quarta-feira, 24 de abril de 2013

LUA


Lua,
hoje estás tão bela!
Ao ver-te assim, tão majestosa,
sinto brilhar em mim a tua luz,
inundo-me de tua força, 
força esta que te faz brilhar, 
ainda que a dor da tua solidão insista em te acompanhar.
Ainda que as estrelas, muitas, unidas, teimem em ofuscar teu brilho,
tu segues teu destino de iluminar, alegrar, encantar.
Lua, 
es tu à noite,
e de dia o sol,
ambos a aplacar a solidão de nós, 
meros mortais.
Nós, que nas noites escuras,
em que tu não estás,
ficamos perdidos, 
a buscar-te o brilho na estrela longínqua,
a esperar ansiosos pelo dia, 
para que o sol alimente o vazio de tua falta.
Nós, 
que erroneamente julgamos tê-la conquistado,
somos agora aqueles a quem dominas,
a quem encantas, 
a quem acalentas.
Lua bela, maravilhosa,
não te vás.
Já não te deixo escapar.
Em meus olhos tu ficarás,
na memória de meu ser,
tua força é minha força,
teu brilhar, minha razão.
Força viva de minh'alma,
que hoje abriga-se em ti.

Luciana G. Rugani


quinta-feira, 11 de abril de 2013

DEU NO RICOSURF - GLOBO.COM: ONDAS DO PERÓ E A FORÇA DO VOLUNTARIADO NA PRESERVAÇÃO DAS PRAIAS

Fiquei muito feliz por ver meu texto publicado no RicoSurf - Globo.com . É grande a satisfação de poder colaborar com este grupo de voluntários que tanto luta pela preservação de nossas praias e pela conscientização de crianças e jovens. São as boas ideias sendo disseminadas e ganhando força a cada dia. Se temos possibilidade de construir algo, que seja algo positivo! 
É muito gratificante poder colaborar com um movimento que trabalha voluntariamente e por puro amor à natureza. 
Parabéns, Ondas do Peró! Obrigada pela oportunidade de contribuir com essa causa maravilhosa!

Luciana G. Rugani


Meio Ambiente - Ondas do Peró e a força do voluntariado na preservação das praias

Autor: Administrador


Data da publicação: 11/04/2013 - 00:02h


A conscientização ambiental de crianças é um dos focos do "Ondas do Peró". Foto: Barbara Araújo

Por muitos anos, quando a sociedade humana ainda não tinha noção da necessidade da preservação ambiental, nossa natureza foi duramente agredida, sofrendo em silêncio danos irreversíveis.

Hoje, vivemos em um mundo agitado, com cidades repletas de problemas ambientais, crescimento desordenado, predomínio de interesses particulares em prol de interesses comuns, um poderio financeiro esmagador e cego à realidade de que a natureza não se renova a ponto de conseguir suprir a ganância ilimitada da humanidade.

Nossa sociedade brasileira ainda possui o velho hábito individualista impregnado ao seu viver.

Nos países de primeiro mundo, a noção de cidadania e o voluntariado são mais fortes, há uma maior capacidade de mobilização em torno de interesses coletivos.

Mas, de alguns anos para cá, nossa sociedade vem evoluindo e tomando consciência da necessidade de preservação do meio ambiente. Qualquer empreendimento não pode ir pra frente sem que seja estudado e devidamente avaliado o impacto ambiental que advirá de sua implantação.

Surgiram diversos movimentos alertando para o perigo de extinção de algumas espécies, e, em relação às nossas praias, um dos problemas mais gritantes que estão sendo objetos de campanhas é o lixo deixado na areia e que vai direto para o mar, servindo de alimento tóxico, causando a morte de várias espécies de animais e por fim ocasionando o desequilíbrio de todo o ecossistema marinho.

O voluntariado é a voz da natureza nesse contexto. É através dele que ela se faz ouvir. O movimento voluntário "Ondas do Peró" é um destes movimentos surgidos a partir de um grupo de pessoas conscientes da necessidade de preservação de nossas praias e da importância de manter vivo um processo de conscientização cada vez mais amplo e colaborador na formação cidadã.

Com atuação em Cabo Frio, estado do Rio de Janeiro, na região das praias do Peró e Conchas, o grupo, liderado por Marcelo Valente, iniciou suas atividades nas redes sociais.

O trabalho cresceu. Com a participação de um número cada vez maior de pessoas, todas voluntárias, o movimento tem conquistado a participação de cidadãos, turistas, jovens e crianças.

A ideia vem sensibilizando também os empresários, pois já são muitos os empresários e comerciantes locais que apoiam o movimento.

Outro parceiro importante neste trabalho do “Ondas” é a COOPERFORTE, cooperativa de coleta seletiva de Cabo Frio, que sempre apoia e participa do movimento com a disponibilização, em todos os eventos, de sua tenda de coleta para reciclagem.

Além disso, o Ondas do Peró com os Amigos do Peró vêm com o projeto “Descarte Correto de Embalagens”, que visa ampliar e melhorar as informações sobre a forma correta de descarte, constantes das embalagens utilizadas no dia-a-dia.

A coleta seletiva é vital para a sustentabilidade de uma cidade, e buscar essa sustentabilidade não se trata de mera opção ou tendência: é necessidade, é caminho sem volta para a sobrevivência de nosso planeta.

Periodicamente, são realizados dias da limpeza, com atividades dedicadas à limpeza das praias.

