quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

DIVULGAÇÃO - PROMOÇÃO "RIALA PARQUE AQUÁTICO" - CABO FRIO

DIVULGAÇÃO

RIALA PARQUE AQUÁTICO - "Estamos rompendo mais um verão! Nossa diretoria decidiu possibilitar uma promoção imperdível a todos que desejarem passar o dia no Riala Parque e desfrutar de suas piscinas, brinquedos etc. Para isso, nos últimos finais de semana deste verão, baixaremos para a metade os preços dos nossos ingressos. De R$ 40 reais adulto para R$ 20 reais, e de R$20 reais menor de idade para apenas R$ 10 reais. Lanchonete, bar molhado e restaurante funcionando".

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

LANÇAMENTO DO LIVRO "EDUCAÇÃO - UM NOVO OLHAR" DE ROSANA ANDRÉIA

Imperdível!!

A escritora Rosana Andréia, de Cabo Frio, lançará, no dia 27 de fevereiro de 2019, às 19 h, no Instituto de Educação Professora Ismar Gomes de Azevedo, o livro "Educação - Um novo olhar / O desenho da escola através de diversos contextos". Seu primeiro trabalho na área de Educação, fruto de 34 anos de estudos e experiências na rede municipal e estadual de ensino público da Região dos Lagos.


Luciana G. Rugani

sábado, 16 de fevereiro de 2019

ENTREVISTA DE ALAIR CORRÊA NO PROGRAMA "CARTÃO VERMELHO"

Por Luciana G. Rugani - abaixo segue o vídeo com uma esclarecedora entrevista de Alair Corrêa, ex-prefeito. Excelente entrevista que chega a ser histórica devido a tantas informações sobre o desenvolvimento de nossa cidade e o dia a dia da política. 
Vale a pena assistir! Para isso, clique no vídeo abaixo:


Luciana G. Rugani

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

EM TEMPO DE "FIM DOS TEMPOS"

Imagem:Internet


Muito triste... Ultimamente temos somado tragédias. Fica difícil seguir com alegria e ânimo em um mundo com tanto sofrimento, porém nos foi alertado que este tempo chegaria e o quanto necessitaríamos ter cada vez mais fé e força em Deus e na própria vida e, principalmente, analisar nossos valores, analisar a maneira como permanecemos neste mundo. 
O momento de dor nos clama a maior compreensão da dor do outro, maior união em momentos de dificuldade e menos disputas tolas. Em tempo de dificuldades, o grande chamado é para tentarmos tornar esta cruz menos pesada para uns e outros. Não somente providenciar uma ajuda, mas fazer disso um modo de vida, uma postura perante os pequenos atos do dia a dia. Enxergar o outro como nosso irmão de luta e sobrevivência neste mundo em tempo de "fim dos tempos". ...

Luciana G. Rugani

sábado, 9 de fevereiro de 2019

NOTA DE ALAIR CORRÊA - ESCLARECIMENTOS

por Luciana G. Rugani - esse fato é mais uma prova da dificuldade que Alair Corrêa enfrentou na época dessa queda de arrecadação, que hoje é reconhecida inclusive por seus opositores como de fato existente e sentida na pele também por eles. Mostra o esforço hercúleo que fez para pagar os salários naquele tempo, quando cada vez que conseguia reorganizar os recursos para pagar a folha representava uma vitória e alívio:


por Alair Corrêa

CONHEÇAM A HISTÓRIA DO SINDICATO DOS FISCAIS DA PREFEITURA QUE EM 2016 ME PROCESSOU, ORIGINANDO UMA DENÚNCIA DO MP CONTRA MIM, NÃO UMA CONDENAÇÃO, COMO PENSARAM MEUS AFOITOS ADVERSÁRIOS! 

Os anos de 2015 e 2016 foram, sabidamente, de muitas dificuldades. Foram os dois anos de crise econômica enfrentada por nosso país, com reflexos danosos à nossa cidade. 
A prefeitura de Cabo Frio perdeu a sua receita e pagar a folha dos servidores virou a principal prioridade. Sendo assim, nossa administração usou verbas diversas para completar todos os meses o valor da folha, em torno de R$ 26 milhões (VINTE E SEIS MILHÕES DE REAIS). Talvez, devido a essa dificuldade, pode ter sido usado para a folha esse dinheiro, naturalmente nossa equipe pensava em fazer o estorno do valor à conta do sindicato. Se a folha dos servidores foi paga com esses recursos do sindicato, não se deve esquecer que os próprios fiscais, autores dessa denúncia, foram beneficiados. A prefeitura utilizou do Sindicato dos fiscais R$ 26 mil (vinte e seis mil reais), representando 0,01% dos recursos necessários para uma folha mensal. Por isso, surpreendeu a todos a denúncia do diretor do sindicato. Consideramos o feito puramente político já que o momento era eleitoral. Infelizmente o fato originou uma inesperada denúncia por parte do MP, que no momento legal iremos resolver com meus advogados. 

