sábado, 21 de outubro de 2017

REGIÃO DOS LAGOS: 5ª FEIRA DE FESTAS E EVENTOS

É hoje e amanhã!!

Contagem regressiva para a maior Feira de Festas e Eventos com participação dos 90 melhores fornecedores da região.

Se está planejando o casamento, festa de debutantes, bodas, aniversário infantil, confraternização de funcionários, lançamento de uma marca ou produto, aniversário do pet... não perca o Lovely Days, nos dias 21 e 22 de outubro, no Hotel Paradiso Corporate, em frente à delegacia de Cabo Frio.

Descontos super especiais para quem fechar o pacote ou os serviços durante o evento que acontecerá das 14h às 21 horas. A entrada será gratuita, com doação de 1kg de alimento não perecível, 1 litro de leite ou fralda geriátrica.

Toda a arrecadação será destinada à Apae Cabo Frio e pólo Tamoios, Abrigo Municipal e Asilo Lar de Cidinha.

Texto e foto: 
Eliane Ribeiro
Assessora de Imprensa

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

JUNIOR CARRIÇO LANÇA LIVRO NO CHARITAS NESTE SÁBADO




“Recovecos” reúne diversas composições do artista

O professor, cantor, compositor e músico Junior Carriço, neto do poeta Victorino Carriço (1912 – 2003) lança neste sábado (21) o seu primeiro trabalho literário, o livro ‘Recovecos’. A publicação, da Editora Comunicação, reúne 56 poesias, composições que foram musicadas e agora imortalizadas no livro. O lançamento acontece às 18h, no Charitas.

Recovecos, que em espanhol significa ‘Cantinhos’, traz uma diversidade de textos que retratam cantos da Região dos Lagos interpretados pelo artista. Cantos daqui e de tantos experimentos vividos e retratados em composições do músico.

“Estou muito orgulhoso, me sinto privilegiado de poder ter minha arte ao alcance das pessoas através desse trabalho”, declarou Junior.

Criado em ambiente musical e literário, na casa do avô Victorino, onde atualmente funciona a Casa da Poesia, em Arraial do Cabo, Junior não nega a influência recebida ao longo da infância. A sensibilidade para compor diante de cenários como o mar, a restinga e tantos outros, é herança.

“Certamente herdei do meu avô essa veia artística e ao longo da vida a música e a poesia estiveram presentes em eu trajeto”, conclui o artista.

O pré-lançamento do livro aconteceu na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro.

Att.
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Frio

terça-feira, 17 de outubro de 2017

PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA DA JANAÍNA FREIRE

Hoje participei, junto com o amigo José Facury, do programa da Janaína Freire, na TV Litoral News.

Falamos sobre a questão da antiga estação de trem de Cabo Frio, tema sobre o qual já tratei aqui no blog.

O terreno onde ela se encontra está sendo vendido pelo proprietário. O comprador não poderá dispor livremente do imóvel, pois há várias restrições e o prédio é avalorado pelo INEPAC/IPHAN e tombado pelo IMUPAC. Mas é um prédio de grande importância histórica para a cidade e por isso seria interessante que o município pudesse adquirir essa propriedade e fazer dali um ponto cultural integrado à comunidade dos bairros adjacentes.
Sabemos das dificuldades financeiras do município, porém é preciso que não deixemos que se percam valores e a riqueza histórica da cidade. Gostaríamos muito, e seria de enorme valor para Cabo Frio, que o poder público tratasse com carinho deste assunto inserindo-o no rol de prioridades do município e buscando uma possível e interessante negociação com o proprietário do imóvel.

Solicitamos a todos que amam e valorizam a história da cidade, e também ao poder público, uma maior atenção com este caso para evitar que percamos este valioso patrimônio que poderia até tornar-se um importante ponto de visitação para o turismo histórico-cultural.

Fizemos um abaixo assinado e pedimos a todos que assinem e nos ajudem a divulgar.

Deixo aqui meus agradecimentos ao querido amigo Facury, que nos deu uma valiosa colaboração com seu vasto conhecimento do assunto engrandecendo bastante o programa e à querida Janaína Freire pelo convite e por estar junto conosco nesta causa. Obrigada, Janaína, por ter abraçado com tanto carinho a luta pela preservação de nossa história e pelo resgate de valores e sentimentos essenciais para que tenhamos uma percepção mais ampla da vida, percepção esta muito mais além da mera materialidade e do lucro a qualquer custo, que nos torne capazes de perceber e valorizar a riqueza de uma história.


Clique aqui para assinar o abaixo assinado. 


Seguem abaixo fotos do programa:





 



 

sábado, 14 de outubro de 2017

SARAU CULTURAL DA CASA DI GAYA

Aconteceu ontem na Guesthouse Casa di Gaya o segundo Sarau Cultural di Gaya.

Trata-se de um projeto idealizado por mim e por Marta Rocha (proprietária da Guesthouse) que tem por missão:

- promover, através da arte, uma forma mais ampla de percepção da vida, um olhar que valorize além do mero valor material, que saiba perceber a riqueza de uma história; a beleza majestosa da natureza; o valor único, a essência divina, que há em cada ser vivo de Gaia, nossa mãe Terra;

- incentivar cada participante a expressar suas criações artísticas de quaisquer modalidades;

- realizar saraus periódicos como forma de manter uma continuidade na sintonia com a poesia, literatura e outras formas de arte;

- divulgar o conhecimento e a informação sobre a vida e o trabalho de poetas e escritores brasileiros.

O projeto nasceu sob inspiração do "Flores Literárias", idealizado pelas escritoras Jaqueline Brum e Andréa Rezende, sobre o qual já falamos neste blog (clique aqui para conhecer).

Jaqueline e Andréa foram homenageadas nessa segunda edição do Sarau Cultural di Gaya, assim como foi também o pintor João Fontenelle, que pinta maravilhosos quadros com os pés. 

Pensando em divulgar poetas e escritores brasileiros, em cada sarau é escolhido um nome para ser o tema central. Desta vez o eleito foi Francisco de Paula Brito (1809-1861). 

Conhecido como Paula Brito, ele, que também era editor, foi quem editou o livro "O Filho do Pescador", do grande escritor cabo-friense Teixeira e Sousa, em 1843.

Foi uma noite muito agradável. Além de cultura, poesia e arte, tivemos deliciosos quitutes, vinho e outras comidinhas. 

