sábado, 18 de novembro de 2017

AINDA SOBRE ONTEM: DESABAFO

É lamentável, triste e deprimente a votação de ontem na ALERJ, em que a maioria votou a favor da soltura dos deputados que foram presos em razão da sentença proferida por unanimidade pelo Tribunal Regional Federal da 2ª região. Lamentável, porém bastante previsível, pois, atualmente, os que intitulam-se representantes do povo são apenas representantes dos seus próprios interesses. O foco deles é a carreira politica e nunca os interesses do povo. Preferem ir contra a vontade popular, dar as costas à população e manter o apoio dos partidos que lhes são mais convenientes, que lhes proporcionam mais recursos financeiros na caminhada política. Ou, quem sabe, decidem favoravelmente aos corruptos por medo de uma provável futura delação, pois o que não falta hoje na política é telhado de vidro.  Preferem se garantir e não têm coragem de bancar suas decisões de acordo com o dever que lhes cabe como servidores do povo, que é o que são enquanto investidos naquela função.

Agora resta-nos aguardar o questionamento da votação junto ao STF, que será feito pela AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros.

Democracia de fachada: este é o sistema em que a gente vive, infelizmente. Isso não é e nunca foi representatividade popular. O Brasil está doente de corrupção, todos seus poderes fazem o mesmo jogo, o seu tribunal maior é o órgão encarregado da blindagem dos corruptos e é o responsável por criar artimanhas e brechas sempre para favorecer os interesses de carta marcada. Não há outra saída, a não ser uma intervenção militar para colocar pra correr essas quadrilhas. 
Não há outra saída!

Luciana G. Rugani

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

SEGUEM OS ALERTAS: CORTE DE ÁRVORES E FONTE DO ITAJURU ABANDONADA

E segue a todo vapor a política de supressão de árvores na cidade! Em nosso blog há vários artigos originados de alertas e solicitações do CEPMAA - Centro de Estudo e Proteção do Meio Ambiente Aquático - em relação ao grande número de árvores que têm sido cortadas e também sofrido podas inadequadas.

Hoje postamos aqui mais duas que foram cortadas na região central. Não vemos justificativas para tal atitude, simplesmente cortam e fica por isso mesmo. E não verificamos replantio.

Outras solicitações que postamos foram em socorro da Fonte do Itajuru, pedindo providências em relação à sua conservação e abertura à visitação pública. O poder público começou a organizar o local, e até comunicou oficialmente que estaria aberto à visitação pública a partir do dia 21/09 - dia da árvore. Acontece que, de lá pra cá, o local continua fechado, sem nenhum outro comunicado a respeito (clique aqui para conferir). Apenas realizaram uma limpeza básica que incluiu o corte de mais algumas árvores e a poda (também de forma inadequada, segundo o CEPMAA) de outras.

Seguem fotos das árvores cortadas nesta semana na região central e fotos da Fonte do Itajuru, que permanece sem os cuidados necessários e fechada à visitação pública:

 

 

Texto: Luciana G. Rugani
Fotos: CEPMAA

terça-feira, 14 de novembro de 2017

PRAIA DO FORTE E PRAÇA DAS ÁGUAS EM DOIS TEMPOS

Revendo os vídeos que foram veiculados há dois anos por ocasião dos quatrocentos anos da cidade, trago um deles à divulgação novamente aqui no blog para que possamos comparar e refletir.

O vídeo nos mostra os pontos turísticos ainda bem cuidados, e a repórter ressalta a limpeza das praias. A Praça das Águas ainda linda, sendo sucesso de visitação e os turistas elogiando. 

É comum ouvirmos pessoas dizerem que o poder público só cuida da Praia do Forte por ser o principal ponto turístico da cidade, mas não é bem assim. Postei há alguns dias um artigo sobre o microlixo naquela praia onde solicito providências, pois o risco de acidentes é grande. Dias atrás, um senhor quase feriu seu pé em um espetinho, por sorte não aconteceu. A praia esta carente de uma limpeza mais fina na sua areia, há nela muitos objetos perfurantes. Seria bom que essa limpeza, feita através dos tratores "tatuís da praia", fosse providenciada antes da alta temporada, quando há novamente enorme acúmulo desse microlixo. A Praça das Águas segue sem cuidados e sem a iluminação especial que a tornava tão atrativa à noite. Um ponto turístico de tal relevância, na orla da praia mais famosa, nunca poderia ficar como está, é descuidar do próprio cartão de visitas! Alta temporada bate na porta e pelo visto mais uma vez teremos um verão sem a beleza da praça e com areia repleta de lixo!