Em tempo: esse dinheiro, na época, foi repassado para o sindicato. NÃO HOUVE NESSE PROCESSO QUALQUER CONDENAÇÃO, APENAS UMA DENÚNCIA QUE NO MOMENTO CERTO JUNTO COM MEUS ADVOGADOS ESCLARECEREMOS!
ALAIR CORRÊA

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

SALVEMOS OS GALPÕES DE SAL!


Ontem, quarta-feira (7), na Casa do Escritor (Solar dos Massa) aconteceu mais uma reunião extraordinária do Conselho Municipal do Patrimônio, com a finalidade de debater o valor histórico dos galpões de sal da Passagem, cujo proprietário, interessado na venda do local, solicitou à prefeitura autorização de demolição. Há uma proposta de tombamento do local, cuja votação deverá acontecer entre os próximos dias 11 e 13. O resultado será o parecer do conselho, de caráter apenas consultivo. A decisão final caberá ao prefeito.

As reuniões são abertas à participação de todos os cidadãos interessados na preservação de nossa história.

Os galpões de sal são, sem dúvida nenhuma, parte relevante da história da economia de nossa cidade,  representando o tempo em que a indústria do sal era nossa principal atividade. 


Se o poder público efetuar o tombamento e, ademais, buscar incentivo e parceria para recuperar o local, fazendo dali, por exemplo, um museu do sal, decorado com objetos da época, como os moinhos, por exemplo, retratando todas as atividades salineiras inclusive dos garotos que participavam da contagem do sal, já imaginaram como seria interessante? Um museu vivo, com espaço para apresentações culturais, teatro, saraus... 


Outro ponto importante de nossa história para o qual, há algum tempo, postamos aqui no blog uma solicitação  e promovemos uma campanha com abaixo assinado é a antiga estação de trem, tombada pelo IMUPAC, e que estaria à venda. Se o município houvesse adquirido a propriedade, poderia ter feito dali mais um ponto de visitação para o turismo histórico-cultural.

Há muitas ideias maravilhosas que poderiam ser implementadas, ideias promovedoras de nossa cultura e de nossa história. Cabo Frio precisa despertar, tomar consciência de sua importância histórica, valorizar o que resta como retrato de um tempo que não volta mais, mas que traduz etapas do desenvolvimento, da evolução, da vida de uma cidade, sua memória e suas raízes. 

Será possível sonhar?

Lembremos que uma cidade sem história é uma cidade sem identidade. Está em nossas mãos preservarmos o pouco tão representativo que nos resta. Participemos e fiquemos atentos às reuniões dos próximos dias. Façamos a nossa parte pela preservação de nossa história.

Luciana G. Rugani

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ESCLARECIMENTOS


"A propósito da reforma da previdência, quando entrei no sistema previdenciário, a 40 anos atrás, o INSS pagava a aposentadoria do servidor público, a reforma dos militares, aposentadoria rural e o teto de aposentadoria era de 10 salários mínimos. O INSS era superavitário. O que aconteceu de lá para cá? Onde ocorreram os desvios? Na sequência, vários presidentes convenceram os brasileiros que a previdência está quebrada e que medidas impopulares seriam necessárias para salvar o sistema. Cada um, desde FHC até Temer tinham a solução definitiva. Alguém ainda acredita nisso? O que eu, leigo e não jornalista observei é que houveram desvios de recursos nos investimentos que deveriam remunerar o capital dos contribuintes; políticos (deputados, semeadores, governadores e presidentes) são aposentados pelo valor da última remuneração cujo teto vai "ao infinito e além" sem terem contribuído com sequer um centavo para a previdência. O que observei é que mega corporações, que descontam INSS de seus funcionários e de contratos de serviços, não repassam o valor à previdência e depois, por meio de lobby de políticos que eles mesmo elegem, conseguem anistia da dívida. O valor foi arrecadado da fonte e não repassado. Isso é apropriação indébita. Por que o credor ( INSS) não executa a dívida - nem que seja para leiloar o patrimônio ( construído com a sonegação)desses sonegadores? Querem mesmo que acreditemos nessa lorota dos políticos?" - Ingo Zwiener (internauta)

