Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2021

DIVULGAÇÃO - UTILIDADE PÚBLICA: RIFA SOLIDÁRIA

#Divulgando #utilidadepública  #campanha #solidariedade Presenteie seu amor e ajude uma família!! Rifa para ajudar mãe e dez filhos do bairro Manoel Corrêa. Sorteio: 11/06 Valor: 10,00 Números de 00 à 99. Pix: 77593359700 - José Francisco de Moura Cesta : Guloseimas doces e salgadas e sucos. ❤Tem pão de mel ❤Brownies na caixinha (5 unidades) ❤3 brownies no pote (Ninho, Prestígio e Ovomaltine) ❤coração de pelúcia ❤1 caneca ❤1 porta retrato ❤Biscoitos, docinhos e chocolates. Contato pelo Whatsapp: 22-988046847

NÃO HÁ QUE TER VERGONHA

Não há que ter vergonha por ter sido você, por ter abraçado sua verdade. Não há que ter vergonha por ter se doado, por ter acreditado, por ter acolhido, por ter mudado de opinião. Há que ter vergonha de se calar, de se omitir, de desprezar. Há que ter vergonha do egoísmo, da maldade, da vingança mesquinha. Há que ter vergonha de ter Deus somente nas palavras, enquanto as ações destilam dor. Por fim, há que ter vergonha de ser incapaz de viver com verdade, incapaz de ser mais do que si mesmo, incapaz de ir além do próprio egoísmo e incapaz de ser gente! Luciana G. Rugani

COLUNA "CANTINHO DAS IDEIAS" - REVISTA DIGITAL ALDEIA MAGAZINE: O LIXO NOS MARES

Segue abaixo a minha coluna na Revista Digital Aldeia Magazine, edição 15, 1ª quinzena de maio 2021. Nela falo sobre a importância de nos conscientizarmos em relação ao lixo nas praias e fazermos nossa parte, cada um contribuindo dentro do seu possível. Clique na capa da revista para acessar e conhecer meu texto de hoje, na página 90 da revista: Caros leitores, É impressionante a quantidade de lixo, em sua grande maioria plástico, que segue todos os dias para os mares!  Dias atrás tivemos a formação de um ciclone subtropical na costa brasileira, o que causou ressaca nas praias de nossa região. E, durante as ressacas, pudemos observar o quanto de lixo que chega, trazido pelas águas, e o quanto de lixo, descartado na areia, que segue para o oceano.  Em uma breve caminhada pela praia, em um desses dias de ressaca, nos dispusemos a recolher um pouco do lixo que encontrávamos pelo caminho. O resultado foi este revelado nas fotos: enchemos nossa sacola! São tampinhas, garrafas plásticas, em

POEMA: O CAMINHO DOURADO - POR MIRTZI LIMA RIBEIRO

Caminho Dourado - Por Mirtzi Lima Ribeiro - Era um monólogo. Ela falava para si mesma. Nem o eco ressoava, Nem havia respostas. Silêncios intermináveis. O rochedo impassível, Mantendo os ouvidos fechados, Olhava de soslaio, Aquela menina falando. Ao léu ela se explicava, Medindo cada sílaba, Ensaiando cada verso. Mas, sem gravidade, Tudo flutuava lentamente. Em câmara lenta, Ela via seus esforços Se transformarem em nada, Sumindo sem rastros. Era uma balada sem música, Um tilintar sem ruídos, Um farfalhar sem folhas ao vento, Um zumbido sem som. O dia se transformou em noite, E a madrugada em pensamentos. Amanheceu fora de contexto. Apenas o SOL a encorajou. Uma labareda dourada, Vendo sua tenacidade, Apiedou-se de seu insucesso, E se pronunciou. Disse-lhe o SOL iluminador: Guarda os teus segredos, Porque teus dons são imensos, e, Tua beleza de alma é rara. Eu contemplo tua singularidade, Teus méritos do coração. Eu fico extasiado, Diante de tanta grandeza. Segue teu caminho dourado, S

LANÇAMENTO DA ANTOLOGIA DIGITAL FOCO LETRAS 2021 - BAIXE GRATUITAMENTE O E-BOOK

Hoje foi o lançamento da Antologia Digital Foco Letras 2021, composta por poemas de escritores diversos. Eu participo com meu poema "UM ANO DE PANDEMIA", nas páginas 27 e 28. Clique neste link para baixar, gratuitamente, o e-book e conheça mais este belo trabalho da Editora Foco Letras: Luciana G. Rugani

DIVULGAÇÃO: CAMPANHA CABO FRIO SOLIDÁRIA

#Divulgação #Utilidade Pública A Campanha Cabo Frio Solidária busca arrecadar alimentos, roupas, fraldas e produtos de higiene pessoal para distribuir a famílias carentes da cidade. Quem preferir, pode doar por meio de transferência bancária e pix. Vale a pena colaborar! Esta campanha tem ajudado a minimizar o sofrimento de muitas famílias na cidade de Cabo Frio, principalmente neste período pandêmico. Cliquem nas imagens para maiores informações: Luciana G. Rugani