Revejam o vídeo, comparem e reflitam. Uma praia tão linda, atrativa e famosa, juntamente com sua orla que tornou-se destaque em diversos sites de turismo, serem tratadas dessa forma, sofrendo com lixo e falta de manutenção, isso não é atenção preferencial. Apenas  deixa clara a impressão, para nós, cidadãos, e para os turistas, de que, se até mesmo o mais famoso ponto turístico é tratado dessa forma, o que  dizer do restante da cidade...

Seguem o vídeo, fotos da areia e fotos comparativas da Praça das Águas:

Video feito por ocasião dos 400 anos da cidade, há dois anos. (fonte: Rede Globo)


Luciana G. Rugani

domingo, 12 de novembro de 2017

PARABÉNS, CABO FRIO! 402 ANOS!

Nesta segunda-feira (13), Cabo Frio (RJ) comemora seu aniversário de 402 anos! Data importante, que não poderia passar em branco em nosso blog.

Cabo Frio é uma rica em recursos naturais, já expusemos isso aqui em diversos artigos. Uma cidade antes pequena, que tinha na extração do sal sua principal atividade econômica em tempos passados. Havia pouca infraestrutura, mas mesmo assim seu potencial natural despertou a atenção de turistas do mundo inteiro e também de investidores imobiliários. Com o tempo, as salinas deram lugar às construções, a cidade ampliou estratosfericamente o seu número de habitantes pela vinda de imigrantes de outros estados, cresceu em comércio, serviços e também, como consequência natural, em problemas sociais. Já há algum tempo passa por sua mais grave crise econômica devido ao revertério causado pela queda acentuada de uma de suas principais receitas, os royalties do petróleo, e também pela crise geral por que passa o país, em especial o estado do Rio de Janeiro.

Mas, ainda assim, segue sendo a cidade que tanto nos encanta, onde sentimos e percebemos seu potencial latente que muito pode impulsioná-la a ter melhor qualidade de vida, desde que seja este o foco de sua gestão. Por isso que, além de solicitarmos providências para algumas situações específicas que precisam ser melhoradas, fazemos sempre questão de destacar o que a cidade tem de positivo, de divulgar o seu potencial natural e cultural e de trazer também para cá o relato de novas experiências, ideias, pensamentos e atividades realizadas em outras cidades e que possam servir de inspiração para aplicação de forma semelhante em nossa cidade. Este tem sido o foco principal de nosso blog em relação a Cabo Frio.

E hoje eu não poderia deixar de homenagear mais uma vez essa cidade linda onde me sinto viva, onde tenho inspiração para doar o melhor de mim e, em consequência, aprimorar-me cada vez mais enquanto pessoa.

Segue abaixo um pequeno vídeo com declamação de uma de minhas poesias para a cidade:



Eu digo: sou e serei eternamente cativa dos encantos de Cabo Frio: seu mar cristalino, em que azul e verde unem-se envoltos na branca renda que se forma da quebra de suas ondas, suas praias de areia fina e clara, suavemente acolhedora, sua história, seu passado retratado pelas lentes de Wolney Teixeira... (LGR, 13/11/2017)

Luciana G. Rugani

sábado, 11 de novembro de 2017

RESULTADO E LISTA DE JURADOS DO IV PRÊMIO RADIOTELEGRAFISTA AMARO PEREIRA DE CRÔNICA

O concurso literário de crônicas "IV Prêmio Radiotelegrafista Amaro Pereira de Crônica" que divulgamos aqui teve seu resultado publicado neste sábado.
Fui convidada para participar como jurada por seu idealizador e coordenador Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta), o que me fez sentir muito feliz e honrada por ser um concurso de excelência e já em sua quarta edição.
Segue abaixo o resultado e a lista de jurados:


Resultado do IV Prêmio Radiotelegrafista Amaro Pereira de Crônica:


6-Geraldo Trombin.
Título: Bate-Bola.
Pseudônimo: Getro.
Cidade: Americana-SP.
Pontuação: 342.