por Luciana G. Rugani - Concordo plenamente com a fala acima de Ingo Zwiener. Na minha opinião, certamente deve ter sido de 1988 pra cá, desde a aprovação da Constituição Federal, quando a previdência passou a compor o conjunto da Seguridade Social juntamente com a Assistência Social e a Saúde. Isso possivelmente facilitou a manipulação de dados, instrumento tão utilizado por todos os governos de lá pra cá para, falsamente, dizerem que a previdência é deficitária. 
A seguridade social possui diversas fontes de receitas. Até mesmo os jogos lotéricos, aquele joguinho básico que o brasileiro realiza toda semana, constitui uma das fontes de receitas da Seguridade Social. São diversos impostos, pagos diariamente pelos brasileiros, que financiam o conjunto. Mas na hora de compor os dados, o fato da previdência ser uma parte deste todo facilita a manipulação de dados do governo. E esta manipulação vem sendo denunciada há anos por diversos técnicos e especialistas no assunto. Vários vídeos explicativos sobre a questão circulam na internet. Eu mesma postei alguns aqui neste blog, e aproveito para destacar este (clique aqui), de Maria Lúcia Fattorelli, estudiosa do assunto com vários livros publicados. É importante que os brasileiros conheçam mais sobre o assunto, assistam aos vídeos, são muito didáticos e elucidativos. 
Quanto ao argumento de que a previdência é deficitária, como pode ser deficitária se o próprio governo conseguiu que o congresso aprovasse o aumento das DRU's, que é a desvinculação das receitas da união, ou seja, através dela o governo pode utilizar 30% do orçamento da previdência para outras despesas que nada têm a ver. Então é deficitária? Ou seja, se fosse deficitária, ele não teria como utilizar esses recursos. Além disso, muitos técnicos no assunto já provaram que ela não é deficitária, e sim superavitária, inclusive CPI do próprio congresso. Como acreditar nessa falácia quando vimos o próprio presidente Temer gastando bilhões na compra de votos pela aprovação da reforma, na compra de votos contra investigação de sua própria pessoa e ainda autorizando aumento para ministros e seu efeito cascata, sabendo do valor absurdo que isso geraria, como gerou, de despesa? E o governo atual, que durante a campanha disse, utilizando de todo bom senso, que a primeira medida seria cobrar a dívida previdenciária dos grandes devedores, como Rede Globo e JBS, por exemplo, seria auditar BNDES e outros órgãos para fechar as torneiras da corrupção, seria acabar com privilégios de políticos, e que trataria a questão da reforma com todo estudo, com toda análise e tranquilidade adequadas? Agora inverteu, colocou urgência na reforma sem antes sanear para verificar com os próprios olhos a real situação da previdência. Enfim, estamos prestes a pagar uma conta que não é nossa. É hora do brasileiro acordar e não permitir que mais uma vez nossos direitos sejam a moeda de favorecimento do sistema financeiro, que é quem está dando as cartas e quem, pra variar, será o maior beneficiado com essa reforma.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

SEMINÁRIO DE ACESSIBILIDADE EM CABO FRIO


SEMINÁRIO DE ACESSIBILIDADE

IMPORTANTE SEMINÁRIO PARA CABO FRIO E TODA REGIÃO DOS LAGOS

LINK DE INSCRIÇÃO: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfCKjg8dVoT26iIVWAec9n62avYgrwOEyaRtBq5B_B6-H5lFw/viewform

#paratodosverem:
A imagem faz a divulgação do Encontro para a Região dos Lagos, organizado pela Comissão de Acessibilidade do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RJ., coordenado pela ArquitetaRegina Cohen. O fundo do cartaz é branco e o formato é em retrato alongado. Na parte de cima estão figuras representando as diversas deficiências e logo abaixo escrito Seminário de Acessibilidade. Dias 04 e 05 de fevereiro no Hotel Marlen, Rua Francisco Mendes, 457, Praia do Forte, Cabo Frio.
Programa: Abertura no dia 04 às 17 horas, com a presença do presidente do CAU, Jefferson Salazar, Regina Cohen, o arquiteto da Prefeitura, Ediclea, presidente do CEPDE e demais autoridades. Logo depois, o arquiteto Felipe falará das ações em Cabo Frio.
No dia 05, pela manhã, teremos um Workshop, depois do almoço pedirei aos participantes um breve relato da experiência. Depois ouviremos a palestra do arquiteto Luiz Gustavo e o depoimento do Vicente, também arquiteto do CAU, sobre o Programa de Calçadas de Itaboraí.
Logo em seguida abriremos para depoimentos de experiências em acessibilidade nos municípios da Região dos Lagos.
Link para inscrição