Abaixo seguem fotos do evento:


 



   













 


 

Luciana G. Rugani

POESIA: HOMENAGEM A DUAS LINDAS FLORES

por Luciana G. Rugani - esta poesia fiz em homenagem às escritores, poetisas e professoras Jaqueline Brum e Andréa Rezende (respectivamente Flor do Pau-brasil e Flor do Ipê, na Antologia do grupo Flores Literárias) pelo belo trabalho que realizam divulgando a literatura como uma forma de arte aberta a todos os que se interessam em expressar na forma literária o amor, a paz e bons sentimentos em geral, muitas vezes perdidos pela aridez de nossa vida diária.

Quando deixamos falar o nosso lado artístico, esse lado que resgata os sentimentos e valores que costumam ficar perdidos pelo caminho, ganhamos uma visão mais ampla e uma percepção mais profunda dos fatos ao nosso redor.

Obrigada Jaqueline e Andréa pelo sentimento de carinho e acolhimento com que recebem a todos no Flores Literárias, ajudando-nos a resgatar o que há de melhor em nós.



Homenagem a duas lindas flores



Duas flores

Duas lindas flores,

Flor do Ipê e flor do Pau-Brasil,

Que com beleza, ternura e carinho,

Resolveram criar um jardim!

Um jardim colorido,

Com flores de todos os tipos,

Rico em variedade de ideias,

De sentimentos,

De arte.

Lançam suas sementes

Propagam amor,

Cultura,

Virtudes.

Despertam mentes adormecidas

E semeiam a beleza da poesia

Em corações antes desertos.

Inspiram iniciativas,

Projetos,

O saber acessível a todos.

São assim essas duas flores,

Que me trouxeram de volta à poesia.

A elas minha gratidão,

Minha amizade

e todo meu carinho.



Luciana Gonçalves Rugani, 13/10/17

terça-feira, 10 de outubro de 2017

ENQUANTO ADMIRAVA AS ESTRELAS

por Luciana G. Rugani - semana passada, enquanto admirava as estrelas, eu pensei no quanto elas revelam o mistério da infinitude do Universo, posto que são infinitas moradas do Criador. Observando tudo de mais simples que há na natureza, é incrível como se abre nossa percepção e como que conseguimos enxergar as coisas de forma mais profunda e ampla. 
Hoje encontrei este texto de 2010, do autor Rafael de Paula, e ele veio totalmente ao encontro de minha reflexão. Parece até aqueles "acasos" que não são acasos...vale a pena ler, maravilhoso e sábio:


Hoje eu percebi que há muito tempo eu não olhava as estrelas no céu. Via algumas mais azuis, outras mais brancas, outras mais vermelhas, e me perguntei: Elas sempre foram assim, meio que, digamos, coloridas? Achei-as tão bonitas, tão serenas, que tranquilizaram meu espírito tão inquieto,ansioso e até impaciente. Mas me pergunto: se o céu está sempre ali, tão evidente, tão grandioso e tão disponível ao simples olhar, porque há tanto tempo eu não o observava? Porque o simples ato de parar e admirar aqueles pequenos pontos brilhantes do céu tem ficado, para mim, cada vez mais raro?

É o parar de perceber essas pequenas coisas do mundo, essas sutilezas da vida, essa tal de “essência” das coisas, que me dá mais medo. Quando essas coisas passam despercebidas é porque ou tudo tem passado rápido demais ou a gente perdeu a sensibilidade para algumas coisas não apenas importantes, mas fundamentais. Um sorriso, um abraço, um aperto de mão, uma conversa frívola, uma “prosa ruim”, escutar música por escutar. São todas estas coisas tão pequenas e tão magnânimas ao mesmo tempo! Como? É simples: são coisas que remetem àquilo que temos de mais puro, mais sincero e mais simples. Aí volto a usar a palavra essência: essas coisas nos fazem lembrar daquilo que é essencial, mas ainda assim insistimos em esquecer ou em ignorar.

Se não damos atenção às estrelas do céu, à paisagem da janela, à uma viola velha que chora sozinha na madrugada, ao som do mar, à fluidez de um rio, quem dirá das sutilezas do ser, daquilo que há de mais feliz ou mais triste no outro? Afinal, é nessas pequenas coisas que conhecemos e entendemos os outros e alcançamos, da forma mais sublime, os seus sentimentos mais sinceros e intensos.

E enquanto admirava as estrelas, refletia sobre coisas da minha vida, e nesse breve devaneio oscilei entre tristeza e alegria, serenidade e ansiedade, medo e coragem. Nesse átimo, percebi que o tempo é, definitivamente, relativo. Podemos fazer coisas importantíssimas em alguns poucos segundos ou passar uma vida inteira sem fazer absolutamente nada, com a doce ilusão de estar fazendo muito. Podemos entender o mundo em um instante de inspiração, enquanto podemos, por muito tempo, ignorar aquilo que é realmente importante.

sábado, 7 de outubro de 2017

PREZADOS LEITORES, PEÇO UM MINUTO DE SUA ATENÇÃO


Prezados leitores,

Nosso país passa por uma fase complicada quando diversas reformas têm sido votadas e aprovadas na calada da noite, sem amplo debate com a sociedade e em troca de barganhas e acordos de bastidores forjados em encontros discretos no gabinete presidencial.

Assim foi com a reforma trabalhista, com a primeira denúncia contra o presidente, com a reforma política que criou o bilionário e malfadado fundo eleitoral, agora com a segunda denúncia contra o presidente já acontecem mais negociatas e encontros reservados entre os deputados e o presidente.

É urgente que nossa população acorde e não permita que isso siga acontecendo dessa forma, principalmente com mais uma reforma nefasta: a previdenciária. Esta será o golpe fatal para o trabalhador brasileiro e justificada em cima de um falso déficit anunciado pelo governo.

Já foi provado e divulgado, em estudos e palestras realizados por auditores fiscais da receita e da dívida pública, que este déficit anunciado não existe, e que, pelo contrário, a previdência é superavitária. Ela possui outras fontes de renda, inclusive tributos que todos nós pagamos. Além disso, se fossem acionados e cobrados os grandes devedores da previdência, o valor arrecadado cobriria de longe o valor do falso déficit anunciado pelo governo.

Se quiserem maiores esclarecimentos, cliquem aqui para assistir ao vídeo explicativo.

É imprescindível que toda a sociedade participe e diga não a mais esta aberração do governo.