7-Aparecida Gianello.
Título: Filho de peixe...
Pseudônimo: Edilson com I.
Cidade: Martinópolis-SP.
Pontuação: 340.

8-Marcelo de Oliveira.
Título: Pátria sem chuteiras.
Pseudônimo: Somar.
Cidade: Salvador-BA.
Pontuação: 329.

9-Diego de Toledo.
Título: Velho troféu.
Pseudônimo: Caminheiro da Mantiqueira.
Cidade: Limeira-SP.
Pontuação: 291.

10-Plinio Cesar.
Título: O Pênalti.
Pseudônimo: Tupinambá.
Cidade: Regente Feijó-SP.
Pontuação: 284.
1-André Luís Soares.
Título: Futebol – uma arte do passado.
Pseudônimo: Meia-Lua Inteira.
Cidade: Guarapari-ES.
Pontuação: 440.

2-Roque Aloísio.
Título: O Apelido que ficou e marcou.
Pseudônimo: Pelé Branco.
Cidade: Santa Rosa-RS.
Pontuação: 397.

3-Evandro Ferreira.
Título: Lá em cima.
Pseudônimo: O Gladiador EF.
Cidade: Caucaia-CE.
Pontuação: 395.

4-Denivaldo Piaia.
Título: Fanático distraído.
Pseudônimo: Inéd.
Cidade: Campinas-SP.
Pontuação: 352.

5-Regina Ruth.
Título: Dribles do Passado.
Pseudônimo: Camisa Doze.
Cidade: Araçatuba-SP.
Pontuação: 347.



JURADOS DO IV PRÊMIO RADIOTELEGRAFISTA AMARO PEREIRA DE CRÔNICA:


1-EDWEINE LOUREIRO.
- Escritor e acadêmico.
- Cidade: Saitama/Japão.

2-SYLVIA MARIA.
- Jornalista, escritora e acadêmica.
- Cidade: Cabo Frio/RJ.

3-LUCIANA G. RUGANI.
- Blogueira e poetisa.
- Cidade: Cabo Frio/RJ.

Fonte: http://radiotelegrafistaamaropereira.blogspot.com.br/                                                                     
4-ANTHONY RASIB.
- Escritor e acadêmico.
- Cidade: São Paulo/SP.

5-RODRIGO POETA.
- Escritor e acadêmico.
- Cidade: Cabo Frio/RJ.

6-MARCELO REIS.
- Acadêmico e pesquisador.
- Cidade: São Paulo/SP.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

LIVRO QUE CONTA A HISTÓRIA DA ESTRADA DE FERRO MARICÁ SERÁ LANÇADO EM CABO FRIO

por Luciana G. Rugani - Havia em Cabo Frio uma estação da Estrada de Ferro Maricá que foi de grande importância para a história do desenvolvimento da cidade. O seu prédio, que é avalorado pelo Inepac/Iphan e tombado pelo Imupac, encontra-se à venda.  Para que seja realizado o tombamento estadual da estação, pedimos a colaboração de todos os amantes da história, e em especial da história de Cabo Frio, para que assinem o abaixo-assinado clicando neste link
Peçam também aos seus amigos!
__________________________________________________

Um dos capítulos relata a importância dos salineiros da região

A história do transporte no país está diretamente ligada ao desenvolvimento econômico e social. Em Cabo Frio não é diferente. Somente com a chegada da Estrada de Ferro Maricá, em setembro de 1937, a cidade teve ligação direta com a capital e locais dos arredores. A rodovia foi um marco no desenvolvimento das cidades da Região dos Lagos. O sal, o cal e os produtos produzidos nas lavouras, com a integração da estrada de ferro que vinha de Maricá, puderam ser comercializados. A viagem para a capital, que antes era feita em lombo de burro ou em barcos que navegavam pela Lagoa de Araruama e, muitas vezes levava 10 horas, também foi encurtada e mudou a rotina dos moradores destas cidades.

