Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 2, 2020

POEMA: INVERNO DA INCERTEZA

INVERNO DA INCERTEZA Noite fria e escura, O amanhã tem o cinza da incerteza. Sinto falta de energia Queria dormir e acordar  Quando o inverno passar. Não somente a estação, Também o inverno do "senão", Dos "poréns", E do vazio que me toma. Luciana G. Rugani, 7/5/20

POEMA: FIM DE ANO

Fim de ano Branco, paz Raio de luz, benção do Alto Verde, esperança Rosa, amor Coração...batendo forte? Presença. Sonhos que permanecem em futuro sem medida... desconhecido? Provavelmente. O mundo das emoções é vasto, profundo Nem a mais insana poesia pode limitá-lo E nele mergulhamos ouvindo o chamado da alma... - Cala-te, alma! Acalma-te! Deixe o corpo viver! Não leve dele as energias neste teu mergulho louco! Insólito viver,  Profano querer. Luciana G. Rugani, 31/12/19 - Copyright