Abaixo seguem os e-mails dos deputados federais. Escrevam, enviem mensagens contra mais essa atrocidade dentre tantas já promovidas até agora. Alguns e-mails podem retornar, dizendo que "a caixa está cheia". Então reenviem depois, mas não deixem de enviar. É importante pelo menos que manifestemos as nossas razões:

dep.abelmesquitajr@camara.leg.br 
dep.adailcarneiro@camara.leg.br
dep.adalbertocavalcanti@camara.leg.br
dep.adelmocarneiroleao@camara.leg.br
dep.adelsonbarreto@camara.leg.br
dep.ademircamilo@camara.leg.br
dep.adiltonsachetti@camara.leg.br
dep.aeltonfreitas@camara.leg.br
dep.afonsoflorence@camara.leg.br
dep.afonsohamm@camara.leg.br
dep.afonsomotta@camara.leg.br
dep.aguinaldoribeiro@camara.leg.br
dep.alanrick@camara.leg.br
dep.albertofilho@camara.leg.br
dep.albertofraga@camara.leg.br
dep.alceumoreira@camara.leg.br
dep.alessandromolon@camara.leg.br
dep.alexcanziani@camara.leg.br
dep.alexmanente@camara.leg.br
dep.alexandrebaldy@camara.leg.br
dep.alexandreleite@camara.leg.br
dep.alexandreserfiotis@camara.leg.br
dep.alexandrevalle@camara.leg.br
dep.alfredokaefer@camara.leg.br
dep.alfredonascimento@camara.leg.br
dep.aliceportugal@camara.leg.br
dep.alielmachado@camara.leg.br
dep.altineucortes@camara.leg.br
dep.aluisiomendes@camara.leg.br
dep.anaperugini@camara.leg.br
dep.andreabdon@camara.leg.br
dep.andreamaral@camara.leg.br
dep.andredepaula@camara.leg.br
dep.andrefigueiredo@camara.leg.br
dep.andrefufuca@camara.leg.br
dep.andremoura@camara.leg.br
dep.andressanchez@camara.leg.br
dep.angelim@camara.leg.br
dep.anibalgomes@camara.leg.br
dep.antoniobrito@camara.leg.br
dep.antoniobulhoes@camara.leg.br
dep.antoniocarlosmendesthame@camara.leg.br
dep.antoniojacome@camara.leg.br
dep.ariostoholanda@camara.leg.br
dep.arlindochinaglia@camara.leg.br
dep.arnaldofariadesa@camara.leg.br
dep.arnaldojordy@camara.leg.br
dep.aroldedeoliveira@camara.leg.br
dep.arthurlira@camara.leg.br
dep.arthuroliveiramaia@camara.leg.br
dep.assiscarvalho@camara.leg.br
dep.assisdocouto@camara.leg.br
dep.assismelo@camara.leg.br
dep.atilalins@camara.leg.br
dep.atilalira@camara.leg.br
dep.augustocarvalho@camara.leg.br
dep.augustocoutinho@camara.leg.br
dep.aureo@camara.leg.br
dep.bacelar@camara.leg.br
dep.baleiarossi@camara.leg.br
dep.bebeto@camara.leg.br
dep.beneditadasilva@camara.leg.br
dep.benitogama@camara.leg.br
dep.benjaminmaranhao@camara.leg.br
dep.betinhogomes@camara.leg.br
dep.betofaro@camara.leg.br
dep.betomansur@camara.leg.br
dep.betorosado@camara.leg.br
dep.betosalame@camara.leg.br
dep.bilacpinto@camara.leg.br
dep.bohngass@camara.leg.br
dep.bonifaciodeandrada@camara.leg.br
dep.brunafurlan@camara.leg.br
dep.brunny@camara.leg.br
dep.cabodaciolo@camara.leg.br
dep.cabosabino@camara.leg.br
dep.cabucuborges@camara.leg.br
dep.cacaleao@camara.leg.br
dep.caetano@camara.leg.br
dep.caionarcio@camara.leg.br
dep.cajarnardes@camara.leg.br
dep.capitaoaugusto@camara.leg.br
dep.carlosandrade@camara.leg.br
dep.carlosbezerra@camara.leg.br
dep.carloseduardocadoca@camara.leg.br
dep.carlosgomes@camara.leg.br
dep.carloshenriquegaguim@camara.leg.br
dep.carlosmanato@camara.leg.br
dep.carlosmarun@camara.leg.br
dep.carlosmelles@camara.leg.br
dep.carlossampaio@camara.leg.br
dep.carlossouza@camara.leg.br
dep.carloszarattini@camara.leg.br
dep.carmenzanotto@camara.leg.br
dep.celiosilveira@camara.leg.br
dep.celsojacob@camara.leg.br
dep.celsomaldaner@camara.leg.br
dep.celsopansera@camara.leg.br
dep.celsorussomanno@camara.leg.br
dep.cesarhalum@camara.leg.br
dep.cesarmessias@camara.leg.br
dep.cesarsouza@camara.leg.br
dep.chicoalencar@camara.leg.br
dep.chicodangelo@camara.leg.br
dep.chicolopes@camara.leg.br
dep.christianedesouzayared@camara.leg.br
dep.ciceroalmeida@camara.leg.br
dep.claudiocajado@camara.leg.br
dep.cleberverde@camara.leg.br
dep.conceicaosampaio@camara.leg.br
dep.covattifilho@camara.leg.br
dep.creuzapereira@camara.leg.br
dep.cristianebrasil@camara.leg.br
dep.dagobertonogueira@camara.leg.br
dep.damiaofeliciano@camara.leg.br
dep.daminapereira@camara.leg.br
dep.danielalmeida@camara.leg.br
dep.danielcoelho@camara.leg.br
dep.danielvilela@camara.leg.br
dep.danilocabral@camara.leg.br
dep.daniloforte@camara.leg.br
dep.danrleidedeushinterholz@camara.leg.br
dep.darcisioperondi@camara.leg.br
dep.davidsonmagalhaes@camara.leg.br
dep.deciolima@camara.leg.br
dep.dejorgepatricio@camara.leg.br
dep.delegadoedermauro@camara.leg.br
dep.delegadoedsonmoreira@camara.leg.br
dep.delegadofrancischini@camara.leg.br
dep.delegadowaldir@camara.leg.br
dep.deley@camara.leg.br
dep.deoclidesmacedo@camara.leg.br
dep.diegoandrade@camara.leg.br
dep.diegogarcia@camara.leg.br
dep.dilceusperafico@camara.leg.br
dep.dimasfabiano@camara.leg.br
dep.domingosneto@camara.leg.br
dep.domingossavio@camara.leg.br
dep.dr.jorgesilva@camara.leg.br
dep.dr.sinvalmalheiros@camara.leg.br
dep.dulcemiranda@camara.leg.br
dep.ediolopes@camara.leg.br
dep.edmararruda@camara.leg.br
dep.edmilsonrodrigues@camara.leg.br
dep.eduardobarbosa@camara.leg.br
dep.eduardobolsonaro@camara.leg.br
dep.eduardocury@camara.leg.br
dep.eduardodafonte@camara.leg.br
dep.efraimfilho@camara.leg.br
dep.elcionebarbalho@camara.leg.br
dep.elicorreafilho@camara.leg.br
dep.elizeudionizio@camara.leg.br
dep.elizianegama@camara.leg.br
dep.elmarnascimento@camara.leg.br
dep.enioverri@camara.leg.br
dep.erikakokay@camara.leg.br
dep.eriveltonsantana@camara.leg.br
dep.erosbiondini@camara.leg.br
dep.esperidiaoamin@camara.leg.br
dep.evairvieirademelo@camara.leg.br
dep.evandrogussi@camara.leg.br
dep.evandroroman@camara.leg.br
dep.expeditonetto@camara.leg.br
dep.ezequielfonseca@camara.leg.br