No total, o movimento já retirou mais de 1 (uma) tonelada de lixo das praias. Na primeira edição do “Dia da Limpeza”, foram 374 (trezentos e setenta e quatro) quilos. Na segunda, foram 414 (quatrocentos e quatorze) e na terceira foram 279 (duzentos e setenta e nove), totalizando 1067 Kg (mil e sessenta e sete quilos).

A cada evento promovido é maior a participação das pessoas e importantes canais da imprensa abrem seu espaço para divulgação dos trabalhos.

O trabalho voluntário em prol da limpeza de nossas praias é algo que merece todo apoio e incentivo por parte dos órgãos governamentais e também dos cidadãos, mas, além disso, o que mais faz vislumbrar uma chance real de transformação no modo como os seres humanos lidam com a natureza é a participação das crianças.

A semente da conscientização sendo plantada é tudo que precisamos para termos uma geração verdadeiramente conscientizada no futuro. As crianças, através do trabalho em equipe, aprendem a importância do cuidado com nossa natureza e a solidariedade de uns pelos outros.

Participar destes movimentos é realizar uma reflexão ativa em torno da preservação ambiental. É interromper um pouco o ritmo vertiginoso da agitação comum e dedicar algumas horas a outro foco, é ouvir o clamor da natureza e retribuir uma pequena parte do tanto que ela nos oferece. Cada um dando sua contribuição, como formiga em um grande formigueiro, e no final o ganho é de todos.

É fato que nossa sociedade se sensibiliza cada vez mais com o trabalho e se conscientiza da importância de participar. Esta é uma tendência irreversível. E toda participação cidadã que estimula a colaboração de cada um em prol da causa de todos deve ser incentivada e prestigiada.

Somente com a participação de todos é que será possível manter nossas praias vivas.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

DEU NO BLOG ALAIR CORREA DIRETO: HOMENAGEM DE AMIGOS


Ontem, como havia combinado, recebi em meu gabinete para um café a amiga Luciana e esposo. Após colocarmos o papo em dia, já que fazia algum tempo que o casal não vinha a Cabo Frio, fui presenteado e surpreendido pela Luciana que tirou da bolsa um presente pra mim.
Foi com muita satisfação que recebi o embrulho e, é claro que pelo formato sabia que era um livro. Antes de abri-lo, imaginei que se tratava de um livro de poemas e poesias ou sobre política, temas que a Luciana tanto gosta e domina como poucos. Acertei. Era um livro de crônicas políticas. Mas a minha surpresa maior foi que os artigos que deram origem ao livro falavam de minha caminhada política e de minhas lutas na busca dos meus ideais.
Imaginem como fiquei lisonjeado, emocionado e surpreso com a mais bonita homenagem já recebida por mim.

O que posso dizer a Luciana é obrigado, de todo o meu coração. Homenagens carinhosas como esta, aumentam a minha responsabilidade como administrador e concomitantemente me deixam muito feliz!

Beijos carinhosos para os dois. 


Alair Corrêa


______________________________________________________________________________
Grande Alair, você merece essa minha homenagem pelo tanto que realizou por Cabo Frio e pelo tanto que sei que realizará neste quarto mandato.

Este livro é o registro de um tempo em que realizei vários sonhos, ao mesmo tempo em que você prosseguia na sua caminhada até a vitória. Um tempo de aprendizado para mim, e tenho certeza de que para você também.

E tudo que nos faz bem e nos faz melhorar e evoluir enquanto seres humanos deve ficar registrado, todos os nossos momentos de maior importância não podem simplesmente passar, não podem se perder no tempo. Por isso tive a ideia de te homenagear com um trabalho simples, porém verdadeiro, e que se caracteriza como um registro, um marco de um tempo de vitórias e sonhos realizados. Cada palavra que escrevi neste livro reflete justamente o meu sentimento enquanto escrevia, pois não sei fazer diferente. Para que eu consiga escrever algo, é preciso que eu esteja por inteira naquilo que estou dizendo, senão não sai nada, ou, se sai, sai fraco, sem graça e nem vale a pena escrever. Por isso, meu querido amigo, receba esta recordação com a certeza de que cada letra, cada vírgula ali contida, representam meus pensamentos e sentimentos.

E esta manhã no gabinete foi, para mim e para meu marido, uma manhã de grande alegria, pois significou o reencontro não somente com o prefeito Alair, mas, acima de tudo, com a pessoa Alair Corrêa, com o ser humano que aprendemos a admirar pelas características de lutador e determinado, e pela brilhante força de vontade. Torcemos muito por você, torcemos muito por Cabo Frio. E temos plena certeza de que será um grande mandato. Fique em paz, meu amigo, e sucesso sempre!

Um beijo!!

Luciana G. Rugani

sexta-feira, 5 de abril de 2013

CULTURA DE CABO FRIO INAUGURA O CENTRO DE ARTES VISUAIS

Centro de Artes Visuais (CAV) foi inaugurado hoje, com mostra coletiva

A Secretaria de Cultura de Cabo Frio inaugurou hoje, 05 de abril, às 20h11, o mais novo espaço das artes plásticas no município: o Centro de Artes Visuais (CAV), localizado em frente ao Teatro Municipal da cidade, na Praia do Forte, com a mostra coletiva “Do espontâneo ao Contemporâneo” com mais de cem artistas de Cabo Frio.

O CAV deverá ser o mais novo espaço de cultura de Cabo Frio, voltado para artistas locais que utilizam arte popular como expressão quanto para os que utilizam artes plásticas e áudio visual.

- O CAV é o lugar da inclusão do olhar – disse Ivan Cruz, Superintendente de Artes Visuais.


Luciana G. Rugani



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...