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

AMANHÃ ENTREVISTA COM ALAIR CORRÊA NO PROGRAMA "INFORME LOCAL" DA JOVEM TV

AMANHÃ, TERÇA-FEIRA - 29/01, ALAIR CORRÊA SERÁ O ENTREVISTADO DE DILL QUARESMA, NO PROGRAMA "INFORME LOCAL", ÀS 9:00 HORAS DA MANHÃ, NA JOVEM TV.
ASSISTA PELO FACEBOOK DA JOVEM TV .


Luciana G. Rugani

domingo, 27 de janeiro de 2019

PROGRAMA "FALA, DIRLEI" NA RÁDIO ONDAS FM

ALÔ CABO-FRIENSES!!

A PARTIR DE FEVEREIRO, UMA NOVIDADE NA PROGRAMAÇÃO DA RÁDIO ONDAS FM: 

Dirlei Pereira chega à Nova Ondas para colocar a BOCA NO TROMBONE. 

DIA: 02/02, 10:00 às 12:00 - Fala, Dirlei!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

LANÇAMENTO DO LIVRO "A FACE OCULTA DO AMOR"

CAROS LEITORES,

O escritor Israel Albuquerque lançará seu livro "A Face Oculta do Amor", da Editora Foco Letras, em noite de autógrafos na Feira do Livro que acontece na Praça das Águas, praça central da cidade de São Pedro da Aldeia (RJ), nos dias 25 e 26 deste mês de janeiro.
Abaixo segue sinopse do livro. Vale a pena conhecer! 


A FACE OCULTA DO AMOR 

"O amor esconde uma face sombria. É importante saber lidar com ela, caso necessite. De forma poética, o livro "A face oculta do amor" traz um alerta para os casos de Feminicídios ocorridos atualmente e nos remete a uma reflexão sobre duas épocas românticas: a primeira, onde tudo começou; a segunda, nossa época atual, com o intuito de mostrar a evolução (ou regressão) com que a humanidade vem vivenciando o romantismo nos relacionamentos. Tratando-se de face sombria, para quem gosta, o livro ainda contém poesias sombrias e melancólicas. Tentando agradar todos os gostos, o autor elaborou um livro diversificado que não poderia deixar de fora temas como: Natureza, fé, política, homenagem a cidades vizinhas e importantes escritores".


Luciana G. Rugani

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

CAMINHADA ECOLÓGICA SOLIDÁRIA - CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL E TURISMO ECOLÓGICO

Como já dissemos aqui em vários textos, Cabo Frio é uma cidade com vasto potencial turístico. Há riqueza em turismo histórico-cultural, há praias belíssimas, pontos gastronômicos de qualidade e há também campo vasto para o turismo ecológico. São diversas trilhas que dão acesso a pontos da cidade desconhecidos até mesmo pela maioria de seus habitantes.

Sábado passado (19), participei de uma caminhada ecológica solidária por uma dessas trilhas que, partindo da Ilha do Japonês, leva ao Farol e à Praia Brava. A ação foi promovida pelo personal trainer Daniel Ribeiro. Cada participante contribuiu com 2 caixas de leite ou 1 lata de leite em pó que foram doados à APAE.

As caminhadas em trilhas ecológicas representam uma ação relevante na busca da conscientização ambiental e preservação da natureza. Conhecendo de perto e apreciando belezas, quase que intocadas pelo ser humano, temos uma chance maior de que as pessoas despertem para a importância de cuidar de um ambiente que é para o bem de todos. Essa é uma das razões pelas quais esta atividade merece total apoio e incentivo, além de contribuir e muito para a divulgação de nossa cidade através de pontos maravilhosos de sua natureza. O turismo ecológico vem crescendo em todo o país, e nossa cidade, com toda sua riqueza natural, tem campo farto para esta atividade.

Foi uma experiência rica e que recomendo a todos. Pudemos conhecer pontos diferentes de nossa cidade através dos quais temos outra visão, pontos de pouco acesso e que contêm maravilhas de nossa natureza. Durante a caminhada, Daniel e sua amiga Layllah nos informavam sobre a vegetação, geologia e história. Além disso, através da doação de leite pudemos ajudar uma entidade séria, que é a APAE.