dep.ezequielteixeira@camara.leg.br
dep.fabiofaria@camara.leg.br
dep.fabiogarcia@camara.leg.br
dep.fabiomitidieri@camara.leg.br
dep.fabioramalho@camara.leg.br
dep.fabioreis@camara.leg.br
dep.fabiosousa@camara.leg.br
dep.faustopinato@camara.leg.br
dep.felipebornier@camara.leg.br
dep.felipemaia@camara.leg.br
dep.felixmendoncajunior@camara.leg.br
dep.fernandomonteiro@camara.leg.br
dep.fernandotorres@camara.leg.br
dep.flaviamorais@camara.leg.br
dep.flavianomelo@camara.leg.br
dep.flavinho@camara.leg.br
dep.franciscochapadinha@camara.leg.br
dep.franciscofloriano@camara.leg.br
dep.franklin@camara.leg.br
dep.gabrielguimaraes@camara.leg.br
dep.geneciasnoronha@camara.leg.br
dep.georgehilton@camara.leg.br
dep.geovaniadesa@camara.leg.br
dep.geraldoresende@camara.leg.br
dep.giacobo@camara.leg.br
dep.gilbertonascimento@camara.leg.br
dep.giovanicherini@camara.leg.br
dep.giuseppevecci@camara.leg.br
dep.givaldocarimbao@camara.leg.br
dep.givaldovieira@camara.leg.br
dep.glauberbraga@camara.leg.br
dep.gonzagapatriota@camara.leg.br
dep.goretepereira@camara.leg.br
dep.goulart@camara.leg.br
dep.guilhermecoelho@camara.leg.br
dep.guilhermemussi@camara.leg.br
dep.heitorschuch@camara.leg.br
dep.heldersalomao@camara.leg.br
dep.helioleite@camara.leg.br
dep.henriquefontana@camara.leg.br
dep.heraclitofortes@camara.leg.br
dep.herculanopassos@camara.leg.br
dep.hermesparcianello@camara.leg.br
dep.heulercruvinel@camara.leg.br
dep.hildorocha@camara.leg.br
dep.hirangoncalves@camara.leg.br
dep.hissaabrahao@camara.leg.br
dep.hugoleal@camara.leg.br
dep.hugomotta@camara.leg.br
dep.iracemaportella@camara.leg.br
dep.irajaabreu@camara.leg.br
dep.irmaolazaro@camara.leg.br
dep.ivanvalente@camara.leg.br
dep.izalcilucas@camara.leg.br
dep.izaquesilva@camara.leg.br
dep.jaimemartins@camara.leg.br
dep.jairbolsonaro@camara.leg.br
dep.jandirafeghali@camara.leg.br
dep.janetecapiberibe@camara.leg.br
dep.jarbasvasconcelos@camara.leg.br
dep.jeanwyllys@camara.leg.br
dep.jeffersoncampos@camara.leg.br
dep.jeronimogoergen@camara.leg.br
dep.jessicasales@camara.leg.br
dep.jhc@camara.leg.br
dep.jhonatandejesus@camara.leg.br
dep.jomoraes@camara.leg.br
dep.joaoarruda@camara.leg.br
dep.joaocampos@camara.leg.br
dep.joaocarlosbacelar@camara.leg.br
dep.joaodaniel@camara.leg.br
dep.joaoderly@camara.leg.br
dep.joaofernandocoutinho@camara.leg.br
dep.joaogualberto@camara.leg.br
dep.joaomarcelosouza@camara.leg.br
dep.joaopaulokleinubing@camara.leg.br
dep.joaopaulopapa@camara.leg.br
dep.joaorodrigues@camara.leg.br
dep.joaquimpassarinho@camara.leg.br
dep.jonesmartins@camara.leg.br
dep.jonymarcos@camara.leg.br
dep.jorgeboeira@camara.leg.br
dep.jorgecortereal@camara.leg.br
dep.jorgesolla@camara.leg.br
dep.jorgetadeumudalen@camara.leg.br
dep.jorginhomello@camara.leg.br
dep.joseairtoncirilo@camara.leg.br
dep.josecarlosaleluia@camara.leg.br
dep.josecarlosaraujo@camara.leg.br
dep.josefogaca@camara.leg.br
dep.joseguimaraes@camara.leg.br
dep.josementor@camara.leg.br
dep.josenunes@camara.leg.br
dep.joseotaviogermano@camara.leg.br
dep.josepriante@camara.leg.br
dep.josereinaldo@camara.leg.br
dep.joserocha@camara.leg.br
dep.josestedile@camara.leg.br
dep.josinunes@camara.leg.br
dep.josuebengtson@camara.leg.br
dep.jovairarantes@camara.leg.br
dep.joziaraujo@camara.leg.br
dep.juliamarinho@camara.leg.br
dep.juliocesar@camara.leg.br
dep.juliodelgado@camara.leg.br
dep.juliolopes@camara.leg.br
dep.juniormarreca@camara.leg.br
dep.juscelinofilho@camara.leg.br
dep.jutahyjunior@camara.leg.br
dep.keikoota@camara.leg.br
dep.laerciooliveira@camara.leg.br
dep.laertebessa@camara.leg.br
dep.laudiviocarvalho@camara.leg.br
dep.lauracarneiro@camara.leg.br
dep.lazarobotelho@camara.leg.br
dep.leandre@camara.leg.br
dep.lelocoimbra@camara.leg.br
dep.leodebrito@camara.leg.br
dep.leonardomonteiro@camara.leg.br
dep.leonardoquintao@camara.leg.br
dep.leonidascristino@camara.leg.br
dep.leopoldomeyer@camara.leg.br
dep.lincolnportela@camara.leg.br
dep.lindomargarcon@camara.leg.br
dep.lobbeneto@camara.leg.br
dep.luanacosta@camara.leg.br
dep.lucasvergilio@camara.leg.br
dep.lucianasantos@camara.leg.br
dep.lucianobivar@camara.leg.br
dep.lucianoducci@camara.leg.br
dep.luciomosquini@camara.leg.br
dep.luciovale@camara.leg.br
dep.luciovieiralima@camara.leg.br
dep.luiscarlosheinze@camara.leg.br
dep.luistibe@camara.leg.br
dep.luizcarloshauly@camara.leg.br
dep.luizcarlosramos@camara.leg.br
dep.luizclaudio@camara.leg.br
dep.luizcouto@camara.leg.br
dep.luizfernandofaria@camara.leg.br
dep.luizlaurofilho@camara.leg.br
dep.luiznishimori@camara.leg.br
dep.luizsergio@camara.leg.br
dep.luizaerundina@camara.leg.br
dep.luiziannelins@camara.leg.br
dep.macedo@camara.leg.br
dep.magdamofatto@camara.leg.br
dep.maiafilho@camara.leg.br
dep.majorolimpio@camara.leg.br
dep.mandetta@camara.leg.br
dep.maragabrilli@camara.leg.br
dep.marceloaguiar@camara.leg.br
dep.marceloalvaroantonio@camara.leg.br
dep.marceloaro@camara.leg.br
dep.marcelocastro@camara.leg.br
dep.marcelodelaroli@camara.leg.br
dep.marcelomatos@camara.leg.br
dep.marcelosquassoni@camara.leg.br
dep.marcioalvino@camara.leg.br
dep.marciomarinho@camara.leg.br
dep.marcoantoniocabral@camara.leg.br
dep.marcomaia@camara.leg.br
dep.marcotebaldi@camara.leg.br
dep.marcon@camara.leg.br
dep.marcosabrao@camara.leg.br
dep.marcosmedrado@camara.leg.br
dep.marcosmontes@camara.leg.br
dep.marcosreategui@camara.leg.br
dep.marcosrogerio@camara.leg.br
dep.marcossoares@camara.leg.br
dep.marcuspestana@camara.leg.br
dep.marcusvicente@camara.leg.br
dep.margaridasalomao@camara.leg.br
dep.mariadorosario@camara.leg.br
dep.mariahelena@camara.leg.br
dep.marianacarvalho@camara.leg.br