A história da Estrada de Ferro Maricá, que narra a instalação da ferrovia que no final do século XIX interligou o município de São Gonçalo a Maricá, e no início do século XX interligou a Baía da Guanabara, em Neves, São Gonçalo, à Lagoa de Araruama, em Iguaba, e em seguida a Cabo Frio, é contada nas páginas do livro “Estrada de Ferro Maricá – Desenvolvimento Regional da Área Litorânea do Estado do Rio de Janeiro”, do jornalista e historiador Célio Pimentel. Filho do então chefe da estação de Iguaba, Sotero Luiz Pimentel, Célio tem uma ligação direta com a rodovia, pois nasceu via parteira na estação de Iguaba.

“Tem um capítulo no livro que escrevo sobre os salineiros da região, pois eles despachavam o sal durante todo o tempo em que o trem circulou. Cito nome por nome das famílias. Estou muito emocionado em lançar o livro em Cabo Frio porque meu pai chegou a trabalhar na estação do Jacaré na década de 40”, conta o escritor.

O livro vai ser lançado em duas ocasiões em Cabo Frio. No Charitas, no dia 15, às 18h, e no Solar dos Massa, no dia 22, de 9h às 11h.
imagem

Att.
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Frio

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

FEIRA LITERÁRIA "FASES E FATOS” COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA

       

Evento terá palestras, apresentações musicais, lançamento de livros e entrega do Prêmio Cora Carolina de Literatura

Começa nesta quinta-feira (9) e vai até sábado (11), na Casa de Cultura José de Dome (Charitas), a Feira Literária “Fases e Fatos”. O evento, que conta com palestras, apresentações musicais, lançamento de livros e entrega do Prêmio Cora Carolina de Literatura, é promovida pela Editora Comunicação e tem o apoio da Secretaria de Cultura.

Com tema “A mulher na literatura”, a feira tem o objetivo de incentivar a leitura na cidade. “Queremos estimular o hábito da leitura e transformar as pessoas através dos livros. A feira e o prêmio promovem também a confraternização dos artistas e mostra a importância deles nas suas categorias”, comentou a diretora da editora Comunicação, Keetherine Giovanessa.

O Charitas fica localizado na Avenida Nossa Senhora da Assunção nº 855, no Centro de Cabo Frio. O espaço sedia exposições artísticas temporárias e permanentes, e pode ser visitado de segunda à sexta-feira, de 8h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 20h.

Programação:

Quinta-feira (9)
17h  – Palestra com a professora Andréa Rezende com o tema “Das femininas às feministas. A luta pela inclusão e ascensão da mulher na literatura”
18h30 – Apresentação da banda Limite Alternativo
19h – Lançamento do livro Palavras à Flor da Pele, da escritora Jaqueline Brum
20h45 – Entrega do Prêmio Cora Coralina de Literatura nas categorias Melhor Livro e Melhor Poesia.

Sexta-feira (10)
17h – Palestra com a professora Mônica Cabral com o tema “Os cinco poderes da palavra”
18h30 – Apresentação com a cantora Lorena Brites
19h – Lançamento do livro “A Propriedade Lexical no ensino de produção de textos”, da professora Mônica Cabral
20h45 – Entrega do Prêmio Cora Coralina de Literatura nas categorias Melhor Crônica Revelação do Ano e Melhor Projeto Sociocultural

Sábado (11)
17h – Palestra com a coach Andreia Menezes com o tema “A importância da leitura no desenvolvimento de emoções positivas”
18h – Lançamento da Antologia Fascínios
19h – Concerto com o pianista da série Jovens Pianistas
20h – Bate-papo com Laura Baptista sobre a “Literatura Feminista”
20h45 – Entrega do Prêmio Cora Coralina de Literatura nas categorias Melhor Escritor, Destaque Cultural e Destaque Literário

Att.
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Frio

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

SOLICITAÇÃO DE LIMPEZA DA AREIA DA PRAIA DO FORTE EM TODA SUA EXTENSÃO

Cabo Frio possui umas das praias mais lindas do Brasil! Um lugar que merece ser cuidado e tratado com toda atenção. A praia por si só é uma atração magnífica, mas o ser humano, com sua ação naturalmente predatória em relação à natureza, precisa aprender muito ainda sobre utilização dos espaços públicos e parar de deixar resíduos de qualquer tipo na areia.