Parabéns a Daniel Ribeiro pela iniciativa cidadã de promover essa atividade que une a conscientização e respeito com a natureza, a divulgação das belezas da cidade e a participação solidária de cada um através de uma belíssima campanha de doação. 

Para aqueles que se interessarem, as caminhadas acontecerão sempre no terceiro sábado de cada mês. Maiores informações, contatar Daniel Ribeiro.

Luciana G. Rugani

 





 






  











terça-feira, 22 de janeiro de 2019

LANÇAMENTO DO LIVRO "DESTINO PROIBIDO 2 - O SEGREDO DE UMA MULHER"

Atenção, amigos leitores!


Para quem gosta de romance com uma pitada de suspense e outra de aventura, vale a pena conhecer a série "Destino Proibido", do escritor Júnior Franco.
O livro 2 da série (Destino Proibido 2 - O Segredo de Uma Mulher) está sendo lançado atualmente e encontra-se disponível na Feira do Livro da Praça das Águas, praça central da cidade de São Pedro da Aldeia (RJ), porém restam somente 10 exemplares. 

Existe lista de reserva.

Não percam! São 202 páginas de ação do começo ao fim!



Luciana G. Rugani

1ª AÇÃO CULTURAL BENEFICENTE DA ALACAF - ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE CABO FRIO

Um dos objetivos da ALACAF - Academia de Letras e Artes de Cabo Frio é o de fomentar a cultura em nossa cidade, e, em relação à literatura, promover sua expansão buscando despertar nas crianças e jovens o gosto pela leitura. Nesse sentido, várias são as ações culturais beneficentes a serem promovidas.
Como membro da academia, eu não poderia deixar de registrar aqui no meu blog a primeira dessas ações que aconteceu na sexta-feira passada (18), na ONG CAJEF - Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz, no bairro Jacaré. Foi uma tarde gostosa com as crianças, com brincadeiras, música e "Contação de Histórias". As crianças interagiram e participaram com alegria das atividades.
Fizemos a distribuição dos kits escolares que angariamos em nossa campanha e aproveitamos para dizer, aos que ainda desejam colaborar, que poderão fazê-lo até o dia 04 de fevereiro, bastando, para isso, contatar a presidente de nossa academia, a escritora e professora Jaqueline Brum. Para saber todas as informações sobre os kits escolares, clique aqui.
Ao final das brincadeiras, servimos um delicioso lanchinho para todos. E ainda, foram doados 150 livros infanto-juvenis para a biblioteca do CAJEF.

O segredo, querida Alice, é cercar-se de pessoas que te façam sorrir o coração. E então, só então, que você vai encontrar o país das Maravilhas - (Chapeleiro - Alice no País das Maravilhas).

Eu recebi um abraço apertado e espontâneo de uma das crianças, e, principalmente naquele momento, senti o quanto é gratificante este tipo de atividade. Logo depois, uma outra criança chegou perto de mim e me agradeceu. Foi muito bom ver a alegria delas com este evento! Fazemos o bem para eles, porém, posso afirmar que os maiores beneficiados somos nós mesmos. O sentimento que fica em nossos corações é de muita alegria! Acho que é justamente como descrito na frase acima, dita pelo chapeleiro para Alice: "O segredo é cercar-se de pessoas que te façam sorrir o coração". Nesta tarde me senti muito bem, com muita paz. Estas crianças, com certeza, fizeram sorrir meu coração.

Luciana G. Rugani












quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

NESTE SÁBADO TEM CAMINHADA ECOLÓGICA SOLIDÁRIA


No próximo sábado (19) acontecerá mais uma caminhada ecológica solidária.
O evento, sob a organização do personal training Daniel Ribeiro, tem o objetivo de propiciar aos participantes um contato mais próximo com a natureza para que, entendo sua importância, possa ser ampliada a consciência de preservação, além de possibilitar divulgação dos pontos mais lindos de nossa cidade.
Para participar, basta levar para doação duas caixas de leite ou uma de leite em po.
O ponto de partida será na entrada da Ilha do Japonês, com concentração às 7:30 e saída às 8:00. O trajeto completo passará pela Ilha do Japonês, Farol e Barra.
Vale lembrar que é aconselhável usar protetor solar, levar agág, frutas ou barra de cereais, além de muita disposição, roupas leves e tênis.