dep.marinaldorosendo@camara.leg.br
dep.marinharaupp@camara.leg.br
dep.marioheringer@camara.leg.br
dep.marionegromontejr@camara.leg.br
dep.maurolopes@camara.leg.br
dep.mauromariani@camara.leg.br
dep.mauropereira@camara.leg.br
dep.miguelhaddad@camara.leg.br
dep.miguellombardi@camara.leg.br
dep.miltonmonti@camara.leg.br
dep.miroteixeira@camara.leg.br
dep.misaelvarella@camara.leg.br
dep.missionariojoseolimpio@camara.leg.br
dep.moisesdiniz@camara.leg.br
dep.mosesrodrigues@camara.leg.br
dep.nelsonmarquezelli@camara.leg.br
dep.nelsonmeurer@camara.leg.br
dep.nelsonpadovani@camara.leg.br
dep.nelsonpellegrino@camara.leg.br
dep.newtoncardosojr@camara.leg.br
dep.nilsonleitao@camara.leg.br
dep.nilsonpinto@camara.leg.br
dep.niltotatto@camara.leg.br
dep.niltoncapixaba@camara.leg.br
dep.nivaldoalbuquerque@camara.leg.br
dep.normaayub@camara.leg.br
dep.odoricomonteiro@camara.leg.br
dep.onyxlorenzoni@camara.leg.br
dep.orlandosilva@camara.leg.br
dep.osmarbertoldi@camara.leg.br
dep.osmarserraglio@camara.leg.br
dep.otavioleite@camara.leg.br
dep.padrejoao@camara.leg.br
dep.paeslandim@camara.leg.br
dep.pastoreurico@camara.leg.br
dep.pastorlucianobraga@camara.leg.br
dep.patrusananias@camara.leg.br
dep.pauderneyavelino@camara.leg.br
dep.paulao@camara.leg.br
dep.pauloabiackel@camara.leg.br
dep.pauloazi@camara.leg.br
dep.paulofeijo@camara.leg.br
dep.paulofoletto@camara.leg.br
dep.paulofreire@camara.leg.br
dep.paulomagalhaes@camara.leg.br
dep.paulomaluf@camara.leg.br
dep.paulopereiradasilva@camara.leg.br
dep.paulopimenta@camara.leg.br
dep.pauloteixeira@camara.leg.br
dep.pedrochaves@camara.leg.br
dep.pedrocunhalima@camara.leg.br
dep.pedrofernandes@camara.leg.br
dep.pedropaulo@camara.leg.br
dep.pedrouczai@camara.leg.br
dep.pedrovilela@camara.leg.br
dep.pepevargas@camara.leg.br
dep.pollyanagama@camara.leg.br
dep.pompeodemattos@camara.leg.br
dep.pr.marcofeliciano@camara.leg.br
dep.professorvictoriogalli@camara.leg.br
dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.leg.br
dep.professoramarcivania@camara.leg.br
dep.rafaelmotta@camara.leg.br
dep.raimundogomesdematos@camara.leg.br
dep.raquelmuniz@camara.leg.br
dep.reginaldolopes@camara.leg.br
dep.reinholdstephanes@camara.leg.br
dep.remidiomonai@camara.leg.br
dep.renataabreu@camara.leg.br
dep.renatoandrade@camara.leg.br
dep.renatomolling@camara.leg.br
dep.renzobraz@camara.leg.br
dep.ricardoizar@camara.leg.br
dep.ricardoteobaldo@camara.leg.br
dep.ricardotripoli@camara.leg.br
dep.robertoalves@camara.leg.br
dep.robertobalestra@camara.leg.br
dep.robertobritto@camara.leg.br
dep.robertodelucena@camara.leg.br
dep.robertofreire@camara.leg.br
dep.robertogoes@camara.leg.br
dep.robertosales@camara.leg.br
dep.rocha@camara.leg.br
dep.rodrigodecastro@camara.leg.br
dep.rodrigomaia@camara.leg.br
dep.rodrigomartins@camara.leg.br
dep.rodrigopacheco@camara.leg.br
dep.rogeriomarinho@camara.leg.br
dep.rogeriopeninhamendonca@camara.leg.br
dep.rogeriorosso@camara.leg.br
dep.rogeriosilva@camara.leg.br
dep.romulogouveia@camara.leg.br
dep.ronaldobenedet@camara.leg.br
dep.ronaldocarletto@camara.leg.br
dep.ronaldofonseca@camara.leg.br
dep.ronaldolessa@camara.leg.br
dep.ronaldomartins@camara.leg.br
dep.roneynemer@camara.leg.br
dep.rosangelagomes@camara.leg.br
dep.rosinhadaadefal@camara.leg.br
dep.rubensbueno@camara.leg.br
dep.rubensotoni@camara.leg.br
dep.rubenspereirajunior@camara.leg.br
dep.sabinocastelobranco@camara.leg.br
dep.saguasmoraes@camara.leg.br
dep.sandroalex@camara.leg.br
dep.saraivafelipe@camara.leg.br
dep.sergiobrito@camara.leg.br
dep.sergiomoraes@camara.leg.br
dep.sergioreis@camara.leg.br
dep.sergiosouza@camara.leg.br
dep.sergiovidigal@camara.leg.br
dep.sergiozveiter@camara.leg.br
dep.severinoninho@camara.leg.br
dep.sheridan@camara.leg.br
dep.silascamara@camara.leg.br
dep.silasfreire@camara.leg.br
dep.silviocosta@camara.leg.br
dep.silviotorres@camara.leg.br
dep.simaosessim@camara.leg.br
dep.simonemorgado@camara.leg.br
dep.sorayasantos@camara.leg.br
dep.sostenescavalcante@camara.leg.br
dep.stefanoaguiar@camara.leg.br
dep.subtenentegonzaga@camara.leg.br
dep.tadeualencar@camara.leg.br
dep.takayama@camara.leg.br
dep.tenentelucio@camara.leg.br
dep.terezacristina@camara.leg.br
dep.thiagopeixoto@camara.leg.br
dep.tiririca@camara.leg.br
dep.toninhopinheiro@camara.leg.br
dep.toninhowandscheer@camara.leg.br
dep.ulduricojunior@camara.leg.br
dep.vaidonoliveira@camara.leg.br
dep.valadaresfilho@camara.leg.br
dep.valdircolatto@camara.leg.br
dep.valmirassuncao@camara.leg.br
dep.valmirprascidelli@camara.leg.br
dep.vanderloubet@camara.leg.br
dep.vanderleimacris@camara.leg.br
dep.venezianovitaldorego@camara.leg.br
dep.vicentearruda@camara.leg.br
dep.vicentecandido@camara.leg.br
dep.vicentinho@camara.leg.br
dep.vicentinhojunior@camara.leg.br
dep.victormendes@camara.leg.br
dep.viniciuscarvalho@camara.leg.br
dep.viniciusgurgel@camara.leg.br
dep.vitorlippi@camara.leg.br
dep.vitorvalim@camara.leg.br
dep.wadihdamous@camara.leg.br
dep.waldenorpereira@camara.leg.br
dep.waldirmaranhao@camara.leg.br
dep.walneyrocha@camara.leg.br
dep.walteralves@camara.leg.br
dep.walterihoshi@camara.leg.br
dep.welitonprado@camara.leg.br
dep.wellingtonroberto@camara.leg.br
dep.wevertonrocha@camara.leg.br
dep.wilsonbeserra@camara.leg.br
dep.wilsonfilho@camara.leg.br
dep.wladimircosta@camara.leg.br
dep.wolneyqueiroz@camara.leg.br
dep.yedacrusius@camara.leg.br
dep.zeaugustonalin@camara.leg.br
dep.zecarlos@camara.leg.br
dep.zegeraldo@camara.leg.br
dep.zesilva@camara.leg.br
dep.zecacavalcanti@camara.leg.br
dep.zecadirceu@camara.leg.br
dep.zecadopt@camara.leg.br
dep.zenaidemaia@camara.leg.br