E o poder público deveria, de tempos em tempos, realizar o trabalho de limpeza mais fina através dos tratores que "peneiram" a areia (os "tatuís da praia") para retirar dela resíduos que vão se acumulando e que podem causar acidentes nos frequentadores. Fica aqui nossa solicitação nesse sentido, e seria bom que o serviço fosse feito antes da alta temporada de fim de ano, pois já está perigoso. Há muitos resíduos cortantes, e com a chegada do fim de ano, isso vai aumentar enormemente.

A praia do Forte é maravilhosa em toda sua extensão, desde o "Canto do Forte", passando pela região do Malibu, Praia das Dunas e Foguete. Seu jogo de cores mar-areia é lindo e raro. As dunas, na praia das dunas, são precioso tesouro. Esse patrimônio belíssimo merece ser cuidado e limpo com mais atenção e carinho.

domingo, 5 de novembro de 2017

FIM DE SEMANA DE DIVERSÃO, LAZER E MÚSICA EM CABO FRIO

A cidade de Cabo Frio (RJ) nos oferece muitas opções de atividades e de lazer. 
Na semana passada postei aqui no blog sobre nosso fim de semana cultural, com eventos musicais de diversos estilos e apresentação de corais. 
Desta vez, o fim de semana foi com muito sol, diversão, natureza e música.
Na sexta-feira, fomos na reinauguração do antigo Riala, agora Clube Aquático de Cabo Frio. O clube está lindo e bem cuidado. Passamos um dia super agradável. Piscinas, brinquedos, petiscos, uma cerveja e bate papo com amigos dos quais pudemos matar um pouco a saudade: tudo de bom!! 
Vejam as fotos do local:



No sábado curtimos um dia de praia perfeito, apesar do vento um pouco mais forte. A belíssima Praia do Forte, com sua areia branquinha e mar azul, conjunto de rara beleza, foi a atração principal durante o dia.


 




















À noite fomos curtir um pouco de música no Dream Land Pub, no Largo São Benedito, na Passagem, com a banda de rock "Faixa Etária". O Dream Land é uma das muitas e variadas opções da vida noturna da cidade:

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA "INFORME LOCAL", COM DILL QUARESMA, NA JOVEM TV

Hoje participei, com o amigo professor José Facury, do Programa Informe Local, na Jovem TV, do apresentador Dill Quaresma.

Falamos sobre a questão da antiga estação de trem de Cabo Frio que está à venda e que seria muito interessante se o município pudesse adquirir tal propriedade para fazer dali um espaço ligado à cultura, ou até mesmo um museu, pois é um local muito significativo para a história de nossa cidade.

Em nosso blog há vários textos referentes ao assunto, inclusive participação também no programa da Janaína Freire, da TV Litoral News.

Há também o abaixo-assinado que já compartilhamos e para o qual pedimos novamente a participação e divulgação dos queridos leitores clicando aqui para assinar.

Segue abaixo o vídeo do programa e fotos:

 

terça-feira, 31 de outubro de 2017

PAZ

Por Jaqueline Brum (escritora cabo-friense), do livro "Palavras à flor da pele"
"Não existe um caminho para a paz, a paz é o caminho." (Gandhi)

Precisamos de Paz!

Mais que usar a palavra paz é necessário refletir seu real significado e entender o que falta para conseguirmos usá-la com mais verdade e muito mais frequência, não como súplica, mas como algo real e concreto nas sociedades. O ser humano precisa de paz urgente!

São Francisco de Assis disse a respeito da paz: "Para você pregar a paz, primeiro você deve ter a paz dentro de você". Será um sonho ou desejo utópico? Será que algum dia conseguiremos deitar a cabeça no travesseiro em plena paz?

