terça-feira, 17 de março de 2015

CABO FRIO QUATROCENTÃO: SOLICITAÇÃO DE LANÇAMENTO DE SELO COMEMORATIVO

Cabo Frio (RJ) é uma cidade encantadora que inspira as melhores ideias naqueles que a admiram.
Assim tem sido comigo, em relação às coisas que escrevo ligadas à cidade, e também com outros cidadãos apaixonados por este lugar ímpar em beleza e acolhimento.
Meu amigo historiador Elísio Gomes Filho, por exemplo, teve uma grande ideia para homenagear a cidade por ocasião do seu quarto centenário, a ser comemorado em 13 de novembro próximo: inserir o nome da cidade no mundo filatélico, através do lançamento de um selo comemorativo. 
De acordo com a programação das emissões de selos comemorativos pelos Correios, o mês de novembro ainda encontra-se em aberto, sem nenhuma marcação. Seria, então, uma boa oportunidade para inserir a comemoração dos 400 anos como tema a ser contemplado nesse mês.
Elísio justifica a importância histórica de Cabo Frio para nosso país com base nos dados do historiador Luiz Carlos da Cunha Silveira, em texto revelado no Anuário de Cabo Frio de 2013.
Segundo Luiz Carlos, Cabo Frio foi uma das cinco localidades urbanas brasileiras coloniais já fundadas como cidades, e não como simples vilas promovidas ao status de cidade. Antes de tornar-se cidade fluminense por reanexação à capitania do Rio de Janeiro, Cabo Frio foi a capital de sua própria capitania por quase um século e meio. A cidade tornou-se a quinta cidade brasileira, mas se considerarmos também as 28 vilas que a antecederam, Cabo Frio vem a ser a trigésima terceira localidade fundada na América Portuguesa. E, se ainda levarmos em conta que oito daquelas vilas pioneiras, não lograram sobreviver, Cabo Frio passa a ser a vigésima quinta localidade urbana existente mais antiga do Brasil. 
De modo geral, é pouco reconhecida, e menos ainda divulgada, a proeminência histórica de Cabo Frio sob o aspecto político-administrativo, tanto intrinsicamente quanto no contexto mais abrangente do período colonial, quando Cabo Frio veio a ser, por um lado, uma das pouquíssimas cidades (e não apenas uma simples vila) e, por outro, capital de uma capitania própria.
Sendo assim, Cabo Frio tem tudo para ser agraciada com esta homenagem. Fica aqui meu reforço para que a solicitação de Elísio junto aos Correios seja atendida, e sei que este também é o desejo todos os demais cidadãos que amam essa cidade e sua história. Seguimos torcendo e esperando que Cabo Frio Quatrocentão seja incluído na programação do mês de novembro deste ano.
   

Luciana G. Rugani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...