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

REFLEXÃO DO DIA


É fato que atualmente não são as melhores energias que circundam nosso planeta. Há muita vibração de ódio e o que sinto é que isso afeta a todos, cada um em certa intensidade e de forma diferente. 

Se em alguns isso explode em atos insanos como os últimos que acabamos de assistir em Janaúba (Minas Gerais) e nos EUA, por exemplo, em outros ela se manifesta em discussões sem motivo, brigas sem sentido, e em outros se manifesta ainda como uma tristeza profunda e uma angústia sem porque. Daí se multiplicam as depressões e problemas psicológicos.

Mesmo nos sentido assim, com esse imenso vazio e sensação de tristeza, é urgente a oração. É urgente a vigilância conosco mesmo, tentarmos mudar um pouco o foco de tanta negatividade, e tentarmos buscar algo que nos eleve mentalmente.

Se não abrirmos os olhos, seguiremos sucumbindo a essa "lama energética"...

Luciana G. Rugani

terça-feira, 3 de outubro de 2017

FUNDO ELEITORAL - VERGONHA NACIONAL

por Luciana G. Rugani - Mateus Simões de Almeida faz, no texto abaixo, uma ótima reflexão sobre o malfadado fundo eleitoral aprovado semana passada no Senado Nacional. Mateus é professor e político. Assim como Gabriel Azevedo, Mateus também é vereador em Belo Horizonte, segue dando suas aulas e não faz da política profissão. Faz parte do partido NOVO, cujo princípio básico é não aceitar políticos profissionais. Mateus tem seguido a forma de política que anunciou que faria, sem acordos escondidos, sem troca de favores e sem desperdícios. Para ele, político não é autoridade e sim servidor público. Vale a pena ler o texto.
Com a palavra, Mateus Simões

Mestre em Direito Empresarial, procurador concursado da ALMG e professor universitário. Vereador em Belo Horizonte pelo NOVO.

Fundo eleitoral - vergonha nacional
por Mateus Simões
Os senadores deram uma prova, na última semana, de que não dão a mínima importância para a opinião pública, estando dispostos a sacrificar tudo e todos para garantir a manutenção do poder e o foro privilegiado de seus comparsas: aprovaram a criação do fundo eleitoral, que desvia R$ 1,7 bilhão dos cofres públicos, em anos eleitorais, para abastecer os caixas dos partidos...

A quem serve o fundo eleitoral? Aos atuais detentores de cargos políticos que querem se servir do dinheiro público, eternizando-se por lá e garantindo que o sistema continue como sempre foi. Eunício, Renan, Gleisi, Aécio, Collor e esse conjunto de equívocos que conduzimos ao Congresso Nacional – eles são os beneficiários da medida.

Quem paga por isso? Cada um de nós, com dinheiro dos impostos que são arrancados à força de quem já trabalha cinco meses no ano para custear a farra com dinheiro público. Isso, enquanto falta segurança, faltam escolas, faltam hospitais. Só não faltam recursos para se distribuir a políticos.

Por que votaram isso agora? Com o fim das doações de pessoas jurídicas, proibidas pelo STF em 2015 e o cerco da Lava Jato sobre caixa 2, a alternativa para quem deseja continuar comprando voto foi essa: pegar dinheiro público para gastar bilhões e eleger quem vai continuar roubando e jogando fora outros bilhões, ano após ano.