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A "V ANTOLOGIA POÉTICA FLORES LITERÁRIAS"

Prezado(a) escritor(a), O Coletivo Flores Literárias e a Sophia Editora têm o prazer e grande alegria em anunciar o lançamento da 5ª Antologia Poética Flores Literárias: “Florescer a Escrita”. Desta vez firmamos parceria com a Sophia Editora, uma editora cabo-friense que vem destacando várias obras, autores e coletivos da nossa região e fomentando cultura literária com excelência e relevância no nosso cenário artístico. Confirme agora mesmo a sua participação clicando no link:  https://drive.google.com/file/d/1bciLP3KrWaem9Z3zssZO-0HtISU_XkKW/view?usp=sharing  Luciana G. Rugani

HOMENAGEM RECEBIDA DE RACHEL ALMEIDA - POEMA: PARA LUCIANA

por Luciana G. Rugani - o poema abaixo é de autoria da amiga, escritora e poetisa Rachel Almeida. Rachel possui uma baita criatividade e capacidade de, em poucos minutos, escrever um poema sobre qualquer situação. Ela tem muita facilidade para transformar em poesia as situações comuns do cotidiano. Em breve, Rachel lançará seu primeiro livro intitulado "Favos de Mel". E hoje, é com muita alegria que compartilho aqui no blog, no espaço "Poesias de Amigos", esta homenagem que recebi de Rachel, e que me trouxe muita alegria e emoção: Poema para Luciana por Rachel Almeida Luciana, transpira poesia Respira, vive poesia Alma leve, mulher encantadora. Só quem tem o prazer de ser sua amiga Sabe do que estou falando. Luciana, você, minha amiga,  é um bálsamo na minha vida Quantas vezes já chorei Sempre me ouviste. Incansável, educada, Mulher Luciana, O mundo precisa conhecê-la  e se espelhar em você 

POEMA "A OUTRA PARTE: ACEITAÇÃO OU ISOLAMENTO" - POR MIRTZI LIMA RIBEIRO

Por Luciana G. Rugani - o poema abaixo é da amiga Mirtzi Lima Ribeiro. Mirtzi é uma amiga escritora paraibana que nos brinda com textos excelentes todos os dias no seu Facebook e no Instagram . São artigos, mensagens curtas e também poemas. Já compartilhei alguns artigos dela aqui no blog e hoje trago este poema maravilhoso, que tem um baita conteúdo de lucidez e sensibilidade. Maravilhoso! Parabéns, Mirtzi! A Outra Parte: aceitação ou isolamento por Mirtzi Lima Ribeiro #Mirtzi O que prometia deleite, Trouxe palpitação Pela ausência de devoção, E evidente desinteresse. Manter um sentimento, Demanda discernimento, Doses de dedicação, E bilateral encantamento. Cuidado, zelo e afeição, Pedem reciprocidade, Para consolidar a unidade, Com denodo e cumplicidade. Um ideal é construído Sem nenhum embaraço, Quando há compromisso e laço, Com eloquente satisfação. Tornar perene uma união, Implica em comunhão, Abrir o coração em mútuo aceite, Em que cada um o consente. Seu contrário é a ambiguid

CABO FRIO PRESENTE NA REVISTA "DESTINOS SERRA E MAR"

Saiu hoje a edição digital da revista "Destinos Serra e Mar", sob a direção da amiga M arta Queiroz, e Cabo Frio está presente na matéria intitulada "Estilo Cabo Frio". Eu participo dessa edição com meu poema "Encantos de Cabo Frio" . A revista sempre foi de excelente qualidade, desde os tempos da versão impressa, e agora não é diferente: continua com a mesma qualidade na organização e nos conteúdos. Cliquem na imagem abaixo para acessar a revista: Luciana G. Rugani

TRECHOS DA HISTÓRIA CABO-FRIENSE

A foto abaixo é de um jornal da época (não sei precisar a data, ainda em pesquisa) em que o sindicalista Zé Lua foi assassinado pela polícia, em Cabo Frio. Na época, Zé Lua era chamado de "anarquista", como eram chamados todos os trabalhadores que lutavam pelas conquistas de classe. Zé Lua foi contemporâneo e amigo do Sr. Manoel Corrêa, pai do ex-prefeito Alair Corrêa. Alair Corrêa, em sua página do Facebook, conta um pouco sobre aquela época, em uma postagem referente ao dia 1º de maio. Segue: "PRIMEIRO DE MAIO, DIA DE TANTAS HISTÓRIAS E LUTAS GLORIOSAS! Lembro-me, em criança, vendo os fogos espocarem pela madrugada anunciando O dia do Trabalhador! NÓS, CRIANÇAS, ENFEITÁVAMOS A FRENTE DAS CASAS COM FLORES AMARELAS DE MAIO ! Durante o dia, os Estivadores, Arrumadores, Pescadores e Salineiros festejavam mesmo com o DOPS perseguindo ! A Polícia Social vinha da Capital para CF reprimir, prender, como se trabalhadores honestos fossem anarquistas ! O tempo passou, o filho do