Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

DIÁRIO CABOFRIENSE: BIKE NIGHT – PASSEIO CICLÍSTICO NOTURNO

Minha coluna de hoje no jornal "Diário Cabofriense". Abaixo da foto, segue o texto para mais fácil leitura: Nas noites de quinta-feira, acontece na cidade o B ike  Night, um passeio ciclístico noturno que busca aliar prazer e exercício físico, além de incentivar a convivência entre amigos. A ideia surgiu há um ano, quando quatro amigos  deram início a  um passeio semanal pelas ruas e pontos turísticos da cidade. Hoje já são mais de cem participantes, e a cada semana surgem novos adeptos. O ponto de  partida fica  na  rua  Expedicionários da Pátria , no bairro São Cristóvão.  São treze quilômetros a partir dali.  O passeio prossegue pelos principais pontos turísticos  da cidade : orla da Praia do Forte,  bairro Passagem, Centro, Canal  Itajuru , até finalizar  no mesmo local do ponto de partida . Um carro da guarda municipal segue à frente do grupo, e um carro de som acompanha   os ciclistas fazendo a trilha sonora. Há  pessoas de todas as idades, desde crianç

DIÁRIO CABOFRIENSE: SOBRE O PROJETO DA TERCEIRIZAÇÃO

Minha coluna de hoje no jornal "Diário Cabofriense". Abaixo da foto, segue o texto para mais fácil leitura: O projeto de lei 4330/2004, que regulamenta a terceirização no mercado de trabalho, foi aprovado quarta-feira passada, em primeiro turno, na Câmara Federal. O projeto contempla a terceirização tanto nas empresas privadas, quanto no setor público. Acho importante que todos nós nos inteiremos do que está realmente se passando lá no Congresso. Ressalto que não estarei aqui defendendo ideias de partidos A ou B, mas somente analisando, na minha opinião, o que significa este projeto dentro da conjuntura em que está sendo votado. A terceirização, a meu ver, significa a total fragilidade dos direitos trabalhistas. Ainda que digam que os direitos serão respeitados, sabemos bem que na prática não é assim que funciona. Trabalhadores terceirizados são menos valorizados, ganham menos e ainda há muito mais facilidade de serem burlados em seus direitos. Significará a nivelação por b

JORNAL O CIDADÃO - BIKE NIGHT: UMA BOA IDEIA EM CABO FRIO

Exercício físico aliado ao prazer e convivência entre amigos. Essa é a proposta do Bike Night, passeio ciclístico que acontece todas as quintas-feiras à noite, em Cabo Frio. A ideia surgiu há um ano, quando quatro amigos começaram a realizar um passeio semanal pelas ruas e pontos turísticos da cidade. Hoje já são mais de cem participantes, e a cada semana surgem novos adeptos. O ponto de saída é no bairro São Cristóvão, na rua Expedicionários da Pátria. São treze quilômetros a partir dali. Meia hora depois uma parada de dez minutos na Praça do Guta, na orla da Praia do Forte. E o passeio prossegue por toda a orla, bairro Passagem, Centro, Canal Itajuru, e daí segue até finalizar novamente no bairro São Cristóvão, no ponto de partida. O passeio é feito com toda segurança e animação. Um carro da guarda municipal segue à frente do grupo, e um carro de som vai acompanhando os ciclistas e fazendo a trilha sonora. Há pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos. Para parti

DIÁRIO CABOFRIENSE: CRISE DOS ROYALTIES - PASSANDO A LIMPO A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Minha coluna de hoje no jornal "Diário Cabofriense". Abaixo da foto, segue o texto para mais fácil leitura: Muitas vezes somos impelidos às mudanças necessárias em nossas vidas. O suceder dos fatos promove a necessidade e a mudança se faz urgente. Assim acontece nos mais diversos setores de nossas vidas: ou mudamos nossos hábitos e nosso proceder, ou a crise se instala ainda de forma mais grave. Vivemos isso atualmente em relação à crise da água, como também em relação à administração pública de uma forma geral. Outro exemplo é a crise dos royalties do petróleo, cuja arrecadação caiu entre 30% a 40% nas cidades produtoras. O problema da queda dos royalties afeta não somente Cabo Frio, mas várias cidades produtoras do litoral fluminense. Reuniram-se, então, os prefeitos destas cidades, e juntos estipularam algumas medidas a serem tomadas conjuntamente pelos municípios. O prefeito Alair precisou tomar medidas austeras, mas perfeitamente coerentes com a necessidade de adeq