Maravilha quando o ser humano está bem consigo mesmo e busca uma harmonia elevando sua dimensão espiritual, psíquica, emocional. Seja através de uma conexão com Deus, com o universo ou com a natureza. É um sentimento pleno encontrar a paz dentro de si e ainda assim estar conectado ao mundo e às pessoas. No entanto, é possível estar em paz em um mundo de guerras?

Todos os dias somos bombardeados com notícias que avassalam nosso eu, e se há humanidade em nós, não dá pra ser indiferente à dor alheia. São tantas notícias que nos deixam horrorizados, apavorados. Observamos que a mesma espécie que dá a vida, também mata cruelmente e comete inúmeras atrocidades contra seu semelhante.

Somos tão contraditórios!

Há tanta fome, miséria e dor que humanamente é difícil saber de tudo isso e não se incomodar, ficar em paz.

Tentar "sublimar" e esquecer e fingir que não existem problemas sociais graves que nos afetam pode nos tornar frios e egoístas, por outro lado, é preciso cuidado, certo limite. É importante o auto-conhecimento. Conhecer, entender suas limitações, descobrir o que está ao seu alcance, o que você pode mudar, o que você pode transformar. Não podemos sozinhos transformar o mundo, as pessoas...

Precisamos, com cautela, começar de dentro pra fora. Percebemos que o ser humano está em constante conflito com o seu eu e cada um precisa se achar, se descobrir, se conhecer e perceber que há beleza dentro de cada um de nós. Dentro de cada pessoa há belezas e mistérios!

Por que o tormento, o lamento e a dor?

Um dia não estaremos mais aqui, tudo aqui é passageiro. A paz deveria ser constante...

Precisamos de paz!

Precisamos ficar em paz!

domingo, 29 de outubro de 2017

FIM DE SEMANA CULTURAL EM CABO FRIO

Na sexta-feira (27), aconteceu o show de Luiza Dionízio no "Don Bigodon, barbearia arte, café e bar", em Cabo Frio (RJ). 
Luiza é do Rio de Janeiro e trouxe para nós o melhor do repertório de Luiz Melodia, falecido em agosto passado. Luiza participou de várias apresentações com Melodia e hoje é uma de suas grandes intérpretes.
Foi um show maravilhoso proporcionado pela produtora cultural Luciana Branco, que tem dado a chance, através de seu empenho e sensibilidade, a talentosos artistas da música que propiciam à nossa cidade apresentações culturais de qualidade.
Mas a noite não parou por aí...

Luiza Dionízio
Luciana Branco, produtora

 
Terminado o show no "Don Bigodon", fomos prestigiar o amigo Marcosblues, o melhor de blues da nossa região, na "Confraria do Malte Beer Pub". Marcos e o gaitista Ariel Camargo interpretaram blues e sucessos da música nacional e internacional. Marcos faz shows particulares e também toca e já tocou em diversas casas aqui em Cabo Frio e em Búzios. É um grande artista apaixonado pela música e, especialmente, pelo blues.

Marcosblues, o melhor do blues na região
 


No sábado (28), fomos conferir o 2º dia do Festival Internacional de Corais de Cabo Frio, na Igreja Matriz Nossa Senhora Assunção. O evento foi organizado pela Associação Artístico Cultural Cantavento, dirigida pelo Maestro Ruy Capdeville, e pela Ferlagos. 
Conhecemos o "Grupo Vocal Boca que Usa", de Niterói. O grupo tem regência compartilhada e acabou de voltar da Letônia, onde ganhou duas medalhas de prata no Concurso Grand Prix of Nations, em Riga. Foi o único coral da América Latina a ser convidado a participar. O grupo apresentou, entre outras peças, a seleção vencedora no concurso da Letônia. 
Deixamos aqui nossos parabéns ao grupo por levar positivamente o nome de nosso país ao exterior, provando que, muito além dos nossos graves problemas, temos aqui pessoas talentosas que utilizam os instrumentos que têm, no caso específico a música, para propagar cultura e valores como respeito, disciplina, estudo e determinação.



Maestro Ruy Capdeville, diretor da Associação Artístico Cultural Cantavento
Luciana G. Rugani
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...