Luciana G. Rugani

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

UM POUCO SOBRE A HISTÓRIA DO AEROPORTO DE CABO FRIO

por Luciana G. Rugani Uma obra maravilhosa, um enorme ganho para nossa cidade, para a região e para todo o estado, pois o aeroporto hoje é apoio estrutural para atividade de extrema relevância que é a atividade petrolífera. Mil vezes parabéns, Alair Corrêa, por ter sido o idealizador desta obra, por ter tido visão de enxergar além na época em que Cabo Frio ainda engatinhava no seu desenvolvimento e por ter tido a coragem de empreender e trazer mais desenvolvimento para nossa região. Conheçam a história dessa realização:



por Alair Corrêa


Recebi de um amigo esse elogio: " ALAIR, ACOMPANHEI A SAÍDA E CHEGADA DE AERONAVES NO AEROPORTO, FIQUEI IMPRESSIONADO. POSSO AFIRMAR, VOCÊ É O CARA MEU AMIGO! “

CONHEÇA ENTÃO UM POUCO DA HISTÓRIA DO AEROPORTO DE CABO FRIO

Em 1983 assumi meu primeiro Mandato como Prefeito. Fui logo em busca do meu principal projeto: o Aeroporto.
Em 1985, negociei a área necessária com o Grupo Perynas, conseguindo UM MILHÃO DE METROS para sua construção! Em 1986, esperava iniciar a obra, mas não foi possível porque o Governador BRIZOLA resolveu emancipar o nosso quarto distrito, Arraial do Cabo. Nossa Cidade tinha o ICMS como sua principal receita porque éramos o único produtor brasileiro de barrilha fabricada pela Alcalis, em Arraial do Cabo. O ICMS era para Cabo Frio naqueles tempos como é hoje o petróleo. Diante da perda de receita causada pela emancipação, fomos obrigados a suspender todas as obras e engavetar o projeto do Aeroporto. Encerrei o ano de 1988 sem ter iniciado a obra, esse foi o último ano do meu primeiro mandato.
Ao sair da Prefeitura, fiquei com receio que meus sucessores loteassem a área e dessem aos seus eleitores, já que a área tinha Um Milhão de Metros Quadrados, o equivalente a 3.000 LOTES. O que poderia ser uma farra nas mãos deles. Mantive e pedi a quem trabalhou comigo sigilo sobre a área conquistada, pois tinha esperança de voltar a governar a cidade. Fora da prefeitura tomei conta da terra como se fosse minha, pois sabia que se a perdesse, uma outra com esse tamanho seria quase impossível conseguir novamente.
Terminei meu primeiro mandato em 1988 com o ICMS em queda, assim como encerrei o último mandato em 2016 com o PETRÓLEO também despencando.
Nos dois mandatos, mesmo sendo um distante do outro - o primeiro, há 20 anos, quando também encerrei meu governo sem pagar o 13 salário, também havia perdido o ICMS por causa da emancipação do Distrito de Arraial do Cabo.

Pela segunda vez em 1996 voltei a Prefeitura, era o meu segundo mandato. Já nos primeiros dias coloquei a escritura das terras em baixo do braço e junto com o falecido amigo Jacoh Mureb fomos para o Rio e Brasília, trabalhamos muito junto a outros dois amigos que preferiram o anonimato, conseguimos a verba e já no ano seguinte, em 1997 começávamos a grande obra. Três anos depois inaugurávamos a nossa maior obra, O AEROPORTO INTERNACIONAL DE CABO FRIO!
Como um homem que chora, ri e se emociona, vivi uma de minhas maiores emoções, peguei em São Paulo um avião para Cabo Frio lotado de turistas. Já chegando em Cabo Frio ouço a voz do comandante. "O TEMPO EM CABO FRIO É DE SOL, EM CINCO MINUTOS ESTAREMOS POUSANDO NO AEROPORTO INTERNACIONAL DE CABO FRIO". Imaginem, meu coração acelerou, era minha obra dando frutos! O comandante continuou, “SENHORES PASSAGEIROS SE ENCONTRA NESSE AVIÃO O IDEALIZADOR DESSE AEROPORTO, O PREFEITO ALAIR CORREA"!
Foi emocionante ver 110 desconhecidos batendo palmas para mim. Levantei, as palmas aumentaram e acenei agradecendo. Foi demais minha emoção, mais meu coração aguentou! O Aeroporto virou a página do turismo da cidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...