O que pode ser feito? Não podemos aguentar calados o contínuo desrespeito da população por quem é detentor de mandato. Temos de protestar, enviar e-mails aos deputados, que ainda votarão a medida; gritar ao vento e nas redes sociais contra esse absurdo. E, ao final, seja como for, precisamos garantir que nenhum deles, desta corja corrupta e corporativista, volte para o Congresso após a eleição de 2018. Não vamos reeleger ninguém! #RenovaTudo2018

Quem tem se manifestado contra o fundo? O NOVO é o único partido que não se utiliza do Fundo Partidário e se opõe, pública e frontalmente, ao uso de dinheiro público para promover campanhas políticas. Permitir que o sistema continue se alimentando do nosso dinheiro é inaceitável.

O passado e o futuro. Ao longo dos últimos meses vi ficar cada vez mais evidente quem são as pessoas que querem mudar o país e quem são os oportunistas que pretendem manter as benesses oficiais, ainda que sob nova roupagem. Cada um deve ficar atento e julgar seus votos passados com base no que tem sido feito pelos seus deputados e senadores, hoje. Como se comportaram nas grandes decisões nacionais – pensaram no país, ou continuaram pensando neles?

Talvez não haja mais vergonha entre os membros do Congresso, para defender o que só interessa a eles. Mas certamente há ainda força entre nós, para garantir que eles se despeçam do poder.

Fonte: http://hojeemdia.com.br/opini%C3%A3o/colunas/mateus-sim%C3%B5es-1.456690/fundo-eleitoral-vergonha-nacional-1.563006

MAU TEMPO ADIA SHOW BENEFICENTE PARA O DIA 10

Festa promovida por músicos locais vai arrecadar doações para o Lar da Cidinha



Devido ao mau tempo, uma festa beneficente que aconteceria hoje (03), a partir das 20h, na Praça Porto em Rocha, no Centro de Cabo Frio, precisou ser adiada para a próxima terça-feira (dia 10), no mesmo local e horário. Em apoio ao Lar da Cidinha, o evento está sendo organizado pelo músico Mazinho Senos com apoio de outros 19 artistas locais e da Prefeitura de Cabo Frio. Localizado no bairro Jardim Esperança, atualmente o abrigo para idosos funciona em sua capacidade máxima, com 20 internos com idade entre 75 e 90 anos, sendo a maioria de mulheres.

Além de Mazinho, participarão da festa os músicos Alvinho Santos, Oswaldo Guimarães, Mateus Duarte, Fabricio Pava, Saulo Rosa, Fafavo, Tom Costa, Tadeu Uchoa, Rafael Ficher, Leo Ackerman, Marquinho do Sax, Lico Alves, Kakadio do Sax, Vinicius Soares, Alex Sancher, Sarah Dhy, Wagner Rago, Edgar Moreira e Flávio Mello.

“Nosso objetivo é arrecadar caixas de leite, de preferência do tipo integral, que são uma necessidade urgente. Mas quem quiser, pode colaborar doando outras coisas que também são necessárias como materiais de limpeza, de higiene pessoal para os idosos, roupas de cama e toalhas de banho, entre outras coisas” – explicou Mazinho.

Att.
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura de Cabo Frio

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

ARTISTAS SE REÚNEM PARA SHOW BENEFICENTE NA PRAÇA PORTO ROCHA

Ideia é arrecadar leite e outros materiais para o Lar da Cidinha

Foto: RC 24 H
Nesta terça-feira (03) a solidariedade vai dar o tom da festa que acontece a partir das 20h, na Praça Porto em Rocha, no Centro de Cabo Frio. O evento será em prol do Lar da Cidinha, abrigo localizado no bairro Jardim Esperança e que atualmente funciona em sua capacidade máxima, com 20 idosos com idade entre 75 e 90 anos, sendo a maioria de mulheres.

Organizado pelo músico Mazinho Senos, o evento, que tem como objetivo arrecadar caixas de leite (de preferência integral), já tem 20 nomes confirmados como atração: Alvinho Santos, Oswaldo Guimarães, Mateus Duarte, Fabricio Pava, Saulo Rosa, Fafavo, Tom Costa, Tadeu Uchoa, Rafael Ficher, Leo Ackerman, Marquinho do Sax, Lico Alves, Kakadio do Sax, Vinicius Soares, Alex Sancher, Sarah Dhy, Wagner Rago, Edgar Moreira, Flávio Mello e o próprio Mazinho Senos.

“Sempre que posso ajudo o Lar da Cidinha, e através de uma amiga fiquei sabendo que eles estavam precisando de caixas de leite. Eu sou transplantado há 11 anos, e na época, para me ajudar, os amigos organizaram dois shows, então tive a ideia de fazer a mesma coisa agora para ajudar o Lar da Cidinha” – contou o músico, que para a festa, reuniu atrações dos mais variados estilos: “Temos o Fabricio Pava, que é tenor, temos a Sarah Dhy com muita bossa, temos a turma do sertanejo, temos o Mateus Duarte que é baterista e vai dar apoio a todos os músicos junto com Saulo Rosa, que é baixista. Vai ser uma festa completa com todos os estilos musicais” – completou, lembrando que a Prefeitura de Cabo Frio é apoiadora do evento através da estrutura de tendas, mini palco, guarda municipal, som e liberação do espaço público. 

Segundo Maria das Dores Monteiro Silva, coordenadora do abrigo, a ideia da festa chegou num momento em que o Lar da Cidinha mais precisa de apoio. 

“Somos uma instituição que vive de doações, por isso toda ajuda que vier é sempre muito bem vinda” – relatou, lembrando que a casa também precisa de doação de materiais de limpeza, de higiene pessoal para os idosos, roupas de cama e toalhas de banho, entre outras coisas. “Qualquer tipo de doação é muito importante, e torcemos muito para que outras mobilizações como esta aconteçam daqui pra frente” – destacou, agradecendo apoio da Prefeitura Municipal de Cabo Frio na realização da festa. 

Att. 
Coordenadoria de Comunicação 
Prefeitura de Cabo Frio

domingo, 1 de outubro de 2017

O POLÍTICO COMO PRODUTO DE VENDA EM TROCA DE BAIXARIAS VIRTUAIS

Por Luciana G. Rugani - o texto abaixo é uma breve reflexão do professor e político Gabriel Azevedo sobre a matéria da BBC "Robôs e 'big data': as armas do marketing político para as eleições de 2018" , que trata dos diversos mecanismos digitais que existem hoje para induzir o eleitor e "vender" um político. 

