Pular para o conteúdo principal

CABO FRIO NOTÍCIAS DO DIA 30/01/2017

Notícias do dia de nossa cidade - repassadas pela SECOM da prefeitura. Fique por dentro, comente, debata, compartilhe, interaja. Nosso blog é divulgação e interação:

Encerramento do ano eletivo de 2016 começa nesta quarta
Reposição das aulas será realizada em 70 unidades da rede

Os alunos da rede municipal de ensino que não concluíram o ano letivo de 2016 por conta da greve dos professores retornam às salas de aulas nesta quarta-feira (1º). A reposição do calendário letivo acontece em 70 das 90 unidades de ensino da rede.
Segundo a secretária de Educação, Laura Barreto, este é um momento atípico, já que cada unidade de ensino apresenta um cenário diferente.
“Cada escola teve uma realidade de greve e, por isso, o calendário de reposição não será único. Em algumas unidades apenas os profissionais de um determinado turno aderiram à greve. Em outras, houve o fechamento da unidade, e ainda há escolas com apenas alguns profissionais em paralisação”, informou a secretária.
Diante deste quadro, é importante que os pais e responsáveis façam contato com os diretores das escolas em que seus filhos estudam para serem informados sobre o calendário de reposição e para eventuais dúvidas.

Calendário letivo 2017

A renovação de matrícula para o ano de 2017 acontece a partir desta segunda-feira (30) e vai até o dia 17 de fevereiro em todas as 90 unidades escolares. Para a renovação, os pais e responsáveis devem comparecer à escola do seu filho. As novas matriculas para o ano letivo 2017 estão previstas para o início de março.

Coordenadoria de Comunicação

___________________________________________________________
Choque de ordem da Prefeitura remove acampamentos e coíbe comércio ilegal
Caminhão que vendia móveis sem autorização na Praia do Peró foi retirado do local

A Prefeitura de Cabo Frio realizou uma operação no domingo (29) para remover acampamentos irregulares em quatro pontos da cidade. O choque de ordem aconteceu no Morro dos Índios e no Lido, localizados na Praia do Forte, e também na Praia de São Bento e no Morro da Guia. Ao todo, 23 pessoas estavam acampadas nestes locais. Aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social foram instruídos a procurar a casa de acolhimento do município (Camor).
A ação foi realizada pela Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, por meio da Coordenadoria Geral de Assuntos Fundiários e da Coordenadoria do Meio Ambiente, com o apoio da Coordenadoria de Fiscalização de Posturas.
No acampamento na Praia de São Bento, às margens do Canal Itajuru, havia denúncias a respeito de uso de drogas. No Morro dos Índios e do Lido, localizados na Praia do Forte, foram removidos acampamentos que estavam sobre área de preservação ambiental.
“As áreas estavam sendo usadas como estacionamento, degradando o meio ambiente. Essa prática estava causando dano ambiental, histórico e cultural, pois a área pertence ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)”, disse o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos.

Comércio ilegal na Praia do Peró

No sábado (28), a operação foi para combater o comércio irregular na Praia do Peró. No calçadão estava estacionado um caminhão de móveis do Paraná, que comercializava livremente sem autorização. O material foi apreendido. Também foram confiscadas cadeiras e mesas de ambulantes que não tinham licença para trabalhar. Todas as mercadorias foram levadas para Coordenadoria de Fiscalização de Posturas.

