocolos de segurança por conta da Pandemia. Luciana G. Rugani

REMADOR SUL-AFRICANO BATE RECORDE AO CRUZAR OCEANO EM DIREÇÃO A CABO FRIO

Zirk Botha, de 59 anos, levou 71 dias na travessia que começou na Cidade do Cabo Depois de 71 dias remando sozinho e enfrentando algumas tempestades em alto mar, o sul-africano Zirk Botha chegou a Cabo Frio neste domingo (28). Na bagagem, além de histórias, ele também trouxe dois recordes mundiais: o primeiro, de travessia do Oceano Atlântico num barco a remo, que até então era de 92 dias e pertencia a outra dupla sul-africana, Braam Malherbe e Wayne Robertson, em 2017. E o segundo, como a primeira pessoa a remar o percurso sozinho e sem o apoio de qualquer embarcação de segurança. Na chegada a Cabo Frio, apesar da alegria pela conquista, Zirk enfrentou um pequeno problema: extremamente cansado depois de remar por cerca 7,2 mil km ou 4 mil milhas náuticas, o sul-africano, que é ex-oficial da Marinha, precisou enfrentar o mar batido (uma das características da região). Para motivá-lo a concluir a missão, um grupo de praticantes de canoa-havaiana o recepcionou próximo à Ilha dos Papagaio

DOCUMENTÁRIO "SALINAS E O CICLO DO SAL EM CABO FRIO"

Estreou domingo passado o documentário "Salinas e o Ciclo do Sal em Cabo Frio", produzido pelo diretor Luis Simpson.  Trata-se de um importante registro da história de Cabo Frio e região, pois retrata o ciclo econômico do sal, a atividade salineira na época em que era a principal atividade econômica. Cliquem no vídeo abaixo para assistir: Luciana G. Rugani

POEMA: A MAR

por Luciana G. Rugani - Hoje compartilho com vocês este lindo poema, fruto de tamanha sensibilidade, de uma pessoa que vocês, caros leitores, podem optar por pensar ser um poeta ou uma poetisa. Isso não importa. Importa é o conteúdo belíssimo e a sensibilidade que sentimos nessas letras:  A Mar A Mar Que me fazes sonhar Que um dia pude acreditar Que voltaria a A Mar A Mar... Que bom seria, se um dia, tu pudesse me avivar, toda vivência de outrora A inocência de Aurora e eu voltasse a sonhar A Mar... Autoria: Lótus, 23/2/21