Há perfis robôs nas redes sociais, os social bots, que interagem nas redes como se fossem seres humanos e são controlados por inteligência artificial; há softwares destinados a mapear perfis; compra e venda de dados pessoais, enfim, uma infinidade de recursos tecnológicos não somente com objetivo de divulgar os candidatos, mas também, e principalmente, de manipular opiniões. Importante que o eleitor conheça estes mecanismos para se proteger e não ser vítima destas "baixarias virtuais".

Será o político um produto que deva ser vendido em troca dessa bateria de sujeira que promove farsas e mentiras? Que "democracia" é construída a partir disso?

Com a palavra, Gabriel Azevedo:

por Gabriel Azevedo

Uma reflexão: inúmeras ferramentas surgem a cada eleição para fazer o candidato dizer exatamente o que o eleitor quer ouvir. E político deve ser um produto para ser vendido assim?

Por qual razão digo isso? Eu já fui candidato. Eu não falei tudo que o eleitor queria ouvir. Pelo contrário. Falei algumas coisas que eles não queriam ouvir. Considero que deve existir um limite no que você faz para vencer uma eleição sob pena de completa decepção do eleitorado. Ou pior, sob pena de abandonar princípios, o que é mais grave.

Notem bem... Em 2018, os candidatos sérios e comprometidos terão de dizer muitas coisas que os eleitores não querem ouvir não. Fico pensando, por exemplo, num candidato a governador de Minas Gerais (na esperança que exista um sério e comprometido). O que esse sujeito vai fazer para agradar o eleitorado? Risos. O que vai prometer de doce e alegre? A realidade é dura.

Em 2016, participei da campanha de prefeito de Belo Horizonte como vocês sabem. Várias pessoas que oferecem esses serviços de dados digitais me procuraram oferecendo os seus préstimos. Os valores? Custam milhões de reais! Repetindo: milhões de reais. Sei que a campanha do adversário de Alexandre Kalil contratou um profissional que havia oferecido os préstimos a mim. A ferramenta detectou que acusar o meu candidato de caloteiro funcionava com os eleitores indecisos. Pronto... Bastou isso para que o coitado do Seu Geraldo aparecesse mais na televisão que o próprio João Leite. E na internet todos os mecanismos possíveis de robôs e replicação começaram a atacar o candidato para grudar na cabeça do eleitor indeciso uma série de argumentos negativos contra o atual prefeito. Quase ninguém lembra mais disso, pois a memória eleitoral brasileira é muito curta.

O eleitor embarca nesse tipo de estratégia facilmente. João Leite disse em campanha que seria a "voz" do Seu Geraldo na cobrança das dívidas. Eu sou forçado a apontar a ironia da situação. Quem deve, e deve muito dinheiro agora, é o João Leite que usou todas as ferramentas possíveis para ganhar aquela eleição e tem uma fila de cobradores no seu gabinete. E tenho até pena dele. É um bom sujeito. Não o reconheci naquela eleição. O PSDB foi irresponsável com o seu candidato.

De qualquer forma, aponto isso destacando que o dinheiro para as campanhas eleitorais sumiu. O valor de mercado dessas ferramentas é altíssimo. Repetindo: altíssimo. Ainda, o trabalho digital, para ser bem feito, não pode acontecer somente no período da campanha. Como isso fica? De onde surge a contabilidade pré-eleitoral?

E, por fim, mas não menos importante, que tipo de democracia falsa esse tipo de tecnologia está construindo? Não falo apenas do Brasil. Falo do mundo! A ideia de que esse modelo de trabalho se resume a divulgar as ideias de um candidato não é verdadeira. Com muita tecnologia, o que se consegue é uma bateria de sujeira contra o candidato adversário. Donald Trump usou isso a exaustão.

Não estou pregando que a tecnologia e a inteligência não sejam usadas na campanha eleitoral na internet. Seria incoerente da minha parte que participo disso há mais de uma década. O que estou colocando aqui é o tipo de eleição que está sendo construída pela tecnologia e seus efeitos para a democracia.

Penso que a grande conclusão é uma postura para o eleitor. Quanto mais informado sobre os mecanismos que existem e de que forma eles são usados, com melhor capacidade ele poderá agir na hora de votar. E tem sido cada vez mais importante votar e votar bem. Eu torço sinceramente que a internet seja mais aliada do que adversária nesse sentido. Meu receio mais concreto é que o uso indiscriminado de baixarias, exércitos de militantes, abusos de trolls e conteúdo abaixo da crítica tornem a internet tóxica na eleição de 2018. Isso seria ruim para quem gosta verdadeiramente de políticos, péssimo para os bons candidatos que querem usar a rede para o bem e terrível para o Brasil que tem aqui uma ótima oportunidade de aglutinar quem deseja construir mudança.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

SEXTA MUSICAL: "ESTÃO VOLTANDO AS FLORES"

por Luciana G. Rugani - para começar bem o final de semana, nada como uma boa música. 
"Estão voltando as flores" é um sucesso de autoria de Paulo Soledade do ano de 1961. Vários cantores gravaram esta música, e neste vídeo podemos ouvi-la através de mais um perfeito trabalho do saudoso Emílio Santiago.
A sua história também é muito bonita. O autor estava doente e desenganado. Foi então que, em certa manhã, o médico chegou na beira de sua cama e anunciou que sua doença havia sido vencida! Foi então que Paulo Soledade compôs esta linda canção que fala de um novo momento, da chegada das flores e da esperança viva de um novo recomeçar que havia em seu coração. 

Paulo Gurgel Valente do Amaral Soledade nasceu em 1919. Fez teatro, entrou para a Força Aérea, fez curso de caça nos EUA voltando como tenente da Força Aérea Americana. Trocou esta carreira pela de tenente da aviação civil. Abandonou esta carreira sete anos depois por problemas de saúde. Foi também um homem da noite, montando a casa "Zum Zum", que abrigou os primeiros ícones da bossa nova.

Gostaria muito que o sentimento de esperança que deu origem a esta música fosse também o nosso, de muitos brasileiros que já não aceitam mais assistir e viver todo esse caos que tomou conta de nosso país. Gostaria que se desenhasse de fato no horizonte uma saída para que voltássemos a ter segurança, paz, que não destruíssem o trabalhador, como estão fazendo, que deixássemos de viver reféns dessa falta de segurança e tivéssemos liberdade de ir e vir em nossas ruas, que as instituições e poderes voltassem a assumir seus deveres e funções sociais, ao invés de servirem aos grupos políticos aos quais estão ligadas. Quem sabe um dia?
Segue abaixo o vídeo com essa bela canção:


https://www.youtube.com/watch?v=TErIO4AxlDc

Fonte das informações: Luís Nassif  - http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi3110199906.htm
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...