Coordenadoria de Comunicação





 ___________________________________________________
Fiscalização ambiental multa 20 veículos estacionados nas praias do Peró e das Conchas no fim de semana
Local onde carros e "buggies" foram encontrados faz parte da APA do Pau Brasil

Cerca de 20 veículos foram multados durante o fim de semana por estarem estacionados ou transitando nas praias do Peró e das Conchas. A fiscalização foi realizada em uma parceria entre a Guarda Marítima e Ambiental e a Coordenadoria do Meio Ambiente. O local onde carros e "buggies" foram encontrados faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pau Brasil
A ação foi comandada pelo agente Paulo Fernando, da Guarda Marítima e Ambiental. Segundo o coordenador municipal de Meio Ambiente, Eduardo Pimenta, a ação acontecerá outras vezes para evitar que os proprietários de veículos voltem a utilizar a área como estacionamento.
"Os veículos chegam ao local por uma via alternativa e acabam estacionando, o que é proibido, por se tratar de área de preservação permanente. A ação tem como objetivo principal coibir este estacionamento, além de se integrar a diversas ações de conscientização ambiental que estão sendo feitas não só nas praias do Peró e das Conchas, como também nos acessos à Ilha do Japonês", explicou Pimenta.

Coordenadoria de Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A CIDADANIA NOS DIAS ATUAIS

Cidadania é um termo cujo significado encontra-se em constante evolução, sendo modificado e ampliado através da história. Já esteve ligado somente ao exercício de direitos e deveres políticos, mas hoje, devido à evolução das relações sociais, possui um alcance muito maior que envolve também a questão da participação dos membros da sociedade em prol do bem comum. Há alguns anos atrás, os meios de participação social eram restritos, e daí também o conceito de que cidadão era aquele sujeito detentor do direito de voto. A nossa atual constituição federal trouxe enorme contribuição para a ampliação da noção de cidadania, através da instituição de diversos instrumentos de participação popular. Foi um grande passo, e por isso é chamada de “constituição cidadã”. A partir daí, algumas questões onde o abuso era mais evidente ganharam destaque e contribuíram ainda mais para a evolução da cidadania, como é o caso das questões de proteção aos direitos do consumidor e do agigantamento dos

DEMOLIÇÃO DOS QUIOSQUES NA PRAIA DAS CONCHAS E ILHA DO JAPONÊS

Na sexta-feira passada (15), aconteceu a demolição de quiosques na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês por fiscais do INEA. Incrível a forma autoritária como as coisas acontecem hoje! Parece que o desrespeito e a força têm sido os principais instrumentos para atingir os objetivos! A questão ali estava sub judice , não havia ainda sentença determinando a demolição, como podem ver abaixo na tramitação do processo. E ainda, a forma como foram feitas as demolições revela total despreparo. Não respeitaram os carrinhos de ambulantes ali guardados, destruíram TUDO, quebraram vidros sem o menor cuidado e preocupação, deixando os pedaços espalhados pela areia da praia, agredindo aquele ambiente natural. Muito triste ver como tornou-se comum resolver as coisas "na marra". Falta total de respeito com anos de trabalho, afinal os quiosques pertenciam a trabalhadores e foram demolidos sem decisão judicial para tal. Seria muito bom saber o que a prefeitura tem a dizer sobre esse triste,

TEXTO EXCELENTE SOBRE RESILIÊNCIA

Como se forma um gênio como o escultor Auguste Rodin?   por Regis Mesquita   Blog www.psicologiaracional.com.br Em 1840 nasceu um gênio chamado Auguste Rodin? Não, ele se tornou um gênio , nasceu com potencialidades, vocações e plano de vida. A sua genialidade foi o fruto final de um longo processo de estudos, tentativas, erros, treinamentos, aprimoramentos, fracassos. Para cada obra bem feita, ele deve ter tido pelo menos uns 400 fracassos. Olhando pelo lado da proporção, o genial Rodin foi um fracassado. O pior vem agora: para cada obra Genial, para cada "obra prima", ele deve ter tido pelo menos uns mil fracassos (obviamente, estes números são projeções minhas). Rodin era pobre, foi rejeitado três vezes ao tentar entrar em escolas de artes. Mas, ele tinha uma arma infalível: ele brincava com a arte. Em nossa sociedade nós dizemos: "isto não é brincadeira, vamos fazer as coisas com seriedade. Se seguisse este preceito, Rodin teria si